História Além da Vida (Imagine Hoseok) - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Suga
Tags Bts, Hoseok
Visualizações 31
Palavras 944
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Espero que gostem da minha mais nova fic.

Boa leitura!

Capítulo 1 - Capítulo 1 - Casa nova!


Fanfic / Fanfiction Além da Vida (Imagine Hoseok) - Capítulo 1 - Capítulo 1 - Casa nova!

Acabo de me mudar para minha nova casa, que por sinal, é muito agradável. Escolhi essa casa por que além de ficar próximo o meu trabalho, também fica próximo da casa do meu melhor amigo.

Hoje não vou trabalhar, pois ganhei esse dia de folga para arrumar minha casa por completo. Vou varrer, passar o pano. Tirar a poira de cima dos móveis. Realmente vou fazer tudo.

20:00 PM

...: Oi!- Ouço uma voz feminina.

Eu: Quem está aí?- Escuto uma risadinha.- Onde você está?

...: Estou aqui...- Me viro e encontro uma garota a minha frente, o problema é que dá para ver as coisas através de seu corpo, e isso me assusta.- Buuuh!

Eu corro, e me enrolo com meu lençol.

Eu: O que seja lá você... Vá embora agora!- Grito ainda coberto.

...: Você pensa que vai se livrar de mim assim?- Do nada ela aparece do meu lado e com a cabeça dentro do meu lençol.

Eu saio correndo e deixo tudo para trás. Acho que preciso esfriar minha cabeça. Vou para casa do Yoongi, vou conta-lo o que está acontecendo. Eu não estou ficando louco!

Vou até a casa do meu vizinho e melhor amigo. Bato na porta e ele atende.

Yoongi: O que faz aqui a essa hora?- Pergunta abrindo a boca de sono.

Eu: Preciso conversar com você!- Vou entrando antes que ele fale algo.

Eu subo direto para o quarto dele, e espero meu amigo sentado em sua cama.

Yoongi: O que você quer comigo?- Pergunta com os braços cruzados.

Eu: Isso é jeito de falar com seu melhor amigo?- Eu afirma com a cabeça.- Você é um amor de pessoa!- Digo sarcástico.

Yoongi: É... Eu sei!- Sorri sem mostrar os dentes.- Agora me conte o que você quer comigo.

Eu: Ok!- Dou uma pause.- Tem uma garota na minha casa nova!

Yoongi: Mas isso é motivo de você vim reclamar?- Franzi o cenho.

Eu: O problema é que ela atravessa objetos...- Yoongi arregala os olhos, mas depois começa a rir.- Yoongi estou falando sério!

Yoongi: Se eu for lá e não ver essa tal garota... Você me compra aquele boneco que eu tanto quero?

Eu: Aquele caríssimo?- Yoongi afirma com a cabeça.- Está bom!

Nós dois saímos do quarto e dele e fomos até minha casa. Entro dentro da minha casa meio receioso, e Yoongi me empurra para dentro.

Eu: Você que estava aqui antes... Apareça!- Gritei e nada aconteceu.

Yoongi: Como imaginei!

Eu: Espera!- Seguro seu braço.- Ela deve estar em meu quarto.

Vou subindo a escada, e puxo o Yoongi pelo braço, entro em meu quarto, e como está calmo. Só não está mais calmo, pois o barulho do ventilador, que dexei ligado ao sair de casa para ir atrás de meu amigo.

Yoongi: Você está paranoico viu meu amigo...- Bate em meu ombro.- Está me devendo um boneco!

Yoongi sai do meu quarto, e eu começo a coçar a nuca. Será que isso é efeito do meu cansaço? Se for, é melhor eu ir descançar.

...: Ele já foi?- A garota aparece derrepente em minha frente, e eu dou um grito.- Por favor, não grite em minha casa!

Ao escutar ela falar isso, arregalo meus olhos.

Eu: Essa casa é minha!

...: Não é não!

Eu: É sim!- Altero minha voz.

...: NÃO...- Ela grita vindo em minha direção, e tenta me empurrar. Mas acaba atravessando meu corpo.

Eu: O que foi isso?- Pergunto pegando em meu corpo.- Que louco!

A garota está parada atrás de mim, olhando seu corpo, e ela parece mais confusa do que eu.

...: Não entendo.- Ela fala tristonha.- Por que estou assim?

Ela tenta sentar na cama, mas atravessa a mesma. E não vou negar... Estou com medo, mas nessa hora, me deu uma vontade de rir.

Eu: Quem é você?- Me aproximo dela.- E o que faz aqui?

...: Me chamo (s/n)...- Fica séria.- E sou a dona essa casa!

Eu: Sinto muito lhe informar... Mas comprei essa casa semana passada!

A moça parece entrar em estado de choque, fica andando de um lado para outro em meu quarto.

(S/n): Não acredito no que está dizendo!- Segura seu queixo.

Vou até meu guarda-roupa e pego os documentos em minha gaveta.

Eu: Aqui!- Mostro os papéis.

Ela ler com atenção... Com certeza não acredita em mim.

(S/n): Isso não prova nada!- Diz com raiva.

Eu: Na lei sim!- Digo convencido.- Olha... Não por quê você está aqui... Ou o por quê você diz que essa casa é sua!- Coço minha cabeça.- Mas quando eu voltar, não quero que você esteja aqui!

Não deixo ela falar mais nada, e saio do meu quarto, saindo logo da minha casa. Vou para um bar mais próximo e começo a beber. Talvez amanhã isso já tenha passado. Isso só pode ser coisa da minha cabeça.

50 minutos depois

Entro e olho cada cómodo da casa, e não vejo sinal da tal garota.

Eu: Finalmente paz!- Digo aliviado.

(S/n): Ainda não se livrou de mim!- Ela diz com um sorriso no rosto, e me assusto.

Eu: Ainda está aqui mulher!?- Me sento na cama.

(S/n): Já disse que não vou sair da minha casa!- Cruza os braços.

Eu: Se você não vai sair... Eu também não vou!

Já que não tem como me livrar dela... É o jeito eu dormir hoje com ela me pertubando. Amanhã eu procuro alguma ajuda.

(S/n): Moço...- Não vou a mínima.- Vai me deixar falando sozinha?- Me viro e tento dormir.

Eu: Já que você não dorme... Eu durmo.- Dou uma pause.- Boa noite!

Para o amor não existem fronteiras. Cada pessoa sente a dor de um jeito, a dor é passageira, assim como a tristeza. O amor é eterno, ele pode ser sempre recorrente quando a dor insistir em bater. Pensar na pessoa amada pode ser o maior conforto que existe. É muito bom lembrar que ela está do seu lado, ou melhor, dentro do seu coração, e que te acompanhará para todos os lugares.


Notas Finais


Gostaram? Espero que sim... Se sim, gostaria de saber a opinião de vocês... Pois me ajuda bastante!

Annyeong!👋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...