História Além do Limite - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Holland Roden, Jeremy Bieber, Justin Bieber
Tags Holland Roden, Justin Bieber, Romance
Exibições 33
Palavras 480
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


▪ Olá!
▪ Essa não é a primeira fanfic que escrevo, eu já venho com essa ideia desde o ano passado e resolvi compartilhar com vocês só esse ano.
▪ Sim, ela é “Criminal”.
▪ Sem plágios, não preciso avisar que é crime porque vocês sabem, se eu ver, irei denunciar sem dó. Todos temos capacidade para qualquer coisa.
▪ Lembrando, não estou fazendo apologia ao crime ou a qualquer coisa do tipo.
▪ Vocês já devem estar cansadas por sempre ter esse tema, eu sei, eu leio também e entendo completamente vocês, porém me deem uma chance, ela será um pouco diferente do que vocês já viram.
▪ Não tenho um cronometro certo, mas irei postar dois capítulos por semana, ou até três!
▪ Trilha Sonora da fanfic disponível no Spotify.
▪ A fanfic não será movida á comentários, porém se gostou ou não deixe a sua opinião, que vou fazer o possível para melhorar! E claro que comentários estimulam mesmo o autor.
▪ A capa é temporária, é só até o meu melhor amigo terminar de fazer a que eu havia pedido (Obrigada Wilk)
▪ O link do trailer está na nota final.
▪ Se quiserem ler o Prefácio com música, recomendo FallingForFalling do The 1975.
▪ Boa leitura!

Capítulo 1 - Prefácio


“Obrigado. Por fazer eu me sentir um idiota perante á você.”

 

Certas decisões nos levam á um rumo diferente, na qual nos faz tornarmos em pessoas totalmente o oposto de quem somos. Pode se dizer que vivemos em um mundo diferente dos outros, e eu estaria mentindo se negasse que não gostava desse mundo. Á adrenalina que ele me traz é a melhor sensação de todas, eu posso ser aquele que não sou, mas tenho que ser aquele que devo ser!

Meu avô foi um dos maiores mafiosos de todos os tempos, meu pai me dizia que tudo começou com uma vingança que foi crescendo, não sei ao certo se ela foi concluída. Os anos foram se passando e meu avô faleceu, por pneumonia, bizarro eu sei. Deixando seu império para meu pai que até então está tomando as rédias.

 Por gerações e gerações, em cada canto de um país surgia uma posse de território, guerras eram travadas á todo momento, tudo por ambição ao poder! Ser aquele que é almejado por todos. Não se importavam se havia mortes, para eles, o mais gratificante de tudo que poderiam ter era ver o sangue escorrer pelas próprias mãos.

  Nessa vida era preciso ser sangue frio.

  Mas ai, como um simples passe de mágica, para foder com tudo - literalmente – ela me apareceu, talvez para ferrar com a minha vida, ou talvez, com meus sentidos. Posso até dizer que fiquei estático por sua beleza, não era algo que eu via todos os dias, ela tinha uma exuberância, algo diferente que me prendia á ela. E por mais irritante que ela seja, ela era uma das poucas pessoas que eu admirava, sua determinação por tal coisa me fascinava.

  Minha vida era tão pacata que quando ela chegou foi como se tudo se distorcesse se tornando em algo completamente louco e insano! Posso ser o cara mais cabeça dura da face da terra confesso, mas nunca admitiria que aquela garota, me levava ao céu e ao inferno ao mesmo tempo! Ela me tirava dos eixos assim como me tirava do serio.

  Ela era a minha insanidade.

  Sua facilidade em me irritar era impressionante.

   O incrível era que ela não me irritava em si, e sim por seus atos, suas atitudes e modo de como ela parecia tão avoada para alguns assuntos, cada pequena coisa que ela fazia me deixava totalmente sem fôlego e sem palavras e isso me irritava. Ela era irritante de uma maneira absurdamente linda.

  Ela é uma filha da puta que fez meu mundo girar e meu coração parar, aquela que me fazia o sangue subir á cabeça e querer acertar um tiro em sua testa, mas era aquela que quando eu precisava estava ali, me enchendo a porra do saco, de fato!

  Mas diabos!

  Ela é a garota mais incrível que eu já havia conhecido...

  E a mais irritante também.


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...