História Algo Novo - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 2
Palavras 732
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Apenas Mais Um Sonho


-Ninguém é digno o suficiente para merecer meu amor de verdade. -Anthony falava se gabando enquanto balançava seu copo de puro whisky.
-Ninguém, é ? -O questionei com um olhar desafiador. -Você tem certeza disso, Anthony ?
-Talvez Ethan e Victoria… -E como sempre, Anthony fez uma pausa dramática.
-Talvez ? -Suspirei e larguei o riso. -Anthony, eles são os seus filhos ! 
-Sim, eu sei que são. -Anthony falava com um tom risonho. -Mas, uma hora eles irão crescer, casar, formar uma nova família e me esquecer.
-Anthony, pelo amor de Deus ! -Falava tentando segurar a risada. -Pare de fazer drama, homem ! -Quando terminei de falar comecei a rir, Anthony ria junto à mim neste momento. Quando parou se levantou do sofá azul em que estava, deixou seu copo quase vazio na mesinha de vidro em que se encontrava ao seu lado e andou até minha direção. Tirou o copo em que eu estava segurando em minha mão, a beijou e olhou para mim.
-Por que você não volta logo ? Estamos sentindo sua falta, Lauren. -Agora Anthony falava com um tom de voz sério, mesmo falando tão baixo. Me encarava de um jeito que fez com que me sentisse mal por ter deixado-os por certo tempo. Apenas abaixei o rosto e sussurrei: -Também estou sentindo a falta de vocês.

E então ouvi o barulho uma porta batendo com força contra a parede, despertei e percebi que tudo foi mais um sonho, cujo os significados eu sabia muito bem qual era: culpa e saudades. Percebi que havia adormecido na sala. Escutei novamente o barulho da porta batendo, me levantei do sofá e caminhei descalça em direção da cozinha. Chegando lá descobri o porquê do barulho da porta, era Samantha, que acabara de chegar bêbada de uma festa e tentava fechar a porta, e pelo visto mal conseguia. Quando caminhei em sua direção, Samantha finalmente percebeu minha presença, ela realmente estava bêbada.
-Oi, Lauren. Você está aí. -Samantha falava surpresa, devagar e toda atrapalhada. 
-Oi, Samantha. Deixe-me te ajudar. -Samantha fez um gesto positivo com a cabeça e então caminhei até a porta e a fechei.
-Pronto. Agora vamos subir, você precisa de tomar um banho e ir dormir. -Tirei a chave da porta e a coloquei em cima do balcão da cozinha. Abracei Samantha pela cintura e a ajudei a ir até o banheiro que se encontrava entre nossos quartos no andar de cima. Subindo as escadas Samantha me perguntou se havia me acordado, respondi que sim, mas que não foi nada demais.
-Desculpe-me Lauren, não queria ter te acordado. -Samantha pedia desculpas novamente enquanto entrávamos no banheiro.
-Já falei que está tudo bem, Samantha. Não precisa se desculpar. Agora tire sua roupa, vá para debaixo do chuveiro que eu vou pegar uma toalha para você. 
Enquanto eu entrava em direção ao quarto de Samatha atrás de sua toalha, a ouvi chorar. Voltei para o banheiro.
-Samantha ? Está tudo bem ? -Samantha estava sentada no chão debaixo do chuveiro ligado, semi nua, apenas com sua lingerie, com os braços apoiados em suas pernas e com a cabeça baixa. -O que houve, Samantha ? -Me aproximei de Samantha e desliguei o chuveiro. Samantha olhou para mim.
-Diga-me, Lauren, eu sou uma péssima pessoa, não sou ?!
-Não, não. Você não é uma pessima pessoa, você é maravilhosa, Samantha. Não diga uma besteira dessas. -Samantha soluçava.
-Não, eu sou sim ! -Me abaixei a altura do rosto de Samantha e o segurei.
-Olhe para mim. -Samantha se recusava a me olhar. -Samantha, olhe para mim. -Desta vez aumentei o tom de voz e então Samantha finalmente me olhou. -Você é uma pessoa maravilhosa sim e nem ouse negar esse fato, pois sabemos que ele é verdadeiro. 

Samantha apenas abaixou a cabeça e voltou a chorar, a abracei instintivamente. Desconfiava do motivo que a deixou desse jeito, mas percebi que o melhor a fazer naquele momento era cuidar de minha amiga. Levantei a morena e liguei novamente o chuveiro, a ajudei a banhar-se e, embora eu estivesse toda molhada, fui atrás da toalha novamente e dessa vez consegui acha-lá. 

 

Depois de ajudar Samantha a se vestir e esperar que a mesma dormisse, fui em direção a cozinha em busca de um leite quente que me ajudasse a dormir, precisava descansar bem. Amanhã será um grande dia e eu preciso estar inteira. 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...