História Alguém Simplesmente Nerd - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Lucy Heartfilia, Nashi Dragneel
Tags Dama, Fairy Tail, Revelaçãoes, Romance
Visualizações 19
Palavras 1.139
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Escolar, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Minha primeira Fic, Estou meio nervosa, Mas espero que gostem .

Capítulo 1 - Uma Garota de "Megane"


Fanfic / Fanfiction Alguém Simplesmente Nerd - Capítulo 1 - Uma Garota de "Megane"

É sempre assim, não sei se eu fico triste ou brava, não é fácil quando isso acontece na escola. Eles me chutam, me empurram, me dizem coisas horríveis, deve ser por isso que não consigo me relacionar com ninguém, mas não tem problema eu não preciso deles, as pessoas são todas falsas, se aproximam de você só quando você possui algo que as interessem, bem pelo menos é assim que eu penso.
               Olá, meu nome é Lucy Heartfilia, tenho 16 anos, cabelo loiro com um comprimento próximo à cintura, olhos castanho meio claro, e um corpo curvilíneo. Estudo no colégio Fairy Tail Hingh School, na cidade de Mágnolia, em Fiore.

   Meus pais são Jude Heartfilia e Layla Heartfilia, papai é dono de uma empresa de exportações e minha mãe é dona de uma floricultura, por isso a nossa casa que é exageradamente grande possui um jardim imenso e no seu interior possui vários jarros de flores, alguns artificiais e outros de verdade. Na minha opinião combina com a personalidade dela , pois ela é muito doce e gentil, já meu pai é um pouco mais sério mas não deixa de ser um ótimo pai, apesar de tudo somos unidos.
              Eu não me dou bem com a escola, por que sou considerada a “ Nerd “, eu finjo não ligar mas, as vezes sozinha no meu quarto eu penso nessas coisas e fico meio triste, mas me recomponho e lembro que não posso ficar triste por  causa de pessoas assim.
              Arrumo a minha mochila e me organizo com a sequência das aulas, coloco o uniforme no guarda-roupas, pego a toalha vou para o banheiro e faço minha higienes, tomo um bom banho e após me vestir vou dormir, amanhã o dia é cheio.

                                                  ~/~/~
 

Acordo com o despertador marcando 6:00 horas da manhã, ando em direção ao banheiro, faço minha higienes matinais tomo um banho e visto meu lindo uniforme que não me valoriza em nada, mas é assim que eu prefiro, não quero ninguém me dando mas atenção do que já tenho, prendo meu cabelo em um coque alto e ponho meus óculos apesar de não precisar muito mas eu acho mais agradável usar óculos durante minhas leituras.
              Quando termino de me arrumar vou em direção ao corredor, desço as escadas e chego na sala de jantar onde minha família toma café seu tranquilamente. Ao notarem minha presença minha mãe fala:
   - Bom dia Lucy!
   - Bom dia querida – Diz meu pai sem desviar o olhar de seu jornal.
   - Bom dia ! – Digo me sentando a mesa.
              Ficamos alguns minutos em silêncio, até minha mãe começar a falar das flores dela, realmente é interessante saber sobre como uma florista consegue saber que tipo de flor o cliente está procurando antes dele dizer. Mas ao dar uma breve olha na tela do meu celular, tomo um susto já eram 07:00 AM tenho que estar na escola daqui a 30 minutos, dou tchau para os meu pais vou até a porta antes de girara maçaneta eu penso (é agora, fica calma e vamos lá. ) e saio. Bem nós temos um carro mas eu prefiro ir de pé e pegar o mêtro.
                                                
                                                  ~/~/~
                                  
                Após alguns minutos chego na escola, dou passo ligeiros em direção a minha sala sem olhar para ninguém, até que sinto alguém segurar o meu braço.
   - Ora, ora se não é a Heartfilia- Diz Zeref Dragneel, na companhia de seus adorados seguidores.
   - P-por Favor, me solta está me machucando!- Gaguejeie,sem muita certeza do que dizer. Mas ele me solta.
   - Mano, de toda a escola você é a menina mais sem graça é muito díficil não te zoar. – Diz  Sting e Rogue cai na gargalhada.
              Aproveitando esse momento de distração eu tentei sair de fininho bem devagar, mas sem querer esbarro em alguém e era o irmão de Zeref, Natsu Dragneel, apesar de ele não mexer comigo ele tem um olhar muito sombrio, e sem qualquer tipo de emoção, é difícil saber no que ele está pensando.
   - D-desculpe! – Falei Baixo. Mas ele não disse nada.
   - Ei !, como ousa sair assim sua NERD!! – Diz Zeref vindo até mim.
   - Se divertindo sem nós Zeref ?- Disse uma voz.
   - Pobre Lucy, tirou o dia para ser feia ?- Era a Lissana Strauss e suas adoradas seguidoras.
   - Isso aí Lis!! – Disse Yukino animada.
   - É realmente ela é muito ridícula mesmo!! – Comenta Minerva com um ar superior.
               Eu sei o que vocês estão pensando( por que ela não fala nada),vão por mim é melhor não cutucar onça com vara curta. Eles continuaram me insultando até o sinal tocar.
   - Droga!! Temos que ir não posso me atrasar para a aula do professor Laxus, já são dois atrasos no terceiro ele vai me dar uma advertência- Disse Sting passando a mão no cabelo.
   - Tá tá, vamos !!
   - Mas antes! – exclamou Lissana. Ela abre minha bolsa e joga tudo no chão- Opis !, caiu – Da uma risada e sai.
               Eu me abaixo para pegar minhas coisas. O último a sair é Natsu, durante tudo aquilo ele não pronunciou uma única palavra, ele passa por mim e segue até a sala sem nem olhar para trás. Ele não conversa com muita gente os únicos com quem ele conversa é com o Gray e a Erza e quando fala com seu irmão são sempre conversas breves,apesar de ser extremamente popular entre as meninas ele não liga, e também nunca vi ele sorrir. Sei disso por que estudo na mesma sala que ele. Termino de arrumar minha coisas e vou para sala, o resto do meu dia foi calmo, não vi mais aquelas pessoas, pois tentei evita-los e eles também estavam ocupas com suas vidinhas de populares.
               Ao soar do último sinal, arrumo as minha coisas para ir embora, ando com a cabeça baixa para não correr o risco de ser abordada antes de sair da escola. Mas derrepente esbarro em alguém com muita força, pois estava apressada, com o impacto eu cai, meu coque se desfaz e meus óculos vão ao chão, olho para cima e percebo que esbarrei de novo no Natsu Dragneel.
   - D-desculpe! Eu não estava vendo por onde andava.- Falo um pouco corada.
   -......- Ele não diz nada, mas estava com os olhos arregalados, como se algo o tivesse surpreendido. Ele se vira e sai.
             Foi só aí que percebi que estava senta no chão com o cabelo solto e sem meus óculos. Me arrumo desesperadamente e vou para casa, ele foi a primeira pessoa da escola a me ver desse jeito, e sua reação foi surpreendente. Chego em casa tomo um banho e vou dormir, o dia foi muito cansativo, peço para Virgo arrumar minhas coisas no meu lugar me arrumo e vou dormir. Amanhã vai ser um dia longo.             
 


Notas Finais


Espero que tenham gostado,até o próximo Cap. Beijos de pupurina !!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...