História Alfa possessivo-Jung Hoseok - Capítulo 30


Escrita por: ~

Postado
Categorias 2NE1, Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO, Got7, HyunA, I.O.I
Personagens Baekhyun, BamBam, Chanyeol, Chen, Choi Yoo-jung, Cl, D.O, HyunA, Jackson, JB, Jennie, Jeon So-mi, J-hope, Jimin, Jin, Jinyoung, Jisoo, Jung Chae-yeon, Jungkook, Kai, Kang Mi-na, Kim Chung-ha, Kim Do-yeon, Kim Se-jeong, Kim So-hye, Lay, Lim Na-young, Lisa, Lu Han, Mark, Minji, Park Bom, Personagens Originais, Rap Monster, Rosé, Sehun, Suga, Suho, V, Xiumin, Youngjae, Yugyeom, Zhou Jieqiong
Tags Abo, Alfa, J-hope, Jikook, Jinyoung, Namjin, Ômega, Sejeong, Você
Visualizações 273
Palavras 835
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção Científica, Fluffy, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Musical (Songfic), Poesias, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Me desculpem se esse capítulo estiver uma bosta,pq eu realmente não sei como começar esse capítulo

Boa leitura

Capítulo 30 - Capítulo-XXX


Fanfic / Fanfiction Alfa possessivo-Jung Hoseok - Capítulo 30 - Capítulo-XXX

—  Jeon  —  me pronuncio depois de vários minutos de silêncio  aquela sala.  —  como ela está?  —  pergunto e o mais velho suspira e se encosta no sofá.

—  está... esta com uma perna quebrada,a cabeça enfaichada e está em coma  —  diz e eu sinto meu peito doer mais.  —  o médico disse que daqui a uma ou duas semanas ela talvez acorde,mas pode demorar meses também.  —  diz.Aquilo foi como um tiro em meu peito.  — não se culpe,foi a tal Doyeon que te beijou,certo? —  pergunta e eu assinto com a cabeça lentamente.  —  então não se preocupe,se você não é culpado não se culpe.  —  diz.  —  bom eu ja vou indo.Quando se sentir a vontade para ir falar com meus pais não pense duas vezes e vá  —  diz e sorri saindo da minha casa.  —  tchau.  —  ascenou para mim e entao saiu.

(...)

3 dias depois...

—  Senhor Kim  —  Digo assim que vejo o mais velho vir em minha direção.O homem me agarrou pela golá da blusa me erguendo um pouco.

—  COMO TEVE CORAGEM DE FAZER TAL COISA COM MINHA FILHA?!  —  gritou,algumas pessoas nos olhavam.

—  Appa solta ele!Deixa ele se explicar  —  diz Jungkook segurando nos fortes braços do pai.

—  Explicar o que Jungkook?  —  o homem abaixou o tom mas sua voz aind estava alta.O mais velho me soltou e eu caí no chão mas logo me levantei.  —  já está bem na cara o que ele fez com (s/n).  —  diz bravo.Acho que se der mole com ele todos apanham.

—  amor se acalma,realmente não sabemos o lado dele da história  —  diz Jongdae abraçando a cintura do marido.  —  você sabe como (s/n) é sensível  —  diz.  —  ela pode ter visto tudo de uma forma errada.  —  diz e solta o marido o ajudando a se sentar na cadeira.

—  deixa ele se acalmar  —  diz Jungkook.  —  quer ir ver (s/n)?  —  pergunta e eu assinto.  —  vamos.

Andamos um pouco e entao Jungkook parou em frente a uma porta.A abriu e eu tive a perfeita visão de (s/n).

—  entra.  —  diz.  —  qualquer coisa estou aqui fora  —  diz E fecha a porta.

—  oi amor.  —  puxo uma cadeira a colocando ao lado da maca e me sento pegando em sua mão vendo que toda a pele de seu braço ficou arrepiada.  —  me desculpe pelo que você viu naquele dia,e se você estiver me ouvindo,quero que saiba que foi ela quem me beijou,você me conhece bem,e sabe que eu demoro para para processar coisas que acontecem de surpresa,então,quando eu vi você chorando eu não consegui ir atrás de você,eu estava completamente travado.A culpa por voce estar aqui é minha,por eu não ter ido atrás de você,mas saiba que eu te amo de mais para te trair,e se eu te traísse eu não conseguiria conviver com o peso nas minhas costas  —  Digo.Sinto sua pálida mão apertar a minha.Sorrio.  —  você está me ouvindo?  —  pergunto sem tirar o sorriso do rosto.  —  agora irei enfrentar a fera do seu pai,espero te ver no céu  —  Digo.Vejo um sorrisinho em seus lábios,me aproximo e tiro a franja de sua testa depositando um selar na região.Coloco a cadeira no lugar e saio do quarto indo em direção a onde os Kim estavam junto de Jungkook,Sejeong e Yoongi.

—  pode começar  —  diz Minseok.

—  bom...

(...)

Depois de conta e toda a história para ele com a ajuda de Jungkook,Sejeong se desculpou pelo soco e Minseok por quase me matar asfixiado.

—  mas isso não explica o por que de você ter ido embora naquele dia  —  diz Jongdae.

—  ah meio que... como eu irei dizer isso ao senhor?  —  pergunto mais para mim do que para ele.

—  diz de uma vez  —  fala Minseok.

—  bom,eu meio que perdi o controle e a "ataquei",o cheiro dela estava bem mais forte do que o normal,o calor de seu corpo estava mais alto e me chamava  —  Digo.  —  eu não me controlei e a "ataquei" durante o "ataque" eu não consegui ouvir o que ela dizia,mas depois ela me empurrou,acho que ela estava com medo de mim... ja que... me mandou ir embora  —  Digo.

—  eu te entendo  —  diz Minseok rindo.  —  mas se machucar minha filha,você morre.

—  Ok  —  Digo rindo.  —  quando ela irá acord... 

—  parentes de Jeon (S/n)?  —  Um homem alto entra.

—  aqui  —  Minseok levanta sua destra.

—  (s/n) acordou antes do que pensamos,so não lembra de algumas coisas,mas fora isso tudo bem  —   diz o Home ja na nossa frente  —  ela é bem forte para uma ômega,ela teve sorte pois ela foi jogada a um certa distância que eu duvido que algum ômega sobreviveria  —  diz sorrindo o que me fez sorrir orgulhoso.

—  podemos ve-la?  —  pergunta Jungkook.

—  devem,ela está perguntando o que aconteceu para ela estar aqui  —  diz saindo dali e nós o seguimos.  —  Por favor,para não piorarem o estado delas não façam muitas perguntas.

—  Ok  —  todos nós dissemos em uníssono.

.


.


.



Notas Finais


Huehuehueheuehuehuehueheueh
Vou acabar aqui pq sou uma ótima autora <3(mindira)
Até semana que vem minhas bbs💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...