História Além da visão - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Dor, Drama, Poderes, Revelaçoes, Romance, Sociedade, Tragedia
Visualizações 9
Palavras 1.014
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Escolar, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olá! Demorou? Sim
Sorry ;) mas tem gnt que demora mais ¬.¬



Enfim! Espero que gostem! ;)

Hades (novo) e Hadassah na capa

Capítulo 10 - Segredos congêneres


Fanfic / Fanfiction Além da visão - Capítulo 10 - Segredos congêneres

  Continuamos a andar e chegamos à pracinha em frente ao colégio. Ele me encarava intensamente, e eu retribuía o olhar. Nossos rostos estavam a poucos centímetros um do outro, eu conseguia ouvir sua respiração e sentir seu hálito de menta. Ele segurou minha cintura e eu coloquei minhas mãos ao redor de sua nuca, eu conseguia ouvir seu coração acelerado em sincronia com o meu. Fitei seus lábios e fomos nos aproximando devagar. Nossos lábios se tocaram e finalmente o beijo aconteceu.

XXX

    Acordei tarde, afinal não havia aula. Lisa quis atravessar a tela do celular para me abraçar e dar um ataque fangirl. A reação de Vic foi praticamente a mesma, a diferença era que ele podia me abraçar à vontade. Minha nova “amiga” Rachel não se mostrou surpresa, disse que era do feitio de Josh agir como um cavalheiro. Melinda, simplesmente me deu parabéns e saiu correndo, alegando que tinha um trabalho para terminar. A coitada deveria estar estressada, eu também estava, pois eu consegui o feito de ser transferida bem na semana de provas! Minha sorte era que, como eu não havia aprendido muito sobre o mundo Altiorem na escola para Minus, pude me livraram das provas desse bimestre, todavia, eu estava ferrada.

   Fui ao banheiro e me olhei no espelho, restos de maquiagem estavam presentes na minha face. Não me importei, afinal tinha muito que pensar desde aquele beijo ontem. Lembro-me detalhadamente do nosso beijo:

   "Depois de alguns meros segundos, o beijo foi ficando mais quente. Nossas, línguas dançavam uma valsa excitante. Seus lábios separaram-se dos meus. Nossos olhares estavam conectados:

   ­­— B-bom, e-eu ...é... — Merda! Por que eu tinha que estar tão corada e nervosa depois de um simples beijo?

   — Hey, não fique nervosa. — disse calmamente, nem precisava ter o poder dele para ver meu estado — Finalmente saímos juntos, por mais que nos conhecemos há apenas uma semana. Quero aproveitar este momento especial

     E assim conversamos mais um pouco e fui para meu aposento."

     "Será que estamos apressando as coisas?" estava me perguntando naquele momento. E como se não bastasse, Hadassah apareceu – já estava virando rotina ter uma conversa com aquela psicopata- eu estava começando (devagarzinho) a gostar dela, MESMO DEPOIS DAQUELA CHACINA QUE ELA CHAMOU DE DIVERSÃO:

   — Olá, Ísis. Saia dos seus devaneios, aquele garoto não possui dignidade para usufruir de teu corpo — eu já ia retrucar, mas ela me interrompeu — De qualquer forma, necessito de te dizer algo: Vá falar com o Órion, tu sempre procrastinas!

   — Eu já sei! Já sei! Por que quer tanto assim que eu diga?

   — Porque ele é o seu par destinado.

   — Lá vem! Enfim, o tempo acabou não é? Só pode falar comigo por pouco tempo, sai daqui assassina!

    — Assassina que te salvaste!

    — Sai daqui "guardiã" — falei com deboche.

    O diálogo em minha mente cessou e eu mandei uma mensagem para o Órion:

     “Olá, Fuinha!”

     “Fuinha? Sério?”

    “Sim! Vc é a minha Fuinha Gótica Trevosa!”

     “Eu mereço... De onde tirou isso? '-' ”

    “Fuinhas são fofas, igual à vc <3 ”

     “ATA! Pensei que estava saindo com o Josh”

    “E estou! Mas vc é um dos meus únicos amigos nessa bagaça! Talvez seja meu BFF (na escola)... Enfim, me encontra no parque?”

    “To indo, loba solitária!”

    “Ke?”

     “Vc que começou... ”

    Passaram alguns minutos e eu fui me arrumar, mais para uma caminhada, e dessa vez não para um encontro. Admito que o Órion tem um corpo maravilhoso, um sorriso encantador, uma voz sexy, talvez até mais que meu companheiro da noite passada... Foco! Você está saindo com Josh garota! Um garoto lindo, elegante, legal, mas nem chega aos pés do Óri-... Vá se foder Ísis!

  Caminhei por meia hora e me deparei com aqueles olhos castanhos avermelhados e cabelos chocolate:

  — Demorou, hein lobinha. Já 'tava indo embora.

  — Cale a boca, fuinha!

    Nos sentamos em um banco e ele começou a perguntar:

  — Como foi o encontro com Walters?

  Passamos a conversar a partir daquela pergunta. Percebi que ele não gostava muito de Josh, porém não ousei perguntar o motivo.

  — Veja bem... Eu te chamei por que preciso contar uma coisa.

  — Eu também.

  — Você primeiro. – falamos em uníssono.

  — Damas primeiro . — disse Órion.

   — Ok. Enfim, eu não sei o porquê, mas desde que eu te vi queria te contar isso! É como se eu tivesse sido confiança à primeira vista! Tudo começou em um jantar, minha família estava reunida quando, de repente, bandidos armados invadiram nossa casa. Eles mataram meus pais e eu me transformei em outra pessoa, na Hadassah para ser exata. — eu contava tudo muito apressadamente. — Hadassah é, aparentemente, minha guardiã: aparece em momentos de perigo para me salvar, como se tivesse duas pessoas dentro de mim. Ela tomou controle do meu corpo e matou aqueles bandidos friamente. Então eu descobri que sou metade Altiorem. Hadassah nunca havia falado comigo e, após o acontecimento, uma conversa entre nós virou rotina. Fui encaminhada para cá por ser metade Altiorem. Loucura, não? Se não acreditar em mim tudo b-

  Fui interrompida por um abraço caloroso do moreno:

  — Eu acredito. Acredito em tudo que você passou, deve ter sido difícil, né? Eu sinto muito...  — Ele se afastou do abraço e me encarou, seus olhos estavam marejados, assim como os meus — Eu... Eu também tenho um guardião, também sou um Altius Divinus!

  Sinto minha visão se afastar e dar forma há uma tela onde a cena passava, Hadassah tomou meu controle novamente! Pensei que era só em momentos de perigo! Na tela eu vi os cabelos castanhos de Órion ficarem brancos como a neve e seus olhos avermelhados ficarem com um tom de vermelho vibrante, deve ser seu Guardião!

  — Hades! Non possunt simul manere! Cum eam tragoediam...

  — Tandem, Hadassah!

  "Ei, Hadassah, fala minha língua! ''

   "Claro, perdão!"

  — Hades, fale português, te peço.

  — Claro Hadassah.

  — Eu ainda não expliquei nada à minha, seu nome é Ísis. Quero conversar com ela na tua presença. Afinal, a destruição precisa se entender com a criação.

   Depois daquelas palavras, não disse mais nada. Ela queria contar algo a mim e eu ouviria atentamente, procurando resposta em relação à minha vida.


Notas Finais


Gostaram?? Espero que sim!
Essa menina ta gostando de outro? Isso mesmo?
Comassim a Fuinha tem um guardião? Isso ta estranho!!!


Obg, aguardem por mais! Os mistérios serão esclarecidos! Não se preocupem!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...