História Além da Mente - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias A Teoria de Tudo
Tags Amor, Cachorro, Cão, Cérebro, Ficção, Homem, Paixão De Cão
Exibições 6
Palavras 593
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção
Avisos: Drogas, Suicídio
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá! Bom, primeiramente gostaria de declarar que:

* Essa história é de minha autoria, ou seja, vem de minha capacidade intelectual.

* Plágio é crime! Caso queira "copiar" este conteúdo, por favor, coloque créditos.

* Aceito críticas construtivas e opiniões do livro nos comentários. Por Favor, deixe seu feedback (não é obrigatório).

* Boa Leitura. ;3

Capítulo 1 - John, um Garoto "Comum"


Fanfic / Fanfiction Além da Mente - Capítulo 1 - John, um Garoto "Comum"

- John, estou indo meu filho, não se esqueça de levar Calvin para passear e dar sua refeição ás 19:00 - dizia sua mãe, todos os dias quando saia à trabalho. John era um garoto esperto, mesmo com apenas onze anos, sabia onde sua mãe colocava a ração mesmo ela não dizendo para ele, pois John era o companheiro de Calvin, um Yorkshire bem pretinho, olhos escuros que só deus na causa. Um dia, sua mãe, chamada Carla, planejou uma viajem de uma semana para Portugal, já que necessitava de trabalhar. A mesma era viúva, seu marido morreu antes de ter John. John durante toda a semana fica lado a lado com Calvin, sempre ás 19:00 colocando seu jantar. 

John tinha um irmão mais velho de 17 anos, chamado Igor, esse era aluno de seu irmão, pois todos os dias John ensinava e explicava assuntos de sua classe que Igor, não entendia na época, já que necessitava de passar no vestibular. Igor mantinha confiança em John, que mesmo sendo seu irmão mais novo, tinha uma mente muito avançada para sua idade, que parecia evoluir rapidamente dia pós dia.

Passou-se apenas quatro dias depois que Carla viajou e, Calvin, estava imundo. John não teve a obrigação de leva-lo junto com seu irmão Calvin para banhar. Aproveitando da situação, John levou seu cachorrinho para passear na Lagoa municipal de São Luís, local onde ele morava. John e Calvin brincavam até não dar mais, depois de três horas brincando, John queria mais e mais, ele adorava Calvin. Voltaram sujos e fedorentos, John teve que banhar separadamente de Calvin, o que lhe deixou agoniado, já que queria que Calvin banhasse pelo menos uma vez com ele junto ao banheiro. 

Na escola, John não era diferente, era inteligente e esperto como era em qualquer lugar, seus conhecimentos impressionavam até o diretor da escola (Sr. Braum), porém, foi alvo de bullying na escola, por ser nerd e um pouco magro demais. Não tinha muitos amigos pelo mesmo motivo, tinha apenas uns dois ou três, tirando parentes e pessoas de outras classes, por isso, Calvin era sua melhor companhia, ninguém sabia como John iria viver sem ele.

Faltavam apenas dois dias para sua mãe voltar de viajem, então, John tentou aproveitar ao máximo ou últimos dias de "Liberdade". Bagunçou toda a sala, inventou de fazer ovo frito mesmo sem saber como se acende um fogão, e , já era provável que iria gerar algo ruim, e acredite, gerou. Calvin "comeu" todos os papéis que John separou para seu trabalho escolar que, coincidentemente, era no próximo dia. Provavelmente, os papéis devem ter caído da prateleira depois da bagunça que John fez na sala de estar e, quando soube disso, não sabia o que fazer, apenas entrou no seu quarto e começou a reescrever todo o trabalho. Pela primeira vez, John ficou relativamente bravo com Calvin, mas nada que voltasse de uma hora para outra.

No dia seguinte, apresentou o trabalho de maneira simples e direta, já que não conseguiu reescrever parte do trabalho. Por sua sorte, tirou nota 9, só não foi 10 pela falta de presença de sua mãe, que deveria estar presente durante o trabalho. Voltando para casa, deu a última ração para Calvin e foi esperar até a chegada de sua mãe, que estaria chegando de madrugada. John esperou, esperou, mas nada, talvez o voo tenha atrasado ou Carla tenha perdido o voo. Igor tentou telefonar para Carla, mas não conseguiu. Passou-se um dia sem notícias de Carla, então, John entrou em desespero.

- Igor, cade mamãe? - 

 

 


 


Notas Finais


Obrigado por ler até aqui! Não se esqueça de deixar seu feedback nos comentários! Caso queira continuar, boa leitura! ;3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...