História Alive - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Alive, Colegial, Drama, Harry Styles, One Direction, Romance, Teenfiction, Zayn Malik
Visualizações 6
Palavras 707
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


AVISO: as aulas de pintura era apenas uma aula extracurricular que estava tem na escola, a Laura acabou desistindo por causa dos problemas familiares e porque não queria ter que pintar o Harry.

Capítulo 10 - Storm is coming


 A semana de provas havia chegado ao fim.
 A felicidade dos alunos era notória e o alívio era contagiante. Laura, no entanto, não estava em um clima tão bom. Mas Laura nunca estava em climas bons.
 Seu irmão havia chegado a uma semana atrás e com ele veio duas bagagens: uma com roupas e a outra estava até a boca de problemas. Jonatham Welsh era encrenca em pessoa e isso preocupava Laura e a tia Clair.
"Jonatham, mas que merda você tá fazendo? Tá louco? Se a tia Clair te pega usando isso aqui dentro, ela te mata!"
 A morena tentou arrancar o pacote de cocaína do irmão porém o mesmo, sendo muito maior e mais forte, puxou de volta e empurrou a garota para longe que, assustada pela reação dele, acabou se desequilibrando e batendo seu quadril na mesinha. Ela bufou e saiu do quarto dele em passos largos.
 Jonatham havia puxado a família de seu pai. TInha exatos 1,90, cabelos castanhos e grandes que chegavam até seu ombro, a metade era enrolada em um coque, suas roupas eram sempre números a mais para que ficassem folgadas em seu corpo, ele não era forte ou magro, apenas tinha um porte físico normal, seus olhos eram azuis como se tivesse ganhado uma herança do pai, mas a desconfiança e maldade que preenchia aquele olhar era grande. Na adolescência, ele havia usado aparelho e acostumou-se a não sorrir, na época, Jonatham sentia muita vergonha e pouco a pouco seu sorriso foi parando de ser mostrado e nas poucas vezes que sorria, cobria a boca. Ele era maldade não só em personalidade como na expressão, aquilo dava medo até mesmo em Laura.
"Então, nós pegamos essa daqui e adicionamos só uma go... Laura? Laura?" Niall sacudiu levemente o ombro da amiga.
"Eu estou ouvindo, Niall!" Ela murmurou, abrindo os olhos e esforçando-se a ficar concentrada no que ele lhe falava.
 Por causa da chegada repentina do irmão, todos os dias havia brigas em sua casa. Tia Clair discutia com o garoto para que ele deixasse de ser vagabundo; Jhonatham rebatia em uma frase irônica e calma como se tirasse sarro da cara da tia, o que a irritava mais ainda. A briga só parava quando o garoto ia para o quarto, mas então ele começava a fumar e a fumaça parecia entrar no quarto de Laura e a impedia de dormir pela falta de ar puro, aquilo a fazia abrir a janela todas as noites.
"Tem certeza que está tudo bem?" Louis perguntou, enquanto trocava olhares com Mary e Niall.
"É, amiga, você tá tão distante da gente nos últimos dias.." Mary comentou, divindo seu bolhinho com Niall.
"Eu já disse que estou bem." Ela murmurou, querendo por um fim naquela conversa.
 Eles resolveram deixar pra lá, conheciam a amiga que tinham e sabiam que não adiantaria nada insistir. O sinal tocou e antes que Laura pudesse se levantar, Louis tocou seu ombro gentilmente lhe falando que poderia contar com ele para o que precisasse. Ela sorriu e agradeceu ao amigo, saindo logo em seguida. Após aquele período, a Welsh teria que dividir mesa com Harry na aula.
"Oi, Laura." Harry sorriu mostrando suas lindas covinhas para a morena, que deu lugar para ele e voltou sua atenção na aula.
"Oi, Styles."
 Nenhum dos dois puxou conversa, a professora explicava alguma coisa sobre a filosofia da vida e tudo que inseria o ser humano na sociedade, ou algo do gênero, Harry não estava prestando atenção naquilo, seu foco era Laura. Sem chamar atenção, ele desceu sua mão e tocou a coxa dela. Laura, que mesmo usando calça jeans, sentiu a mão quente do menino e colocou a sua em cima como se fosse tirar a dele de lá. Mas por algum motivo, ela não fez nada disso, ao contrário, apertou a mão de Styles.
 Harry não saberia dizer porque não tentou subir sua mão, mas tinha uma sensação de que não deveria ir rápido com ela, Laura era diferente e ele queria que realmente fosse "outra coisa" com ela. Não que ele fosse muito experiente. Não. Harry havia ficado com algumas meninas aqui e ali, namorou por dois meses com uma garota no sétimo ano mas nunca passou disso.
 


Notas Finais


Tá esquentando ein bicho.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...