História I know what you did last summer (1° temporada) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Exibições 19
Palavras 721
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Esporte, Famí­lia, Festa, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Estão gostando?

Capítulo 2 - Conhecendo Iasmim Bittencourt


Fanfic / Fanfiction I know what you did last summer (1° temporada) - Capítulo 2 - Conhecendo Iasmim Bittencourt

6:30 AM

Ótimo não é mesmo? Tomar café no carro, porque sua mãe está atrasada para o trabalho. Eu nem me vesti direito, só deu para arrumar o cabelo. E sabe onde estávamos nesse exato momento? Na garagem isso mesmo, minha mãe estava procurando as chaves enquanto eu comia uma tigela de cereal. 

Iasmim - ela grita

O que? - falo eu com a boca cheia

Cadê as chaves minha filha? - Ela acha que se eu soubesse onde estavam essas chaves eu já teria ido. 

Não sei mãe! - Nossa ela é muito atrapalhada, acho que eu tive a quem puxar. Hoje era o primeiro dia para minha mãe também, ela da aula de português para o ensino fundamental de uma escola aí. Eu olho pro relógio e falo. - Vamo embora maaae!! - Ela tenta ser pontual mas nunca consegue.

Pronto achei! - Ela para e olha pra mim- Ai meu Deus, meu bebê ta entrando no ensino médio, que orgulho da mamãe.

Mãe ta bom! Ok! Vamos? - E ela resolveu sair. Então, meu nome é Iasmim Bittencourt, tenho 15 anos. Amo os cachos do meu cabelo, mas de vez enquando do umas alisadas nele,  as vezes abusa ser a mesma pessoa. - Comer no carro é muito ruim, treme tudo. - falo eu tentando colocar uma colher de cereal na boca

Você parece que tem problema Iasmim, quem já se viu comer cereal no carro, porque não pegou uma fruta? É mais saudável, e você ta precisando... - com uma mãe dessas ninguém precisa mais de inimigos

Obrigada mesmo dona Regina por dizer que eu estou gorda. - Minha mãe é meia doidinha, mas ela é um amorzinho de pessoa.

Vão te deixar entrar com essa roupa? - hoje ela ta afiada- 

O que tem de errado com a minha roupa mãe? - eu pergunto jogando a tigela de cereal lá atrás.

Nada, mas não acha que está muito extravagante? - Isso porque ela não viu a Ysabela.

Mãe, dirija seu carro depois a gente conversa. - Apesar da minha mãe falar demais, ela é um amorzinho de pessoa. Mas confesso que não vejo nada de errado em um short, blusa, e rasteira. Sendo que isso é praticamente um uniforme... Mas vai saber ne.

Chegamos filhinha, mamãe te ama viu? - minha mãe ta muito brega hoje- 

Ta bom mãe, também te amo! - Urfa ainda bem, pensei que ela ia descer, entrei na escola, e fui atrás da sala, aliás da minha sala antiga, e tinha muitos novatos, uns muuuito lindinhos, tinha novatas, tinha novatinhos no colégio inteiro. Esse ano vai ser o ano dos anos. Com os boys, se o  victor me largar ne. Quem é Victor? Um ficante sério. Entrei na sala e nem tinha prestado atenção, olhei para o fundo e vi a Flora, uma amiga que eu não via a anos. Fui falar óbvio! 

Não acredito! - fala a Flora 

Flora? Você por aqui? - digo eu 

Iasmiiim, quanto tempo- ela fala a gente se abraça e depois se soltou.

Você sumiu, nunca mais lhe vi depois daquele dia na sorveteria, agora ta estudando aqui. - eu digon

Pois é, eu sumi pra tudo ne, depois daquela paradinha que aconteceu. - Nossa é verdade tinha me esquecido disso.

Sim, eu devo imaginar! Já deu de cara com elas? - eita que eu gosto de treta

Não, não nem vou atrás, eu to de boas, deixa eu na minha, não quero confusão no primeiro dia de aula. - ela ta certa

Mas olha, não se preocupa, eu to aqui, e você pode contar comigo para tudo. - Sendo solidária Iasmim? Uau, olhei pra porta e chamei ela para ir também. - Vamos pra porta?

Ok! - Levantamos e fomos lá pra fora, onde tinha uma amiga dela de outra sala Alicia parece. 

Alicia essa é Flora, Flora essa é Alicia - Eu sou uma ótima pessoa. 

Oie - elas dão as mãos.

Vocês acreditam que minha mãe disseram que essa roupa está extravagante? - ainda estava puta com essa história. 

Não tá ótimo, olha só pra mim, eu to um lixo, horrorosa com esse boné... - ela fala, mano nada haver, a flora é muito linda.

Nossa mano, nada haver, você é bem bonita, e muito estilosa, aposto que você é aquelas tumblrzinhas, que postam várias fotos combinando... - fala alicia para flora.

Enquanto a gente conversava a dona da porra toda chegou...




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...