História Além da Magia - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Erza Scarlet, Gray Fullbuster, Happy, Lucy Heartfilia, Natsu Dragneel, Wendy Marvell
Tags Erlu, Erza, Fairy Tail, Lucy, Yuri
Exibições 240
Palavras 2.677
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Festa, Ficção Científica, Luta, Romance e Novela, Yuri
Avisos: Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


HEEY HOOU ~

Segue Erlu produça1

Capítulo 2 - Vício


Após uma longa viagem de trem, onde a única que não conseguiu dormir foi a Erza, aquela situação não a deixava relaxar, principalmente a perturbação em sua mente por se sentir atraída pela Lucy, aquilo não se encaixava de jeito nenhum, ela só sabia que sentia aquele sentimento, e que se não saciasse iria explodir ou algo do gênero.

Então saíram todos do trem, indo em direção a casa do governante da cidade que havia pedido a missão, após escutarem os detalhes, Natsu e Gray estavam com marcas roxas por tentarem brigar na frente do governante e pôr a missão a perder.

—  ESTOU COM FOME — Disse o Natsu resmungando enquanto cruzava os braços batendo as pernas

— Sim, melhor pararmos para comer — Disse a Erza calmamente mais sua barriga roncou fazendo todos soltarem uma risada

— Parece que estamos todos com fome —  Gargalhou a Lucy

Então apostaram uma corrida até o restaurante, e logo após comerem já estava anoitecendo, então sentaram em um ponto de referência da cidade, que era um enorme lago, que logo quando sentaram Erza sentiu as consequências de não ter conseguido dormir no trem, um cansaço absurdo bate em seu corpo, seus olhos pesavam enquanto ela observava o lago junto dos outros. Essa atitude foi logo percebida pela loira.

— Erza, você pode descansar se quiser, nós ficamos de tocaia — Disse tentando transparecer confiança para a mesma descansar, e não tendo outra opção ela aceitou, mas ficou absurdamente corada quando a loira levou seu rosto calmamente com uma mão em seu queixo para encostar em seu ombro.

— M-Muito bem então, fique de olhos neles — Apontou Erza encostando sua cabeça no ombro que Lucy que estava sentada ao seu lado

— Pode deixar, ESCUTARAM A ERZA NÉ — Impõe Lucy os fazendo assentir com a cabeça.

Após 10 minutos, Erza tinha caído no sono, e colocou sua mão envolta da cintura da maga celestial, a abraçando involuntariamente enquanto sua cabeça ainda estava apoiada em seu ombro. Aquela atitude inesperada fez Lucy corar, olhando envolta, colocando sua visão em qualquer lugar que a distraísse, mas não deixou de esboçar um breve sorriso com aquela atitude.

Ver a Erza dormir, com esse rosto inocente, e abraça-la assim, parecia um gesto tão inocente vindo dela, o que era muito incomum.

‘’Erza...’’ — Pensou a Loira logo fazendo um cafuné nos cabelos ruivos da mulher ao seu lado, mas logo foi surpreendida com um ronco enorme

— VOCÊS ESTÃO DORMINDO?! — Disse surpresa, e logo se pôs a chuta-los mas sem se mexer muito por causa da Erza, Lucy sabia que ela não tinha conseguido dormir no trem, senão ela estaria acordada agora, ela não é uma mulher de sentir cansaço com facilidade numa missão.

— Pera Lucy... Só mais um minutinho — Disse o Natsu se espreguiçando que nem um animal fazendo a loira olhar raivosa

— Ah.. é.. então vou acordar a Erza — Diz com um sorriso sinico

—  EU ACORDEI — Logo ele levanta em um piscar de olhos junto do Gray

— E nada do sinal dele ainda? — Perguntou Gray coçando os olhos

—  Ah cara, quanto tempo vamos ficar bestando aqui? — Disse o rosado com seu bico de sempre

— Então.. —  Antes que eu pudesse terminar senti um frio na espinha quando Erza respirou perto do meu pescoço e roçou seu nariz, sorte que Wendy disse depois de mim e amenizou minha parada repentina

— Não é melhor rondarmos a cidade? — Perguntou

— A Erza parece cansada e eu não tenho coragem de acorda-la — Disse o Gray com temor

 

LUCY ON {...}

 

Coloquei minha mão no rosto de Erza cochichando de leve seu nome, a fazendo abrir seus olhos e olhar diretamente ao meu, paralisei, fiquei em choque, não sei dizer. Mas me perdi nos seus olhos naquele momento, e por mais que eu tentasse por uns segundos não consegui desgrudar seus olhos do meu, até que observei que ela se aproximava devagar do meu rosto, aonde minha respiração prendeu no meu pulmão e não queria mais sair, eu não sabia o que fazer naquele momento, não consegui me movimentar, só a observei chegar perto, aonde um estrondo grande nos chamou atenção vindo das casas ao redor, era com certeza os assaltantes da noite.

— São eles — Respondeu o Gray em um pulo, se levantando, aonde fizemos a mesma coisa, e só sentir um braço me puxar

— VAMOS LUCY, HAPPY, VAMOS OLHAR NAS CASAS DA DIREITA — Antes que eu pudesse responder ele já tinha me puxado com ele, me fazendo correr ao seu lado e o Happy no ar, até que observamos um homem com um terno em frente a uma casa, ele parece estar protegendo quem estava assaltando, só não entendi o porque do estrondo, eles não eram misteriosos? Ou, quem sabe fizeram questão de chamar nossa atenção.

— Pare ai agora — Gritou o Natsu, antes que eu pudesse falar para ele esperar, como sempre ele é mais rápido do que eu, e atinge o inimigo com um soco o fazendo voar em direção a casa

— NATSU, pessoas moram nessa casa, se contenha — Grito, e viro para trás vendo outro homem de terno

— Pode deixar! — Ele corre em direção aonde tinha jogado o primeiro, e eu observo o segundo junto ao happy

— Vamos Happy! —  Grito invocando o espírito do Leo, fazendo minha roupa mudar em conjunto, ficando com minha vestes mudassem, consegui esse poder após o treinamento que tive no tempo de 1 ano.

— Lucy, você está bonita como sempre —  Ele diz beijando minha mão sorrindo, como sempre e retribuo gritando

— Presta atenção na luta! — Me viro junto com ele, e acertamos um chute no homem de terno o fazendo desmaiar, ‘’ Fácil demais ‘’ — Penso suspeitando da situação, e me pergunto como está a Erza e os outros, espero que bem

— Isso foi estranho, não acha? — Pergunta Leo que também achou o inimigo muito fácil de ser derrotado, quando eu iria responder vejo o Happy caindo e o seguro rapidamente e o vejo desacordado

— Happy.. v-oc — Meus olhos começaram a pesar, e vejo o Leo me olhar assustado enquanto eu caia no chão, e então ele começou a desaparecer, minha última visão foi o Natsu sendo jogado desacordado ao meu lado

 

ERZA {...}

 

‘’Poção do sono? Como pode?’’ — Pensei vendo o cara de terno ao lado de Gray e Wendy, então eu os pedi para parar de atacar

— Porque? — Perguntou Gray quase em um grito

— A roupa dele está soltando um pequeno gás, que quando acerta-lo fará você desmaiar, eu vi isso uma vez — Digo

— Entendo — Diz a Wendy e logo ela me olha assustada junto com a Charlie — Lucy-san, Natsu-san e o Happy não sabem disso não é?

Arregalo os olhos olhando o Gray e então voltamos os 4 correndo na direção aonde eles tinham ido, deixando a distração que eles tinham posto para nós para trás. Droga, Droga. Lucy...

Chegamos perto, e não vemos nada, até que olho para o chão e vejo uma marca amarela se desfazendo aos poucos, parecia vestígio do espirito da Lucy.

‘’Lucy, Natsu e Happy foram capturados, ajudem-nos.

                                                 - LEO’’

Engulo seco junto com os outros até que vejo um homem de branco com a Lucy desmaiada no ombro direito e segurando o Happy também com a mesma mão. Não me contenho e começo a correr gritando um simples ‘’ O Natsu está do lado oposto, vão’’, Com certeza eles não correriam para o mesmo lado. Entao mudei minha armadura e uma que cobria meus seios com uma faixa e usando uma calça vermelha , que me deixava mais leve, então corri com mais velocidade, e pulei encima do telhado da casa que era aonde ele estava correndo, puxei minha espada e pulei em sua frente apontando a mesma

— Me devolve eles, agora — Digo em um tom sério, ele da um pequeno sorriso e solta vários círculos vermelhos em minhas direção, e os rebato em várias direção e logo escuto a explosão deles. Droga, explosivos, vou acabar explodindo tudo, e não ganhando recompensa novamente.. Mais..  Lucy e Happy são mais importantes que isso, nunca deixaria ninguém leva-los.

— Me pegue se for capaz — Escutei e corri em sua direção, tentando o acertar com a katana, tomando devido cuidado para não acerta-los, então em um piscar troquei minha armadura para a da The Knight, e logo invoquei 10 espadas focando seus pontos vitais, e joguei, conseguindo acertar uma sua barriga, abrindo uma brecha, aonde voltei para a roupa anterior e fui em sua direção o empurrando o fazendo solta-los, caindo do telhado, e pulo rapidamente para o solo, aonde Lucy cai em meu ombro direito, e seguro o Happy com a mão esquerda o deitando em meu braço, não tirando meu olhar do mesmo encima do telhado

— Se tocar nos meus amigos novamente, na minha Lucy, eu nunca vou perdoa-lo, eu matarei você — Digo em um tom frio, nem notando que tinha dado ênfase na minha Lucy, e o vejo virar as costas sorrindo, decidi não segui-lo, seria arriscado, então voltei ao lago andando, transformando minha roupa na casual, e coloco minha mão na coxa da Lucy, perto de sua bunda, para não deixa-la cair, e coro absurdamente, viro meu olhar olhando sua nadega que estava perto do meu rosto, e não pude deixar de soltar um sorriso tendo aquela visão. Mas logo voltei minha visão, a eles que voltavam com o Natsu nas costas do Gray

— Oque esses caras retardados querem nos sequestrando? — Pergunta o Gray deitando o Natsu na grama aonde estavamos sentados perto lago

— Pedir uma boa recompensa talvez? Afinal, pelo oque notei no que eles roubam, são bem ambiciosos — Digo deitando a Lucy calmamente ao lado do Natsu e o Happy em sua barriga e sentei ao lados deles, e Gray, Wendy e Charlie me acompanharam

— Claro, pedir uma recompensa por membros de guilda deve dar um bom lucro — Complementou Charlie logo após sentar

— Eles não pareciam fortes, só.. espertos — Disse o Fullbuster olhando o lago

— Pois é, ternos do sono... Quem imaginaria isso, eu cai nisso na primeira vez que batalhei com alguém o usando, sorte que a Mira estava comigo, e essas coisas não funcionam com ela — Digo os observando e viro meu olhar a Lucy que dormia tranquilamente ao lado do Natsu, então naquele momento que notei.. ‘’Minha Lucy, que merda foi essa que eu falei’’ — Penso a olhando e logo a noto acordar, bem.. pelos menos ninguém escutou aquilo, só ele.

— Oque aconteceu, CADE O CARA DO TERNO?! — Perguntou o Natsu sentando olhando envolta

— Vocês caíram no sono cara, aqueles caras eram só distração — Respondeu Gray — Nós também iriamos cair se a Erza não soubesse

— Bem que eu achei... Eles fáceis de derrotar — Lucy disse me fazendo olha-la pelo fato dela estar passando a mão na cabeça

— Está tudo bem? — Pergunto

— Sim, só acho que batia  cabeça forte quando peguei no sono — Ela respondeu e me olhou sorrindo e retribui

— Mas pelo menos conseguimos dormir... — Disse ele se espreguiçando no colo da Lucy, caindo rolando até as pernas dela mudando de posição e tentando voltar a dormir

— GATO MALDITO, ACORDE! — Gritou a Lucy para ele os dando pequenos petelecos

— Melhor voltarmos para o hotel que o governante nos deu, acho que podemos descansar, eles não vão aparecer hoje novamente, vamos ter uma chance por noite — Digo levantando, dando a mão para a Lucy levantar e o Happy pega vôo junto com a Charlie

Andamos em direção ao hotel, e fomos aos respectivos quartos, que eram separados em femininos e masculinos, o feminino era bem espaçoso, com duas camas de casal, uma ao lado da outra, v-vou ter que dormir ao lado da Lucy... Droga... que alguém do doe sanidade...

Sentei na cama perto da janela já de pijama e vejo a Lucy sair só de camisola, usando um short, uma blusa transparente mostrando seu sutiã branco, pelo fato de só ter meninas, aquilo era inofensivo, pelo menos era para ser... para mim tinha um poder absurdo, estava doida pra bater tanto naquele peitos.. ‘’ Ah socorro’’ — Penso deitando, jogando meu corpo tentando não ficar encarando, e logo me cubro notando que a Wendy já tinha pegado no sono na cama de casal ao lado junto com a Charlie, por ela ter sido a primeira a se trocar, foi logo descansar, e estava deitada de costas para a nossa cama, oque me deixava mais tranquilizada, não queria ninguém percebendo que eu seco o corpo da Lucy como um leão seca um gazela ou algo do gênero.

Me cubro notando que ela deitava ao meu lado também se cobrindo e virou para mim, estava completamente rendida, oque eu podia fazer... se controlar.. obvio...

 

NARRADOR ON {...}

 

Lucy se virou para Erza fechando os olhos, mas estava muito inquieta para conseguir dormir, sua respiração assim tão próxima da titânia a fazia ter calafrios que ela não conseguia controlar, parecia a primeira vez que sentiu aquilo. Enquanto Erza olhava delicadamente, não esperando que ela fosse abrir seu olhos e foi oque aconteceu, e logo se viu perdida naqueles olhos  de Lucy, não notando que seu rosto se aproximava involuntariamente igual no momento no lago, não queria que ninguém interrompesse, e sabia que se fosse negado, a amizade não seria a mais a mesma, comprometeria a equipe inteira. Mas naquele momento, algo dizia que aquele sentimento não era solitário.

Então em um momento único, as cobertas que cobriam as duas presenciou o selamento dos lábios das duas magas, em um selinho delicado, aonde foi substituído por outro e outro, sabendo que Lucy retribuía, Erza pediu permissão para um beijo mais profundo com sua língua, quando suas línguas se chocaram, a ruiva perdeu sua razão, se é que tinha alguma para tentar aquilo em um momento como aqueles.

Lucy correspondia com a mesma intensidade os beijos de titânia, queria saber oque aquele beijo a causava, os lábios de Erza eram ótimos para Lucy, parecia que seus movimentos foram ensaiados por anos, até que captura a língua da ruiva e começa a chupa-la brevemente logo voltando ao beijo, Erza estava indo a beira da loucura quando começou a apertar e apalpar os seios da loira, até que foi interrompida pelo braço da loira em seu ombro, separando o beijo por uma fita de saliva.

— N-Não Erza, a Wendy... — Disse mais logo recebendo um beijo no pescoço da ruiva, ela esqueceu que ela já estava rendida, queria parar mais não conseguia.

— Contenha, você vai ter outros momentos para gemer para mim, pode me morder para se conter — Cochichou Erza no mesmo tom de voz de Lucy, e logo levantou a blusa da loira, estavam as duas por baixo das cobertas, então não podiam fazer movimentos que mexessem muito a coberta e nem a cama. Então Erza levantou devagar, notando todas as curvas que tanto queria ver, logo jogou a blusa embaixo do travesseiro e começou a beijar, morder, chupar, arranhar o pescoço da loira, sentindo logo as mordidas em sua orelha, pescoço e ombro que Lucy depositava para conter os suspiros e possíveis gemidos, mais estava impossível, mas não queria parar, estava curiosa em saber como os toques da Erza a afetariam.

A Scarlet desceu os beijos calmamente, até o seio de Lucy e o mordeu e lambeu por cima do sutiã, fazendo Lucy pegar o travesseiro de Erza, e colocar em seu rosto por baixo da coberta. Não contando com esse movimento, a ruiva rasgou o sutiã da loira, e começou a passar a língua envolta do bico de Lucy, a fazendo gemer no travesseiro, sendo abafado. Lambeu, passou a mão, apertou, chupou, chupou muito, deixando várias marcar em torno do seio da mesma, enquanto Lucy arranhava as costas de titânia, deixando as mesmas vermelhas, tendo como comparar com o tom de seu cabelo, a ruiva estava amando ser amamentada pela maga celestial, não conseguia parar, quando terminou em um foi ao outro, ela tinha que parar, acabaria acordando a Wendy, ou chamando alguma atenção, apertou forte os lençóis, separando sua boca do seio da mesma voltando a beijar seus lábios.

Naquele momento Lucy percebeu que amava os toques de Erza, e que aquilo seria seu mais novo vicio, tendo o mesmo pensamento da ruiva.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...