História Além Da Mentira - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Drama, Hentai, Naruto, Revelaçoes, Romance, Sakura, Sasuke, Sasusaku
Exibições 558
Palavras 2.458
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oiiiiieee!!! Olha eu AQUIII!!!! Voltei rápido!!! Êêêê!!
Espero que gostem do cap! Boa leitura e amo vocês, meu amores!!!! 💗💗💗💗💗

Capítulo 12 - Recuperada


“Ao infinito e Além” 

(Leiam as notas finais)

Sasuke corria desesperado atrás da sua amada, o medo de perde-la era tão grande que o desesperava. Ela não podia ir, e se no caminho a louca da Karin fizesse algum mal? E se Sasori voltasse para pega-la?

— Não! — Gritou mentalmente o moreno.

Em alguns minutos todos estariam na entrada do grande hotel cinco estrelas.

~•~•~•~•~•~•~•~

— Vamos, temos que chegar logo a saída do hotel! — Praticamente Gritou a Uzumaki.

Ninguém a respondeu, porém, começaram a ir mais rápido.

Os cabelos rosados de Sakura voavam, seu corpo estava mole... seu corpo daquele jeito tão frágil. Se Sasuke a visse daquela forma, tão machucada... Os homens seguraram a rosada com tanta força que marcas vermelhas e roxas tomavam conta de seu corpo. Olhando-a daquela forma, parecia tão frágil e indefesa, mas essa era o seu real estado.

De longe podia se ver umas pessoas correndo. Karin se desesperou de imediato quando viu os cabelos negros de Sasuke.

— Corram seus merdas, o Sasuke está vindo!! — Gritou a ruiva correndo.

— Eii! Ali! É a Sakura. — Gritou para Sasuke a Hinata.

— É! E aquela é a Karin! — Gritou Sasuke correndo ainda mais rápido. — Galera rápido, ela vai levar a Sakura.

Sasuke sentiu uma grande felicidade por ter achado a Haruno, quer dizer, as Haruno, também avia visto os cabelinhos ruivos de Sam.

Porém, além da sua felicidade tinha ódio, desprezo, raiva e muita ira.

Sasuke viu a ruiva ir para dentro do estacionamento que era muito próximo da saída.

O moreno entrou dentro do estacionamento, viu um homem praticamente jogar o corpo frágil de Sakura para dentro da mala do carro, e fez praticamente isso com Sam. Seu ódio aumentou várias vezes mais. Seus olhos começaram a ficar com marcas vermelhas... De puro ódio. Como ousavam tocar em sua Sakura?

— Karin! Solte a Sakura! — Gritou sr aproximando da mesma o mais rápido que podia.

— Sasu! — Falou deixando lágrimas caírem de seus olhos. — Nunca! Ela destruiu nosso amor! — Gritou e entrou dentro do carro.

O Uchiha começou a bater no capô do carro, na parte de trás, tentou parar o mesmo, mas foi totalmente em vão.

— Gaara, chama um táxi. Agora! — Ordenou o moreno. Garra imediatamente foi atrás do táxi, que estava bem próximo dos mesmos, por sorte.

— Vamos, Eu, Naruto, Gaara e Hinata. — Disse Sasuke. — Ino, pega outro táxi, não, melhor ainda, Hinata e Ino, peguem outro táxi. Rápido! — Gritou.

Sasuke falou com o taxista e assim foram atrás do carro se Karin.

— Eu vou te salvar meu amor. — Pensou o Uchiha.

~•~•~•~

O carro da ruiva parou em frente à uma casa um pouco longe de tudo. A sorte é que a mesma acha que ninguém a seguiu.

— Vamos, amarem a vaca no pé da cama, e a pirralha no outro quarto. — Ordenou a Uzumaki.

— Sim senhora. — Disse um dos capangas.

— Quero bater nessa vadia até ela não parecer mais a mesma. — Disse com uma voz maligna.

— É aqui que ela está. — Afirmou o moreno.

O mesmo saiu do carro lentamente, com uma distância considerável da casa.

— Vamos esperar as meninas chegarem. — Disse Naruto. — Aí a gente cria um plano.

Todos afirmaram, apesar de que Sasuke estava a ponto de matar um.

~•~•~•~•~

— Acorda vadia! — A Uzumaki deu uma tapa na cara de Sakura.

A Haruno abriu os olhos com dificuldade sentindo dor por todo o seu corpo.

— Onde eu estou!? — Perguntou Sakura.

— Na minha casa. — Repondeu. — Agora, você vai pagar por tudo o que você me fez... e vai me responder tudo que eu perguntar. — Falou com uma voz assustadora.

— Karin, pare já com isso! Você está louca! — Gritou.

— Não! Não estou! — Gritou de volta de ajoelhando e dando um tapa na cara de Sakura, que gemeu com o golpe. — Agora me responda quentinha! — Gritou. — Para o meu Sasuke está tão apaixonado por você, ele deve ter adorado ter comer! Quantas vezes você deu pra ele, sua vagabunda? — Peguntou.

— Não é da sua conta! — Respondeu.

Karin deu outro tapa no lindo rosto angelical de Sakura.

— Se você me responder assim, eu vou dar uma tapa em seu rosto, vadia! — Respirou fundo. — Agora responda, quantas vezes deu pro Sasuke, e o que usou para fazer ele te querer tanto!?

Sakura estava com vergonha de responder aquilo...

— Eu nunca fiz sexo com o Sasuke. Nem com ninguém... — Repondeu. Karin ficou em choque. — E eu não fiz nada! Tudo aconteceu do nada, com o tempo. Eu não sei!

— Como!? Como você conseguiu ele sendo virgem!?? Eu sei que ele adora transar! E quando eu fiquei com ele, eu não era virgem! Podia dar tudo que ele quisesse! — Falou mais para si mesma. O ódio de Karin era grande, como ela era virgem? E ele da mesma forma queria uma garota sem experiência alguma, que não sabia fazer metade do que ela mesma sabia!! — Te ódio ainda mais! — Gritou dando mais um tapa no rosto de Sakura.

— Assim é bom! Eu não posso fazer nada! Sua covarde! — Gritou a rosada.

— Cale a boca! — Gritou. — Você gosta do Sasuke? — Perguntou.

— Na... — Sakura já iria responder com um “não é da sua conta” mas sabia que não podia. — Sim... quer dizer, eu o amor! — Gritou a última parte muito envergonhada.

— Não! Você não o ama! Eu amo ele e ele me ama!!! — Gritou deixando lágrimas caírem de sua face.

A ruiva começou a andar em círculos pelo recinto... Estava com medo de perder o Uchiha. Ele era tudo de bom! Lindo, rico, gostoso, bom de cama, inteligente, forte... Ah! Eram tantas coisas!

— Eu vou acabar com você! — Falou no ouvido de Sakura, fazendo a rosada se arrepiar. — Sua queira irmãzinha está aqui. No quarto ao lado. — Falou ficando de frente para Sakura.

— Como!? — Gritou. — Sam! — Gritou a rosada ainda mais alto, e escutou um “Mãe” com uma voz doce e chorosa. — Você é podre! — Insultou.

— Vou destruir toda sua vida, Haruno. — Quando a mesma terminou de falar, a Uzumaki sentiu algo molhado em seu rosto, Sakura havia cuspido em sua face. — Como ousa!? — Gritou limpando o lugar que ficou sujo.

~•~•~•~•~•~

Lucy corria loucamente atrás da Sra. e Sr. Uchiha... Depois que Sam foi levada por um homem, que a propósito deu um golpe para a babá desmaiar, a mesma fingiu realmente está desacordada, pois se não tivesse fingindo, ele a mataria ali mesmo. Logo quando o tal homem foi embora, esperou um pouco e foi correndo atrás dos pais de Sasuke.

E agora acabou de achar os mesmos, passeando pelo jardim principal do hotel.

— Sr. e Sra. Uchiha! — Gritou se aproximando a babá.

— Sim querida? — Indagou a Sra.

— Pelo amor de Deus! Levaram a senhorita Sam e a Senhorita Sakura. — Falou respirando com dificuldade.

Depois que esperou o homem sair, logo foi atrás, a mesma pode ver outros homens levando Sakura, e viu Karin dando ordens aos capangas.

— Como assim Lucy? — Peguntou o Sr. Uchiha.

— Vou explicar. — Respirou fundo. — A Karin, ela não é boa, a mesma é uma mentirosa. Eu a vi, ela estava acompanhada por três homens, que estava segurando a senhorita Sakura, que estava  toda machucada, eles também estavam segurando a Sam, com certa brutalidade. Eu ouvi Karin dizer: “Vou destruir a vida dessa Sakura, e vou conquistar a todos com a minha mentira” — Lucy falou deixando algumas lágrimas caírem. — Também ouvi ela falou o endereço de sua casa, que é: @$@$ @%#& (Autora - Eu não sou boa em criar endereços)

— Não podemos acreditar em você Lucy, a Sakura pode ter mandado você falar isso! — Disse rígido Fugaku.

— Por favor, acreditem em mim! Eu não mentiria com algo tão sério! Por favor. Pelo menos vão até o endereço. Eu realmente não tenho provas, mas, eu dou a minha palavra. Por favor... — Pediu.

(Leiam as notas finais)

— Fugaku... — Indagou a Sra. Uchiha. — Vamos, pelo menos vamos tentar. Podemos chamar a polícia, caso isso seja uma armadilha da Sakura, ou caso seja verdade o que Lucy falou.

— Ok, meu amor. — Disse Fugaku.

~•~•~•~•~•~•~

— Chegaram! — Falou Gaara vendo o táxi das meninas chegarem.

— Iai galera? — Peguntou Ino indo abraçar Gaara.

— Nada? — Perguntou Hinata indo abraçar Naruto.

Sasuke via aquilo tudo, e sentiu vontade de ser abraçado pela sua rosada... Mas ela estava em perigo!

— Vamos entrar. Mas antes, vamos fazer um plano... — Indagou Sasuke.

~••~••~••~••~

— Pare Karin! — Gritou a rosada levando alguns golpes de Karin.

Sakura já estava muito machucada, seu rosto estava com sangue, e estava com alguns arranhões.

— Sabe Sakura... Eu fui idiota! — Suspirou a ruiva. — Eu não deveria ter traído o Sasuke... Mas, foi bom, muito bom ter fodido com o cara que Sasuke me viu o traído... E sabe também? Eu já tinha traído o Sasuke várias vezes, tantas vezes que já perdi as contas, mas sabe também? Nenhum dos outros se comparavam a Sasuke na hora H. — Suspirou. — Sabia que já trai Sasuke com o Sasori? — Sakura ficou em choque. Como assim com o seu irmão!? Eles eram sangue do mesmo sangue!
(Autora - Para vocês sentirem mais raiva e nojo da Karin, eu coloquei isso. Eu quero que ela seja nojenta aqui. Haha)

— Mas... ele é seu irmão! — Indagou chocada.

— Sim. Mas, eu estava bêbada, não tanto a ponto de não perceber. E depois dessa vez, nós ficamos várias e várias vezes... Ele não é tão bom como Sasuke, mas ele da conta... — Disse com um ar de nostalgia.

Quando Karin foi dar mais uma tapa no rosto de Sakura, o som da portar a fez parar em cm do rosto da rosada.

— Então quer dizer Karin, que você me traiu tantas vezes assim? Mas, mesmo depois de ter dado para tantos, nenhum se comparou a mim? Por isso percebi o quanto você não era apertada, nem nada... — Riu seco o Uchiha.

— Sasuke!? — Em uníssono Sakura e Karin disseram.

— Sua vadia, você vai aprender a nunca mais mexer no que é importante pra mim. — Disse o Uchiha se aproximando com ódio, depois de ter olhado o corpo de Sakura.

— Você v-vai me bater? — Perguntou se levantando para encarar o Uchiha.

— Claro que não. — Falou e olhou para Sakura.

Olhando-a daquela forma era tão... tão... Não existia palavras. Ela estava tão frágil e machucada. O Uchiha queria pegar a rosada no colo, e cuidar da mesma com todo o amor...

— Solte ela agora! — Gritou Uchiha.

— Não! — Quando a ruiva Gritou tais palavras, um dos capangas apareceram atrás do Uchiha.

— Pegue ele, e o prenda. — Gritou a ruiva para um dos seus capangas.

~••~••~••~

— Chegamos. — Disse o policial.

— Vamos entrar. — Falou o Uchiha mais velho.

Todos saíram do carro, e foram para dentro da casa. De início, podia se ver: Naruto brigando com um homem e Gaara com outro. Hinata e Ino estavam procurando a chave para o quarto em que  Sam estava.

Os polícias deterão todos, porém, Fugaku falou que: Naruto, Gaara, Hinata e Ino eram do bem. Então apenas prenderam os do mal.

Todos começaram a procurar o quarto de Sakura, e um dos policiais quebraram a porta do quarto de Sam, achando a mesma amarrada no pé da cama.

— V-Vovó — Indagou a Haruno menor quando viu Mikoto.

A pequena estava tão fraca, não comia a muito tempo, além de está amarrada por mais ou menos duas horas, e também por ter sido trazida com muita brutalidade.

— Meu amor! — O coração de Mikoto se derreteu ao ver a pequena naquele estado.

Um policial tirou a pequena de lá, e a mesma ficou no braço da sua vovó.

Logo, entraram no quarto ao lado. Encontraram Sasuke praticamente matando o capanga de Karin.

O policial foi avisado que Sasuke era filho de Fugaku, e não fez nada com o mesmo, aquilo era por pura defesa.

— Não se aproximem. — Gritou a Uzumaki que tirou Sakura do pé da cama e colocou uma faca no pescoço de Sakura.

— Sakura já chega. — Disse Sasuke.

— Não! Não! Não!!! — Gritou a última parte.

Karin começou a se aproximar da janela de seu quarto. Iria sair do recinto pulando a janela, juntamente a Sakura.

— Karin, já chega. Não dá mais para fugir! — Informou Sakura.

— Não! — Gritou.

Sem que a ruiva percebesse Hinata e Ino foram para atrás da casa, e como não tinha primeiro andar, todos estavam no térreo, então dava para puxar a ruiva.

Hinata puxou o braço o braço de Karin que estava com a faca e Ino puxou o outro, nesse exato momento, Sasuke correu e puxou Sakura para si, que não aguentou e não conseguiu se manter muito bem em pé.

Hinata segurou Karin e Ino fez o mesmo, e os policiais correram e pegaram a mesma, que falou:

— Você vai ver Sakura Haruno! Você vai me pagar! Da próxima vez você vai ver, eu vou conseguir! — Gritou e os policiais a levaram.

— S-Sasuke... — Falou com a voz fraca a rosada.

O Uchiha sentiu uma lágrima cair de seus olhos, ela estava lá, em seus braços... Sua Sakura, sua flor de cerejeira, sua linda, sua baixinha, apenas sua... É ele tinha chorado... Pela sua Sakura.

— Minha linda. — Disse a abraçando.

— Sakura. — Uma voz grossa se fez presente no recinto. Era Fugaku. — Eu vim, lhe falar que me enganei sobre você. E que Karin planejou tudo, imagino que a mesma tenha feito algo com aquele áudio. — Disse sério.

— Nos desculpe Sakura. — Pediu Mikoto adentrando o quarto.

— Claro. — Repondeu a rosada.

Todos os seus amigos presente foram abraçar a rosada.

E logo a sua pequena Sam.

— Ah meu amor! Você está bem? — Perguntou a Haruno deixando várias lágrimas caírem.

—Sim mamãe. — Disse também chorando.

Logo Sakura soltou sua irmã, e foi para Sasuke.

— Vamos embora daqui meu amor. — Falou o Uchiha a pegando no colo, estilo noiva.

(Leiam as notas finais)

Contínua...  



Notas Finais


Iaiiii??? O que acharam??? Espero que vocês tenham gostado. Se gostaram comenta, isso me deixa muito feliz, e mais motivada. (NÃO ESTOU OBRIGANDO NINGUÉM!) IMPORTANTE ABAIXO ↓

Galera, eu estou planejando fazer uma nova fanfic, que seria, SasuSaku, NaruHina e GaaIno ou SaIno. Sério, iria focar os 3 casais. Mas, galera, eu não sei se faça Ino e Sai ou Ino e Gaara. Eu especialmente prefiro SaIno, mas eu também gosto de GaaIno, por isso não me importo tanto em fazer GaaIno. Nessa fanfic, eu escolhi 3 mulheres e 3 homens da vida real para representar eles como humanos Normais, já escolhi quem seriam todos, menos o Gaara, caso ele seja o par da Ino. Bom, então por favor, escolham com quem a Ino deve ficar, com o Sai ou com o Gaara. E caso seja o Gaara, me indiquem quem poderia ser a pessoa que representaria ele. Se vocês quiserem saber quem é quem eu posso revelar quem vai ser eles. E galera, caso ninguém votar, vai ser o Sai que vai ser o par da Ino.

Bom, é isso. Amo vocês meus pudins lindos. BEIJOS DA LUA 😘😘😘🌙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...