História Além da Magia - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Erza Scarlet, Gray Fullbuster, Happy, Lucy Heartfilia, Natsu Dragneel, Wendy Marvell
Tags Erlu, Erza, Fairy Tail, Lucy, Yuri
Exibições 102
Palavras 1.775
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Fantasia, Festa, Ficção Científica, Luta, Romance e Novela, Yuri
Avisos: Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


HEEEY HOOU ~

Eaê, De hoje não passava, e ai está o cap. Haha'

Segue o cap. *-*

Capítulo 4 - A cor branca


“Oque é isso?’’ – Pensou Erza antes de começar a correr naquela direção, haviam escutado um estrondo e uma gritaria e pessoas correndo na direção aposta.

Chegaram os quatro em uma posição perto dando para notar Gray e Wendy lutando contra 3 homens de roupa branca, e máscaras brancas parecidas com a da noite anterior, o que fez o Natsu ferver de raiva.

– GRAY – Natsu grita indo em sua direção – Eu que vou vencer eles!

– Não atrapalha cabeça de fogão – Gritou o mago do gelo dando um soco na cabeça do Natsu

– Como assim raspadinha de gelo?! – Natsu gritou de volta retribuindo o soco

– PAREM – Gritou a Erza chegando perto os pegando pela orelha

– Certo Erza! – Eles param no exato momento sorrindo disfarçando se afastando

– Eles começaram a atacar? – Pergunta a Lucy encarando os 3 oponentes

– Sim Lucy, eles tentaram nos atacar do nada – Respondeu Wendy no exato momento que eles atacaram a Lucy com uma espada, fazendo Erza sacar sua espada e para-lo, forçando sua espada contra a do oponente

– Natsu, Gray, Agora! – Disse Erza o chutando para longe

– Karyuu no HOUKOU – Natsu lança seu golpe rugido do dragão de fogo no oponente que Erza arremessou

– Ice Make CANON – Gray ataca com seu golpe de gelo no mesmo momento

Antes que Erza parasse para armar uma estratégia os outros dois começaram a atacar, e logo olhou para trás vendo Lucy invocar Tauros, onde suas vestimentas mudaram para sua forma dessa chave, e acerta seu chute no oponente vindo da esquerda e Wendy acerta o da direita com um rugido do dragão.

– Porque estão nos atacando ? – Pergunta o Happy sem achar uma solução na sua mente

– Devem saber que estamos atrás deles – Responde Charlie se aproximando do Happy que estava próximo a Erza no chão

– Ei! Vocês! Porque tentaram nos sequestrar da outra vez ?! – Pergunta o Natsu encarando uma das pessoas de capa que estava levantando, não dava para diferenciar, todos usavam capas e mascaras que tampavam o rosto inteiro

– Porque não nos entregam logo a Maga Celestial e o Dragon Slayer – Diz a mesma pessoa em um tom autoritário, pela voz, se notava que se tratava de um homem

– Ta de brincadeira?! Obvio que não – Diz o Gray se aproximando do Natsu, enquanto Lucy tentava achar alguma resposta pelo fato de eles a quererem e o Natsu, não havia um porquê evidente.

– Se estão dizendo – O Homem aponta mostra um interruptor em sua mão – Vamos logo explodir essa feira, é perda de tempo

– Espera! – Foi dito por todos praticamente ao mesmo tempo, enquanto encaravam eles

– Você não vai meter ninguém nisso – Disse Erza encarando o homem com interruptor

– Então entregue – Ele volta a dizer encarando os cinco no mesmo momento.

A respiração da Lucy começou a descompassar, passou pela sua cabeça se entregar, e apostaria que o pensamento do Natsu não teria sido diferente, mas pelo rosto de raiva de Erza, Gray e Wendy eles não pensaram a mesma coisa

– Se nós formos com vocês, você deixa essa cidade em paz ? – Pergunta Lucy fazendo todos se surpreenderem menos o Natsu, uma das coisas que o Salamandra não tolera é que machuquem pessoas inocentes a sua volta.

– Lucy, vamos achar outro jeito – Disse Erza que logo virou para olha-la, naturalmente Erza pensaria racionalmente sobre a situação, sempre foi alguém que pensaria amplo, no bem estar de todos e nas consequências dos atos, porém naquele momento o fato entregar Lucy e Natsu era algo que ela não estava aceitando, era algo que não queria pensar, sabia que pros outros também não.

– Sim, a cidade não explodirá – Disse o homem secamente

– Nós vamos – Disse o Natsu logo em seguida

– Cala a boca fósforo, iremos achar outra solução – Gritou o Gray o olhando trincando os dentes

– Cala a boca você! Nós vamos, e vocês vão nos achar, tenho certeza! – Disse o Natsu quando virou para encarar o Gray com os punhos fechados.

No exato que iria surgir uma discussão, o gato azul chegou perto por trás do homem de roupa branca, e pulou encima do interruptor que estava em sua mão, o pegando e começando a correr, no momento que ia ser perseguido um certo fogo o para e o joga longe.

– Muito boa Happy! – Disse em resposta o Dragon Slayer sorrindo após o acerta-lo com o punho do dragão do fogo

– É isso que vocês tem? – Perguntou o mesmo enquanto levantava do chão a uns metros de distância – De qualquer modo, essa cidade... Já perdeu.

Foi a última coisa que escutaram antes dos três desaparecerem de vista sendo cobertos pelas casas após correrem por uma rua próxima, Natsu ia segui-los mais Erza o parou no exato momento o impedindo, sua mente tinha que voltar a pensar racionalmente sobre toda aquela situação, e deixar o Natsu explodir a cidade, seria uma péssima escolha.

– Vamos para a margem do lago – Disse a Titânia assim que o impediu fazendo todos a olharem e por fim segui-la até seu rumo

‘’Acho que já chega de lutar perto desse monte de casas, pode machucar aquelas famílias’’ –Pensou Erza enquanto andava em silencio enquanto todos a seguiam do mesmo modo, ‘’Entregar a Lucy? O Natsu? Eu nunca faria isso, e por isso eu quase coloquei a cidade toda pelos ares’’ – Continuou em seus pensamentos enquanto olhava aflita para frente, sabia que Natsu e Lucy sabiam se cuidar, mas entrega-los para um grupo de homens vestido de roupas brancas deixava seu coração inquieto, não sabia o que eles podiam fazer com eles e muito menos como poderiam salva-los depois, afinal são conhecidos como bandidos silenciosos e nenhum morador sabe o paradeiro deles, mas se são bandidos fantasmas, Erza se perguntava porque fazer tanto barulho com a vinda deles.

Chegaram em poucos minutos na beira do lago, vendo o sol calmamente ilumina-lo o fazendo ficar mais reluzente que o normal, trazendo um certo ambiente de calma para o grupo.

A ruiva fez o ato de sentar na grama perto da rocha que havia ali e todos a acompanharam e sentaram fazendo uma roda, Lucy ao lado de Erza, Natsu ao lado de Lucy, Wendy ao lado de Natsu, e Gray ao lado de Wendy, Happy e Charlie sentaram em frente a Wendy. E o silêncio logo cortado pelo Gray.

– Nunca mais digam que vão se entregar! – Após dizer bateu forte o punho na sua própria coxa

– Vocês iam acabar nos encontrando em algum momento, o importante naquele momento era as pessoas a volta – Disse Lucy respondendo a fala de Gray

– Mesmo assim... – Happy diz de cabeça baixa – Se entregar... e se nós não achássemos vocês a tempo, se eles querem vocês é para algo sério!

– Happy... – Cochicha o Natsu escutando oque o gato havia dito – Nós ficaríamos bem! – Sorri o olhando

– Nós teríamos arrumado outro jeito, como o Happy fez – Diz Wendy olhando o Natsu

– Foi um golpe de sorte – Disse Erza fazendo todos a olha-la – Ele podia ter sentido a presença do Happy, ou um dos três poderia ter visto facilmente ele dando a volta por trás de mim e dando o bote no interruptor – A ruiva vira seu olhar para o interruptor que estava no chão entre eles – Não é nada fácil, mas de algum jeito aparenta que eles deixaram.

– Droga! – Fala Gray trincando os dentes – Então estão brincando conosco como animais brincando com suas comidas?!

– Desgraçados! Eu vou pega-los da próxima – Natsu diz batendo os punhos encarando o interruptor da mesma forma

Lucy permaneceu de cabeça baixa, seu pensamento foi totalmente levado para alguma solução para aquele enigma, o porquê deles assaltarem uma cidade sempre em silêncio, e com a presença deles parece que querem fazer um show, se amostrar ou algo do tipo. Sem perceber estava apertando tão forte o punho do seu braço direito que Erza notou sua tensão e segurou o mesmo punho também de cabeça baixa.

– Lucy... – Chamou atenção a fazendo olha-la, mais ainda estando de cabeça baixa – Nunca mais pense em se entregar...

– Erza... – Sussurrou arregalando os olhos a olhando, até o exato momento que Erza virou sua cabeça para a loira a olhando nos olhos, enquanto os cinco conversavam entre si

– Eu não saberia onde te encontrar e nem onde começar a procurar ... – Lucy notou um olhar de Erza que ela não mostrava para muitas pessoas, um olhar de amor e preocupação, um olhar como se estivesse aflita, e a ruiva raramente demonstrava estar com medo de algo, seus sentimentos eram diversos, mais dificilmente eram mostrados para o mundo.

– Erza... – Repetiu Lucy a olhando e logo puxou o ombro de Erza a abraçando fortemente fazendo a ruiva só aceitar e relaxar sua cabeça no ombro da loira. Ficaram assim durante uns segundos, até que escutaram a voz alta do Natsu

– BELEZA! Porque não relaxamos depois dessa? – Ele diz abrindo um sorriso

– Nós acabamos de sair de uma luta e você já quer relaxar?! – Pergunta o Gray o encarando

– Eu estava comendo aquelas frutas, e não deu tempo! As que eu comi deu nem pra encher um pouco do estômago – Disse Natsu desanimado jogando suas costas na grama

– Tem razão Natsu... – Diz Happy fazendo o mesmo movimento que o Natsu se jogando na grama – Já estou com saudades daqueles peixes que eu não consegui comer – Termina de falar enquanto babava imaginando os peixes

– Bem... porque não paramos para pescar um pouco então – Disse Erza olhando com os olhos brilhando para o lago

– PEIXES – Levanta as mãos o Happy comemorando

– COMIDA – Faz o mesmo movimento Natsu

Erza invocou varas de pescar suficiente para cada um do ambiente, então todos sentaram na beira do lago, na mesma posição que antes, só que Happy ficou entre a Lucy e o Natsu.

{...}

Naquele momento todos os integrantes do grupo estavam curtindo a paz, e até pensando em um modo de achar aqueles homens, porém aquilo estava se tornando cansativo, e Erza sente a cabeça de Lucy sobre seu ombro e olha um pouco ruborizada, e leva sua mão livre ao rosto da loira acariciando, jurando que a beijaria naquele momento, estava linda e reluzente em frente aquele lago, e junto quando seus olhares se cruzaram, a ruiva prometeu que nunca deixaria levarem a Lucy, ‘’Por mais que eles tentem, não vão fazer mal ou tira-la de mim’’ – Pensou enquanto estava chegando perto para selar seus lábios

– PEGUEI – Grita Natsu puxando a vara vendo o peixe voar para a grama

– Boa Natsu! – Fala Happy rindo enquanto babava olhando o peixe

– Esse peixe não parece ter uma cara muito boa – Disse Wendy desanimada pelo peixe não parecer comestível

– É claro que são! – Happy responde abocanhando o peixe e cuspindo em seguida – QUE HORRÍVEL

– OQUE?! – Gritam todos ao mesmo tempo



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...