História Algemas do Amor.(Imagine incesto Sehun) - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Chanyeol, Sehun, Xiumin
Tags Exo, Incesto, Kpop, Sehun
Visualizações 52
Palavras 1.005
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura
><

Capítulo 19 - Gravida?


Fanfic / Fanfiction Algemas do Amor.(Imagine incesto Sehun) - Capítulo 19 - Gravida?

Sehun On


Cheguei em casa de cinco horas da madrugada. Deixo as comidas em cima da mesa da cozinha eu vou para meu quarto ver a minha flor. Quando abro a porta me deparo com uma S/N se desmanchando em lágrimas.

_Querida? O que houve?-Pergunto me aproximando. Ela nota a minha presença e trata de tirar suas lágrimas

_Não foi nada querido,foi só um ataque emocional. Vem,eu vou preparar uma água morna para você...

_S/N! Você nunca chora por besteira! O que houve?-Pergunto já um pouco estressado. Ela continua a chorar quando olha para a foto de Elizabeth,haha,aconteceu algo com ela.

_O que tem a Beth?-Pergunto e ela arregalou os olhos. _Vou no quarto dela.

_Não, Não, não maxuque minha filha!-Falou e eu mudei minha expressão para uma duvidosa.

Eu apenas ignorei S/N e fui ao quarto de Elizabeth. Ela não estava,aonde essa garota se meteu?

_Aonde ela foi?-Pergunto ah minha mulher que não parava de chorar. Não obtendo resposta, peguei em seu queixo e o ergui. _Anda S/N! Aonde ela está?-Já fazia tempo que eu não me irritava assim,mas,essa droga de pressão.

_E-la, está c-com,Jon-g...-Não deixei ela termina e já sabia com quem Elizabeth estava.

Essa menina me paga,e aquele fazendeiro também.

Desço as escadas e vou ao meu escritório pegar minha chibata. Vou para a fazenda e já até sabia aonde estavam,no seleiro óbvio.

Fico de frente e logo vejo os dois saírem. Sem pensar duas vezes dou um tapa em Elizabeth,fazendo seu rosto virar. Jonghyun me olha com medo,ele sabe que se me batesse ele ia morrer né.

_VOCÊ! SAI DA CASA, PARA FAZER OS GOSTO DESSE FAZENDEIRO,EM ELIZABETH?-Falei puxando os cabelos dela. Rapidamente tirei meu cinto e rasguei o seu vestido e dei-lhe 5 tapas na bunda, até ficar vermelho. _ISSO É PARA VOCÊ APRENDER. TRANSOU COM ESSE VERME, VOCÊ,UMA MOÇA DE FAMÍLIA NOBRE.-A menor não parava de chorar,mas ela mereceu. O maior estava parado e já sabia o que vinha a esperar. Minho,S/N, Seohyun e os outros empregados estavam olhando a cena. Pego no cabelo de Jonghyun e no de Elizabeth os levando até o poste de madeira.

_NÃO,POR FAVOR,EU IMPLORO, NÃO AH MAXUQUE DESTE JEITO MEU SENHOR,EU IMPLORO,ELA É SÓ UMA CRIANÇA, NÃO VAI AGUENTAR,POR FAVOR, EU A AMO.-Falou e eu o encarei e depois vi a minha filha,ela nem se quer conseguia se mexer. A coloquei no chão e o levei até o poste.

O prendir e coloquei sua calça para baixo.

_Isso é para você aprender a nunca mais tocar em minha filha,e por ter tirado a inocência dela.-Falei e bati nele com a chibata. Na primeira já estava um pouco vermelho,ele que aguente mais 10 tapas.

Elizabeth On

Eu já não gostava muito dele,agora eu o odeio. Eu dedesto quando ele faz isso,rasga meu vestido e bate em minha bunda até ficar vermelha,eu até já estou acostumada,mas desta vez,foi tão forte que até fiquei mais fraca.

Jogada no gramado da fazenda, lá estava eu, minha mãe não poderia fazer nada,por quê os capatazes do "meu pai" não iam deixar ela descer. Eu queria gritar e pedi para ele parar,mas eu não tinha força para isso.

_P-P-PAI!-Gritei e ele parou e olhou para mim. _PARA COM ISSO,POR FAVOR!-Supliquei e ele soltou a chibata coberta de sangue. Ele solta Jonghyun e fala algo para ele antes.

Me levanto com muita dificuldade. Ele se aproxima de mim e tenta me levantar,mas eu rejeitei sua ajuda.

_Fica lonje de mim,Sehun!.-Falei espantada e ele arregalou os olhos.

_Filha...-Tenta tocar em mim._VOCÊ TEM QUE ME RESPEITAR! EU SOU SEU..

_Chega Sehun! Deixa a minha filha!-Grita mamãe e ele para. A única que pode amolecer o coração dele é minha mãe.

Quando Sehun saiu da fazenda. Eu sair em desparada para perto de Jonghyun. O coitado levanta sua cabeça e eu coloco as mãos em suas bochechas.

_Amor, você está bem?-Pergunto e ele me encarou.

_É me-melhor, v-você sair D....

_Não se esforce, vem eu vou...

_SAI!-Gritou. Ele gritou tão alto que os pássaros até voaram. Eu tinha entendido,ele não está se sentindo bem, é melhor eu da um tempo a ele.

Sair dali ainda com poucas roupas e me tranquei no quarto,deixando o travisseiro molhado de tantas lágrimas.

_EU TE ODEIO OH SEHUN!-Gritei. Marejada de ódio e frustação.

(...)

Depois de meia hora chorando feito uma Louca, decidir que não ia ficar bancando a coitadinha. Eu fui tomar um banho e acabar com essas dores corporais.


Autora on

A situação estava preta na fazenda dos Oh. Elizabeth pode ter tido uma noite de prazer com seu amado,mas no outro dia,as coisas não saíram a desejar. Sehun descobriu que sua enteada tinha perdido a virgindade com alguém, digamos, inferior a eles. Jonghyun era um bom fazendeiro,isto é um fato,mas a sua família, não tinha os mesmos status como o da família Oh, então,para Sehun,ele não passa de um empregado.

Sehun o proibiu de chegar perto de Jonghyun,e se ele chegar perto dela,os dois irião sofre concequencias. Sehun não é mal, é só por quê,ele ama sua enteada,e tem medo,de que aconteça algo de ruim com ela,como uma, gravidez.

S/N estava desapontada com o Marido,apesar de que ela não pode colocar suas mãos, Sehun era a autoridade nesta casa,e ela sabia que se fosse se meter em assuntos como este,quem iria sofrer era ela. A mais velha não era contra o namoro de sua filha e do fazendeiro,mas ela tinha medo,de como a sociedade iria encarar isto,e ainda mais a família dos Kims,que o herdeiro deles seria o futuro esposo de Elizabeth,Kim Samuel.


No outro dia. O clima estava pesado na fazenda,e principalmente na mesa para o café,ninguém dirigia uma palavra a ninguém,ainda mais ao senhor oh,que não estava com uma cara nada boa.

Beth estava sentindo muito cansaço e desejo.

_Omma! Tem melancia?-Pergunta a mais nova e sua irmã faz menção de vomitar.

_Para quer queres melancia?-Pergunta meio assustada e Sehun a encara com um olhar sério.

_Estou com muita vontade de comer.-Falou e todos (que são adultos) olharam para a mais nova. Sehun, já sabendo o que era saiu da mesa e foi para a fazenda. _O que ele tem.-Pergunta Beth e Yoora e sua Avó olham para ela com um olhar de decepção.

_Filha, você está grávida.-Falou S/N e a menina arregala os olhos

Gravida?


Continua....



Notas Finais


Espero que tenham gostado
❤✌


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...