História Boku no Hero Academia - Além da gravidade - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Personagens Aizawa Shouta, Asui Tsuyu, Bakugo Katsuki, Lida Tenya, Midoriya Izuku, Mineta Minoru, Personagens Originais, Present Mic, Todoroki Shouto, Uraraka Ochako, Yagi "All Might" Toshinori
Tags All Might, Boku No Hero, Deku, Echii, Hentai, Heróis, Individualidade, Kachan, Lida, Midoriya, My Hero, Plus Ultra, Romance, Sexo, Super Poderes, Uraraka, Verde, Vilões, Yaoi, Yuri
Visualizações 158
Palavras 1.064
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Ecchi, Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Seinen, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Shounen, Suspense, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Capítulo novo que eu escrevi com um pouquinho de sono, mas não me culpem! Estava ocupado com outras coisas...

Capítulo 4 - Algemas e Flagrantes!


Fanfic / Fanfiction Boku no Hero Academia - Além da gravidade - Capítulo 4 - Algemas e Flagrantes!

- É, o Lida foi para o encontro dele.. Vamos jogar alguma coisa, Todoroki?

Midoriya e Torodoki acabaram ficando sozinhos enquanto Lida tinha saido para curtir com seu par.

- Pode ser, e a Uraraka? Não vai sair com ela essa noite?

- Não, ela esta ajudando na loja dos pais dela, e eu acho melhor não atrapalhar, e além disso, eu não te deixaria sozinho aqui.

- Obrigado, Midoriya.

- E a propósito, o que pensa em fazer pra conquistar a Yaoyozoru-chan?

- Hm? E quem diabos te disse que eu estou querendo conquistar ela?

- Foi o que eu entendi, ao ver você interagindo com ela, estou errado?

- .....Não está não.....

- Então não perca tempo, Todoroki! Antes que ela arranje outro homem e...

- O-Outro homem? Eu não permitiria isso, eu queimaria ele vivo!!! 

- Calma cara, não é pra tanto... Apenas mande uma mensagem pra ela, só pra começar, sabe? Pega... - Midoriya entrega o celular do Todoroki pra ele. - Manda ver!

- Mas o que eu mando?

- Começa com um simples "oi"! Acho que é o suficiente.

Enquanto isso:

- Hm? Que lugar é esse? Porque eu estou pelado? - Lida acorda algemado em uma cama e completamente nu. - Jiro-san?!? Jiro-san!!!

- Lida? Já acordou, que bom. Eu não queria comecar com você ainda inconsciente. Vou começar com esse carinha aqui...

Ela sobe na cama e começa a chupar o pau de Lida com força.

- Aah! Jiro-san! Não com tanta força, eu sou... Aaahhh!!!

Em pouquíssimo tempo, Lida goza litros na boca de Jiro, que se limpa e fica em pé em cima de Lida, que observava o corpo magro mas sexy da garota.

- Hm, você esta bem carregado, em? E não consegue parar de babar por mim, né? Mas não se preocupe, vou deixar você me provar um pouquinho...

Ela começa a se sentar no pênis de Lida com bastante pressão, o fazendo delirar.

- Aaah! É muito apertada! Aahh! Eu não vou aguentar muito, Jiro-san! Aahhh!

- Esta gostando, né safado? Eu só vou aumentar o ritmo agora! Aaahhh! É bem grande viu? Esta de parabéns! Aahh! Oohh! Merda, acabei de ter um orgasmo!

- Aah, Jiro-san, eu não aguento mais! Aaahh! Aahhhh! Vou gozar dentro! - Lida não resiste e despeja todo seu esperma dentro da Jiro-san.

- Aah! Uau, isso foi incrível! - Jiro-san cai na cama, exausta. - Você gozou litros dentro de mim, se eu ficar grávida, espero que você assuma suas responsabilidades, hahaha!

- Grávida? Jiro-san, eu não sabia que você era uma masoquista.

- Pelo seu tom de voz, você não parece se incomodar com isso. Ah, eu quase esqueci... - Ela pega um maço de chaves e abre as algemas de Lida.

- Obrigado, Jiro-san... É bom poder me mexer de novo. - Ela então o abraça por trás e pergunta:

- Mas e aí? Oque você achou da nossa pequena experiência? 

- Foi... Muito bom, Jiro-san, não posso negar. - Ele dizia mexendo em seus óculos. - M-Meus óculos? Porque não os tirou de mim?

- Se eu os tirasse você não iria conseguir apreciar a paisagem.

- Entendo...

- Ah, e aquela história de ficar grávida, era brincadeira tá, hihihi! Estou em um dia seguro hoje e ainda tomei remédios já pra prevenir!

- Imaginei, você não é o tipo de garota que gostaria de se casar com alguém, né?

- Não, mas pra você, é outra história, hihi! 

- E aonde nós estamos?

- Ah, esse é um galpão abandonado que eu consegui arrombar, e de vez em quando, eu chamo os amigos pra festejar aqui. Vou começar a te convidar de agora em diante, pode ser?

- Acho que sim. Pra falar a verdade, eu acho que tenho uma idéia...

Enquanto isso, atrás da UA:

Bakugou estava sentado sozinho, resmungando em voz baixa, pra ninguém ouvir:

- Maldição... Maldição... Tudo de ruim acontece comigo, mas que droga!

- Hm? Bakugou? Oque está fazendo aqui, sozinho? Você esta resmungando bem alto, sabe?

- Oque? Como você conseguiu ouvir? Que droga... - Ele se vira para o outro lado, emburrado, seu humor estava péssimo.

- Aconteceu alguma coisa? Você esta mais aborrecido do que de costume. Pode falar comigo se quiser...

- Não venha como se você se importasse, sua alien!

- Então, tá... Você quem sabe. - Ela se senta um pouco longe de Bakugou e começa a ler uma revista em quadrinhos.

- Você vai ficar aqui, é? Some!

- Vou, espero não estar incomodando você...

- Está sim! Ah, quer saber? Tanto faz, faça o que quiser, eu não ligo. - Ele cruza os braços e tenta ignorar a presença dela.

- O Kirishima sempre foi idiota desse jeito?

- Como é?

- Eu e ele estavamos ficando, e de repente, eu vi ele com outra garota... Eu sei que não estavamos tendo nada sério... Mas custava ele ter vindo me avisar?

- Então você também tomou um chute, é?

- Você também?

- Fui dispensado pela Uraraka... Aquela maldita, que raiva que me dá lembrar disso!

- Bem, talvez nós possamos resolver isso juntos, oque acha? - Ela começava a se aproximar dele.

- Oque quer dizer com isso? - Ashido sobe por cima de Bakugou, de forma bem erótica.

- Ah, qual é Bakugou? Você sabe exatamente do que eu tô falando... - Ela começa a tirar sua calcinha. - Não finja que...

- Oque diabos está acontecendo aqui?!?

A professora Midnight aparece e pega os dois no flagra.

Já no dormitório dos meninos:

- É só mandar a mensagem! Oque que custa, Todoroki? Envia logo!

- Não posso! E se ela me deixar no vácuo? Todas as possibilidades tem que ser levadas em consideração!

- Chrguei! - Lida abre a porta com força, assustando os outros.

- Caramba, que susto! E aí? Como foi lá? - Todoroki estava aliviado de Midoriya estar destraido.

- Foi muito bom, a Jiro-san é mais interessante do que eu imaginava, e eu ainda consegui uma festa para nós irmos amanhã!

- Uma festa? - Todoroki estranha. - Saiu com ela uma vez e já ficou popularzinho é?

- Não é isso, bem... Na verdade é uma longa história. Por onde eu começo? Eu acordei algemado em uma cama...........

Alguns minutos de explicação depois:

Todoroki e Midoriya estavam em choque extremo, realmente não sabiam como reagir aquela história:

- Ah, qual é?!? Não façam essas caras!

- Algemas? Eu não achei que ela fosse uma masoquista desse nível...

- Eu não imaginava que ela fosse uma masoquista, pra início de conversa!

- De qualquer maneira, marquei com ela da festa rolar amanhã a partir das 10:30 da noite.

- Então tá okay, né? Vou ver se a Uraraka-san vai querer aparecer por lá.


Notas Finais


Gostaram meus amores? Bem picante, né não? Do jeito que eu gosto, agora comentem e deixem favoritado tá legal? Até amanhã!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...