História Algumas Frases - Capítulo 73


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 11
Palavras 317
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Drabble, Drama (Tragédia), Droubble, Escolar, Famí­lia, Poesias, Romance e Novela, Violência
Avisos: Drogas, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 73 - Monstros dentro de mim


Quando você cresce você entende porque que Peter Pan não queria crescer. Crescer dói, pois parece que tudo se dificulta cada vez mais, que as coisas vão se tornando mais impossíveis a cada dia. Quando somos pequenos temos medo dos monstros de dentro do armário, e vamos correndo para os braços de nossos pais para encontrar aconchego.

Mas, quando crescemos percebemos que os verdadeiros monstros são as pessoas, e principalmente nós mesmos, pois somos montros que se destroem sem motivos, somos monstros que julgam lágrimas e se agradam com sorrisos falsos. As pessoas sempre te perguntam se você está bem em uma pergunta de cotidiano, mas a verdade é que você sabe que elas pouco se importam para como você está, mas diz que está bem e sorri, tentando esconder e segurar as lágrimas que derramou noite passada.

Existem monstros que nos fazem bem, porém estes são raros, se aparecer um desse em sua vida o segure e jamais o deixe ir embora. Mas, também existem os mais famosos monstros, aqueles que fazem mal, e todos nós temos esses monstros dentro de nós, criaturas que nos atormentam, que nos fazem chorar e nos sentir a pessoa mais horrorosa do planeta. Algumas pessoas escondem esses monstros dentro de sí e dizem a elas mesmas que essas criaturas não existem, eu era esse tipo de pessoa, até descobrir que tenho monstros dentro de mim que existem e que gostam do meu mal.

Esses monstros me atacam quase todas as noites, fazem lágrimas cair, e por causa deles hoje me tornei um tipo de pessoa que esconde os monstros de todos ao seu redor, mas não os esconde dela mesma, pois sabe que irá machucar tanto quanto dá primeira vez, quando tranquei-os em selás das quais perdi a chave, mas eles se soltaram e começaram a se revelar, hoje eles já não me deixam em paz...

 

Ass: Garota de segredos.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...