História Alice em um novo lugar - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Uma Fanfic Qualquer
Exibições 15
Palavras 602
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Escolar, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Linguagem Imprópria, Mutilação
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Heyoo peoples!!
Tudo bem com vocês? Sim? Que bom! Não? Me conta o motivo que eu quero ajudar.
Vim trazer esse capítulo que fala um pouco sobre eles. Espero que gostem. Desculpem os erros e boa leitura.

Capítulo 10 - Sobre eles


Eu estava caindo. Gritava e chorava mas ninguém podia me ouvir. Uma voz atrás de mim falava "Ninguém vai te salvar, Alice. Você vai cair assim como eu". Mãos frias envolvem meu corpo e eu sou puxada para dentro da escuridão. "Você perdeu".

  Acordo desesperada, com falta de ar, chorando.Aquela voz... "Você vai cair assim como eu".

Eu preciso de ajuda.

             ~~**~~

 - Mãe - digo baixo entrando na cozinha.

 - O que aconteceu com você minha filha? - perguntou em meio à um abraço.

 - Eu não sei. Mas preciso de ajuda.

  - Ajuda?

 - Sim. Preciso voltar para casa.

  - Mas você sabe, nem eu nem seu pai podemos levar você. E com certeza você não vai sozinha.

  - O que eu faço então?

  - Sua médica disse que você não pode andar sozinha nem até a escola. Você pode esperar até o fim de semana?

 - Não posso. Mãe, eu não consigo - começo a chorar.

 - Calma filha. Já sei. Que tal você ir com o Bruno? Eu converso com os pais dele hoje, e se ele puder, vocês vão amanhã.

  - Obrigada, mãe.

               ~~**~~

 - Tem certeza que vai ficar bem? - sua preocupação era visível.

 - Acho que vou. Por algum motivo eu sinto que posso confiar nele.

 - Obrigado.

 - Você gosta de me assustar não é, Bruno.

- Parabéns - aplaudiu - finalmente aprendeu meu nome.

- Parem vocês dois. - interveio minha mãe - Alice, você pegou tudo? Não pode esquecer aquela bolsa.

- Calma mãe. Eu peguei tudo, não se preocupa.

- Cuida bem da minha filha, ta bom? Vou deixar ela totalmente sob sua responsabilidade. Não deixe que nada aconteça com ela.

- Pode deixar. Vou cuidar dela como se fosse minha irmã.

  Entramos então no ônibus e sentamos lado a lado nos últimos bancos. Eu me sentia aflita e ansiosa, e não conseguia me acalmar. Bruno estava em silêncio, o que era ainda mais inquietante.

Mas graças aos deuses ele pareceu perceber meu estado e começou a puxar assunto.

- Então. Qual sua história?

- Eu não tenho muita história e metade dela você já sabe.

 - Conta a outra metade então.

 - Nah. Pergunta outra coisa - com aquele papo, eu ia me distraindo.

- Que tipo de música você gosta?

- Rock, pop, eletronica, j-rock, k-pop e até bandinha.

- Bandinha?

- Esquece. E tu?

- Gosto de várias, mas prefiro rap. Sério, o que é bandinha?

- Ta bom. Eu te mostro depois. Mais perguntas?

 - Assiste animes?

 - Sim. Assiste yaoi?

 - Não sei o que é isso. Lê HQs?

  - Droga! Sim. Lê fanfics?

  - Já li umas. Sei que vai soar meio gay, mas, qual seu OTP?

  - Deuses, Wico Solangelo. E sim, isso soou muito gay, mas eu gostei. E o seu?

  - Seviliam. Deuses? Curte herois do olimpo?

  - Óbvio. Sou filha de Hades e tu?

 - Filho de Apolo. Livro favorito?

 - As vantagens de ser invisível. Série favorita?

  - Friends. Sabe desenhar?

 - Sei fazer bonequinhos de palito. Essa é idiota. Qual seu signo?

 - Foi bem idiota. Virgem, e você?

- Peixes. Qual seu lugar favorito?

  - Esse eu não vou falar, vou mostrar quando voltar-mos. E o seu?

  - Te mostro quando a gente chegar. Gosta de cavalos?

  - São seres incríveis, assim como os gatos.

  E esse papo foi indo, indo, indo e levando junto todas as minhas preocupações, minhas angústias, meus medos.     Por algum motivo isso sempre acontecia. Ele falava sobre coisas aleatórias e eu esquecia de tudo.

Durante o caminho dividimos o fone e adormecemos. Nada podia estragar esse momento calmaria.

Pelo menos era isso que eu pensava. 


Notas Finais


É isso. Gostaram? Se sim, comentem. Se não, comentem o que poderia melhorar.
Até semana que vem o/


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...