História Além da Magia - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Erza Scarlet, Gray Fullbuster, Happy, Lucy Heartfilia, Natsu Dragneel, Wendy Marvell
Tags Erlu, Erza, Fairy Tail, Lucy, Yuri
Exibições 263
Palavras 2.576
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Festa, Ficção Científica, Luta, Romance e Novela, Yuri
Avisos: Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - Capitulo One


LUCY ON {...}

Mais uma missão em que toda nossa recompensa ia para reconstrução de construções que Natsu, Gray e Erza destruíram, já perdi as contas quantas vezes isso aconteceu, e ta chegando perto do dia de eu pagar meu aluguel.. AH É MESMO O ALUGUEL. Me desespero internamente e nem noto que me desesperei por fora também

— Luxy, ta tudo bem? — Pergunta o Happy que estava nos meus braços enquanto andávamos em direção a guilda

— Ah.. Tudo ótimo — Digo sem graça, mesmo sendo mentira, mas oque eu podia fazer...

— Pelo menos estamos perto da guilda, e podemos comer — Disse jogando a cabeça para trás

— Deixe de ser folgado! Está reclamando de fome sendo que está sendo carregado — Digo em voz alta

— E eu não sei porque está com fome Happy, você comeu a única comida que tínhamos sozinho! — Continua o Natsu que estava andando ao meu lado

— Quem mandou ser peixe a única comida — Diz ele cruzando os braços

Antes que eu pudesse complementar chegamos na guilda, e em vez de continuar fui correndo para o balcão a procura da mira deixando o Happy perto da Charlie, e fui acompanhada do Natsu, e da Erza que não havia dito uma palavra desde que soltamos do trem.. quando eu estiquei meus braços a ela que estava sentada no banco ao meu lado para perguntar ela deixou sua cabeça cair no balcão me assustando

— Estou com tanta fome... que não conseguiu raciocinar — Disse Erza com uma voz melancólica, então era só fome..

NARRADOR ON {...}

— Eu não aquento mais.. — Continuou Erza a reclamar enquanto estava com a cabeça deitada no balcão esperando a Mira trazer alguma coisa comestível

— Eu concordo com a Erza!  — Diz o Natsu soltando um pouco de fogo pela sua boca até que a Mira traz um pote de petisco de marisco fazendo logo Elsa levantar sua cabeça do Balcão, Lucy nunca tinha visto Erza daquele jeito quando o assunto era fome

— Você é um anjo Mira — Complementou Lucy que também se deliciava do petisco que Mira havia feito exclusivamente para eles, mas foi por poucos minutos, pois um tempo depois não sobrava mais nada no pote

— Vocês estavam realmente com fome, e o petisco de peixe ? — Pergunta Mira

— HAPPY COMEU TUDO E NOS DEIXOU COM FOME DESDE ONTEM A NOITE — Disse Natsu com fúria nos olhos e logo ele cruza os braços

— Aquele gato, ele me paga — Continua a loira

— Não sei oque vocês tanto reclamam — Disse a ruiva cruzando os braços como se nada tivesse acontecido

— Você também estava com fome agora pouco! — Disse Lucy quase como um grito a olhando

— Acho que vocês precisam é relaxar, porque não aproveitam a fonte termal que inaugurou aqui perto da guilda — Mira diz fazendo os 3 ficarem com os brilharem

— Uma água quentinha era tudo que eu precisava agora — Disse Lucy ainda com os olhos brilhando

— Nisso eu tenho que concordar — Disse Erza

— Beleza! Vamos a fonte! — Grita o Natsu já levantando

Logo quando levantaram foram correndo buscar roupas de banho, e acabaram chamando o Gray e a Wendy para irem também, e não demoraram muito para os 5 estarem em frente a nova fonte que havia aberto.  O Horário passava um pouco das 10 da manhã, e o tempo estava perfeito para um banho, e logo os meninos se separaram das meninas e foram nos seus respectivos lugares.

Lucy foi a primeira a entrar, já tirando seu roupão entrando todo o seu corpo na água quente que havia naquele lugar, logo relaxando seu corpo o encostando na enorme rocha dali, e logo avistou Erza vir ao lado de Wendy, mas sua atenção foi direto para Erza que tirava seu roupão de costas e foi entrando na água calmamente após se virar. Erza nunca havia chamado a atenção da Lucy, mas após essa missão ela ficou com vontade além do normal de olhar seu corpo, mais oque nunca era possível, pois estava sempre coberto pela armadura, poucas vezes conseguia ver, e aquela curiosidade a deixava ainda mais nervosa com si mesma. E antes que percebesse estava encarando Erza a tanto tempo que a mesma percebeu

— Aconteceu alguma coisa Lucy? — Pergunta Erza a olhando, ela estava ao lado da loira, então não precisou falar alto, foi só deixar as palavras saírem com o vento

— N-Não nada, é que eu estava distraída e acabei fixando em um ponto só — Disse a Lucy disfarçando o que estava em seus pensamentos, que eram muitas coisas por sinal

— Ah, então tudo bem — Disse dando seu sorriso de sempre, simples porém delicado e gentil, Lucy com o tempo que passou com Erza, percebeu que ela sabia ser delicada, e também sabia ser bem durona, como todos já sabiam

— E vocês acabaram não me contando como foi a missão de ontem — Diz Wendy nos olhando

— Ah, é verdade — Fala Erza

— Posso simplicar para você  que não recebemos nada, igual a última vez. Parece que a Erza não sabia matar uma barata sem destruir o banheiro — Disse Lucy a olhando de lado

— Era uma barata enorme e eu não estava a achando! — Disse a ruiva corando violentamente pelo oque tinha feito com o banheiro

— Essa foi boa hein — Responde a Wendy gargalhando

— E nem preciso dizer sobre o Natsu e Gray, não ficaram para trás — Disse a loira, jogando água em seus seios, e logo percebeu que Erza olhava aquela cena, e logo virou seu olhar quando Lucy a olhou, mas preferiu imaginar que foi sua imaginação

— Devo imaginar — Disse a Wendy sorrindo sem graça

— Me desculpe Lucy — Disse Erza fazendo Lucy se surpreender

— Pelo oque? — Pergunta a Lucy corada

— Por ter feito aquilo, pela minha atitude e pela as do Natsu e Gray você ficou sem sua recompensa — Disse Erza me olhando

— Ah... Tudo bem — Lucy olha para o lado sem graça

— Eu faço questão de irmos em uma missão só para pagar seu aluguel — Disse a Erza num tom de grito, com os punhos fechado em sua frente como se tivesse determinada

— O-Oque? Não precisa — Disse a Lucy mais sem graça ainda

— Eu insisto,  se o Gray e o Natsu não quiserem ir, eu vou com você

Lucy ficava olhando Erza dizer aquilo com o rosto mais vermelho que o cabelo da ruiva, ela não acreditava que ela estava fazendo isso por ela, mas decidiu aceitar ao ver que a Erza iria insitir para sempre se precisasse.

Então saíram da fonte tendo que pagar mais do que pagariam normalmente, porque Gray e Natsu destruíram com o lado masculino da fonte, quase que não conseguiram pagar, tiveram que juntar o dinheiro dos 5, e isso fez com que Erza ficasse ainda mais brava com os dois e obrigou os mesmos a irem numa missão amanhã de manhã com ela e Lucy, por aquilo e pelo o dia anterior, e os dois concordaram numa boa, fazer missões em conjunto não era um castigo para eles.

Já no dia seguinte, Erza tinha acordado mais cedo que o normal para ir a guilda, estava determinada em pegar uma missão que pagasse bem, para ser dividido uma quantia boa entre os 5, que iriam, já que a Wendy também iria nessa missão conosco junto com a Charlie. E logo que entrou na guilda viu a Mira lhe dando Bom dia

— Bom dia Erza, oque faz aqui tão cedo? — Pergunta lendo sua revista sobre o balcão

— Vim pegar algo que nos dê uma boa recompensa, acho que estamos no negativo — Disse Erza desanimada, missões perigosas a deixavam meio aflita, pelo fato da Wendy estar indo também.

— Tudo bem .. hum.... porque não pega essa? — Disse Mira indo ao mural e voltando mostrando a Erza

— Capturar bandidos que nunca foram vistos? — Pergunta a si mesma lendo

— Sim, é uma cidade ao leste daqui, disseram que aumentou o índice de furto naquela região a noite, os ladrões simplesmente entram nas casas furtam e saem sem ser vistos. É oque dizem

— Procurar bandidos invisíveis.. Conseguimos numa boa — Disse pegando e logo andando para fora da guilda — Muito obrigado, Mira.

Agradece Elsa e logo comunica aos quatro que vão para a estação de trem, junto com Happy e Charlie, a ruiva demorou um pouco mais para arrumar suas coisas, por não saber oque enfrentaria, deveria levar tudo para todas as ocasiões.

Logo que chegou viu os 6 a esperando, e logo lança um sorriso os cumprimentando e entrando no vagão. Os 4 entraram junto com os exceeds e Erza ficou do lado ajudando a arrumar um espaço no vagão reservado as malas para as suas coisas, dessa vez, ela sabia realmente que tinha exagerado, mas era por uma boa causa.

Assim que estava voltando ficou distraída com sua armadura e logo sentiu sua cintura bater em alguma coisa no corredor do vagão olhando rapidamente vendo um par de nádegas que estava coberta por uma saia que tinha um short por baixo, aquilo fez Erza paralisar por alguns segundos com seu rosto fervendo fazendo Lucy levantar do chão rapidamente.

— Desculpe Erza! É que eu deixei cair minha chaves sem querer — Disse Lucy também corada balançando as chaves na sua mão

— T-Tudo bem —  Foi tudo que a Erza conseguiu falar no estado que estava, não esperava aquela cena de ver a Lucy empinada para ela daquele jeito, nunca pensou que sentiria tesão em olhar aquilo, mais ela sentiu, oque a fez ficar ainda mais sem graça, tentando disfarçar de qualquer maneira para a mesma não perceber — Vamos para nossos assentos — Disse engolindo a seco e a loira concordou, e logo sentou ao lado da Wendy e o único lugar que tinha para Erza sentar era ao lado de Lucy, em frente ao Gray, Happy e Natsu, que já estava desmaiado, oque já era de se esperar, por isso ele tomava o espaço de duas pessoas por estar deitado

— Tente aquentar  firme Natsu-san — Disse Wendy tentando usar o troia mais sem efeito, o mesmo havia acabado, mas era sempre bom tentar.

Aquela visão da Lucy empinada não saia de sua mente, a cintura da ruiva batendo na bunda da loira não saia da sua cabeça, ‘’Como eu estou tão perdida depois de um acidente bobo desses?’’ – Pensou, mas nada a fazia parar de pensar nisso. E Lucy também estava pensando naquilo, ainda estava um pouco ruborizada por estar naquela situação em frente a Erza. Até que a ruiva escuta uma voz

— Ah, Natsu, para de jogar esse teu pé para cima de mim! — Grita o Gray, afastando o pé que o Natsu jogava em seu rosto por estar de bruço no banco do trem — Me deixem sentar ai com vocês — Suplica o Gray

— Não tem espaço Gray — Lucy cruza os braços dizendo

— É só alguma de vocês sentar no colo da outra! Todas são mulheres não tem frescura — Ele disse logo se levantando abrindo um espaço entre a Wendy e a Lucy, fazendo a loira ser jogada no colo Erza, que fez a ruiva sentir um espasmo no corpo todo

— Muito melhor — Disse o Gray enquanto Lucy e Erza estavam ruborizadas

— Gray, isso não se faz! Você tem que aquentar o pé do Natsu, vocês dois tem o mesmo cheiro! — Disse Lucy tentando disfarçar o fato de estar sentada no colo de Erza, enquanto titânia não conseguia esboçar uma palavra

— Eu gosto mais de banho do que ele — Termina Gray, Lucy sabia que se não fosse a Erza os obrigando a algo eles seriam mais teimosos que tudo, mas estava com muita vergonha para virar o rosto para ela.

Já tinha se passado 1 hora, a viagem duraria 2 horas. Erza jogou sua cabeça e encostou sua testa ao ombro da Lucy fazendo seu corpo todo estremecer, Titânia estava completamente rendia, se já tinha se rendido com um único toque em sua bunda, imagina essa situação, queria aperta-la, apertar aquela coxa, que Lucy adorava deixar de fora. Desde que Lucy entrou na guilda, Erza a achou realmente linda e seu corpo não ficava atrás, mas não era nada além de opinião dela, nunca aprofundou nisso, mas ultimamente as missões juntas tem sido mais frequente, dormir na cama uma do lado da outra, banhos em conjunto, fontes termais.. Tudo aquilo estava acumulado, fazendo a ruiva admirar ainda mais o corpo da loira a sua frente a cada vez que ficavam nua uma na frente da outra. Mas nunca se deu ao luxo de toca-la até hoje, e logo agora ela ficaria sentada em seu colo durante 2 horas. Ela sabia que a Lucy também estava sem jeito, estava sem encostar a coluna durante 1 hora inteira, então juntou suas forças e pegou sua barriga e puxou para trás fazendo a loira encostar suas costas nos seios de Erza e sua cabeça no pescoço dela, oque fez Lucy ruborizar, mais não lutou contra isso pelo fato do seu corpo estar exausto por estar numa mesma posição durante tanto tempo.

Então Erza decidiu puxar um assunto aleatório para tirar aquela sensação dela, então não resistiu em repousar a mão na coxa da loira, e a mesma ficar deitada descansando com o rosto encostado  no rosto da ruiva, bochecha com bochecha

— Eu acho que não contei a vocês sobre a missão de hoje — Disse Erza os olhando e logo eles também a olham menos o Natsu e Lucy— Nós vamos ter que caçar alguns bandidos que estão furtando sem serem vistos

— Um tipo de mestre do crime? — Disse Gray arqueando uma sobrancelha

— Tipo isso — Sorriu Erza — As casas estão sendo furtadas e eles não tem explicação alguma para isso

— Então parece que ficaremos de tocaia a noite inteira — Disse o Happy bocejando — Já era nossa hora de dormir...

— Pela recompensa que estão pagando, vale a pena ficar sem dormir — Disse o Gray abrindo um sorriso com brilho nos olhos

— Isso é verdade — Complementa a Wendy

— Pelo menos a Luxy está conseguindo descansar — Aponta o Happy

— Sim — Disse Erza vendo a Lucy, encostar seu rosto no seu, relaxando seu corpo — Acho que devíamos todos tentar cochilar um pouco, a noite será longa

Logo quando titânia disse, todos concordaram, Wendy virou para encostar a cabeça na janela abraçando a Charlie, Gray simplesmente se acomodou e fechou os olhos, e Happy deitou nas costas do Natsu, que já estava desmaiado pela sensação ruim no estomâgo. A ruiva tentou dormir várias vezes, mas foi em vão, abriu seus olhos 15 minutos depois  viu Lucy se mexer reclamando de dor e logo pergunta

— Oque foi Lucy?

— Essa posição ta acabando com as minhas costas — Disse a mesma massageando o local dolorido

— Pode mudar de posição se quiser

— Para qual? — Erza não respondeu, só virou a Lucy de frente para ela, e antes disso, tira sua armadura em um piscar de olhos com sua magia, ficando só com a sua blusa com gravata azul, a armadura iria machuca-la. Colocou uma perna dela de cada lado de seu corpo e a abraçou encostando seu rosto ao pescoço da mesma acariciando suas costas com as mãos.

— Descanse — Cochicha a ruiva no pé do ouvido da loira fazendo a mesma agarrar seus cabelos, os movimentos estavam involuntários, queria o corpo da loira colado ao seu e só ao seu. O trem era separado, por vagão e por salas, então estávamos a sós naquele momento, e todos estavam dormindo, a ruiva queria agarrar no corpo da loira, sabia que sua vontade estavam além daquilo, senão seu coração não estava acelerado como estava agora. Sabia que aquela loira a tiraria do sério, na verdade, já estava tirando.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...