História Alfa e Ômega- Vkook - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Fantasia, Lobos, Nanjin, Romance, Vkook, Yoonmin
Visualizações 666
Palavras 1.073
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Lemon, Luta, Magia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oiiii gente, então pelos comentários eu vou continuar com as novas e vou apagar as antigas.
Obrigada a todos pelos comentários e obrigada pelos favoritos <3
Mais um capítulo espero que gostem e qualquer problema comentem.
Boa leitura :)

Capítulo 4 - Três


O barulho de passos foi se aproximando, e quanto mais chegava perto o meu medo aumentava, não tinha como eu fugir nas condições que me encontrava não ia muito longe.

Se fosse para morrer não adianta fugir.

- Um ômega nas minhas terras. – olhei para cima e um homem alto com um cabelo roxo estava me olhando com o rosto em branco, não mostrava emoção.

Meu coração e minha respiração estavam acelerados.

- A batida do seu coração está muito alto. – ele continuo falando enquanto se aproximava lentamente. – Pelos seus machucados você está fugindo, se continuar assim não vai muito longe.

- P-Por f-fa-favor m-me ma-mata logo. – se fosse para morrer melhor que fosse logo, não quero ser torturado novamente.

- Você é só um jovem com medo, que está levando uma vida difícil. – ele se abaixou na minha frente e me encarou. – Eu vou te ajudar.

O olhei assustado.

- O que? – ele não vai me matar?

- Pela sua expressão você encontrou muitos lobos ruins. – ele deu um sorriso de lado e colocou o braço em volta de mim, ajudando-me a levantar. – Nem todos os lobos são ruins meu garoto.

Seguimos entre as árvores, eu estava quase perdendo as forças, não conseguia mais caminhar.

“O que foi isso?”

Senti como se fosse uma barreira atravessando-me, que estranho. Quando eu ia virar o rosto para ver escuto a voz do alfa.

- Chegamos.

Olho para frente e vejo algo inacreditável, é uma cidade escondida entre a floresta. Como isso é possível? Não ouvi falar sobre isso.

Fomos seguindo em direção à cidade e várias pessoas caminhavam livremente, sentia o cheiro de lobos vindo delas, apesar de que tinha outras pessoas com outros cheiros, nunca cheirei nada igual.

Alguns nos olhavam curiosamente.

“Parece que não é todos os dias que um alfa carrega outra pessoa totalmente machucada.”

Continuamos andando e vejo crianças brincando, jovens se divertindo tranquilamente. Isso não tinha no meu bando.

A cidade era linda, casas de vários tamanhos e formas, possuía comércios pequenos de vários tipos. No final dessa “cidade” possuía uma casa enorme, senti vários cheiros vindos dela, mas um parecia se destacar, era doce mais não enjoativo.

Chegamos em frente da casa e o alfa abriu, entramos e era linda, tinha um sentimento de família.

- Bem vindo Namjoonie. – um homem lindo com um sorriso no rosto vinha em nossa direção, mas quando me viu parou e me olhou assustado. – O que aconteceu Namjoon?

- Depois te explico. – o alfa, quero dizer Namjoon parece ser o nome, respondeu.

O homem se aproximou de mim e ficou vendo meus machucados.

- Meu Deus. – ele sussurrou.

- Onde estão os outros? – Namjoon perguntou.

- Estão lá em cima. - o cara respondeu e Namjoon olhou em direção das escadas. Então o barulho de passos foram ouvidos.

- Ei você está de volta. – três homens apareceram descendo as escadas. – O que aconteceu?

Senti minhas pernas bambas, o cheiro se intensificou olhei para cima e vi uns deles me olhando com uma expressão de assustado e preocupação.

- Ei você está bem? – foi a última coisa que escutei antes de minha visão escurecer completamente.

 

 

Não sei quanto tempo passei desacordado, mas quando abrir os olhos vi um teto branco, olhei ao redor e as paredes eram pretas, vi três portas, uma obviamente é a porta de saída, as outras duas devem ser o banheiro e a outra um closet. Na minha frente possuía uma televisão enorme de plasma, do meu lado esquerdo encontrei outra porta que devia da para alguma varanda, tinha um sofá branco no canto. Nos lados da cama possuía criados mudos de cores pretas.

“Parece que preto é uma cor bem amada.”

O interessante é que no criado mudo da minha direita possuía um boneco do homem de ferro, que estranho.

- Ei você acordou. – o cara bonito de antes estava parado em frente da porta me olhando sorrindo.

- Quanto tempo passei dormindo. – perguntei o encarando.

- Cinco horas. – o olhei assustado. – Até que foi pouco considerando os seus machucados bem profundos.

Ele sentou na cama do meu lado.

Olhei para os meus machucados que estava a mostra e estava melhor do que antes.

- Usamos alguns remédios para tratar melhor, seu lobo deve estar cansado também e machucado.

- Obrigado. – respondi sorrindo. Ele deu outro sorriso.

- Nem me apresentei. Eu Kim Seokjin. Prazer. – ele falou.

- Sou Kim Taehyung. Prazer. – respondi.

- Nome bonito. – ele falou alisando meu cabelo. – Você deve estar com fome, vou pegar algo para você comer. Já volto.

Nem deu tempo de falar nada, ele levantou rápido e saiu. Não queria incomodar, já atrapalhei demais.

Eu queria saber também de quem era esse quarto.

Senti o cheiro novamente, o meu lobo se animou rapidamente. Para um lobo que estava machucado até que reagiu rápido.

- Você está bem? – olhei para o garoto parado na entrada do quarto. Eu não tinha palavras para descrever sua beleza.

Ele possuía um cabelo quase preto, tinha um rosto inocente, mas pelo olhar que me dava de inocente não tinha nada. Ele estava sério, é como se não possuísse emoção, deu até medo. Além de tudo ele possuía uma aura de poder, era um alfa com certeza, sua aura mostrava o poder e a dominância. Encolhi e abaixei meu rosto pela sua dominância.

- Sabe não precisa abaixar o rosto Taehyung. – olhei para cima e ele ainda tinha um rosto sério, mas um sorriso de canto se fazia presente.

Espera. Como ele sabia meu nome?

- Como você sabe meu nome? – falei baixo, se ele não fosse um lobo acho que não escutaria.

- Escutei sua conversa com o Jin. – ele disse se aproximando e sentando do meu lado. – Então você está se sentindo melhor?

- Sim, obrigado por ajudar. – falei tentando me sentar melhor na cama.

- Deixa eu te ajudar. – chegou perto de mim e colocou o travesseiro nas minhas costas, seu rosto estava próximo do meu e senti seu cheiro muito mais, ele me olhou e seus olhos estavam dilatados e apresentavam luxuria.

Minha respiração ficou mais acelerada.

A porta foi aberta e entrou Seokjin com uma bandeja e os garotos de antes. Então um deles de cabelo escuro, que pelo seu cheiro não era um lobo mais também não era humano, era alguma outra coisa, deu um sorriso que deixou seus olhos menores e falou:

- E Jungkook encontrou seu companheiro.

O QUÊ?


Notas Finais


E então gostaram da nova forma? Como perceberam fiz outra mudança. Além do Yoongi outro dos meninos não vai ser um lobo (vocês já perceberam quem né? Dei a dica pelo sorriso.)
Obrigada de novo.
Kisses :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...