História Alive - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Alive, Colegial, Drama, Harry Styles, One Direction, Romance, Teenfiction, Zayn Malik
Visualizações 5
Palavras 629
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 8 - Getting closer


Quando eu tomei consciência de que ele realmente havia perguntando aquilo, o copo em minha mão acabou caindo. Minha mão começou a soar e tenho quase certeza de que deveria estar pálida. Aquela pergunta poderia ter milhões de respostas mas eu sabia a resposta que ele queria, apenas não tinha certeza de que eu queria respondê-la.
"C-como assim?' Ele se aproximou de mim novamente, ignorando a bebida que estava pelo chão.
"Do que você tem medo, Laura Welsh?" Harry encostou seu corpo ao meu e colocou uma de suas mãos na porta do armário, aproximando, então, seu rosto do meu.
 Eu conseguia sentir sua respiração e por incrível que fosse, ele parecia estar com tudo sob controle como se nada daquilo estivesse deixando-o nervoso. Não havia saída.
"Eu não tenho medo de nada, Styles." Respondi, com uma coragem que não sabia de onde estava vindo.
 Tentei me mexer, mas falhei miseravelmente; minha tentativa apenas o fez apertar seu quadril com o meu.
"Tem certeza, Laura?" Aproximou seu rosto mais ainda do meu. Eu poderia dizer que estava sonhando se não tivesse a plena certeza de que estava acordada. "Nem mesmo sente medo quando eu me aproximo?"
 Nice, Styles.
"Por que eu sentiria medo? Você não é nada assustador, Styles, na verdade, você não tem nenhuma célula assustadora nesse seu corpo." Revirei os olhos, levando meu indicador e tocando seu peito.. E que peito.
"Não estou falando esse tipo de medo, Welsh, você sabe..." Harry desceu a mão e segurou minha cintura, fechei meus olhos, querendo apenas sentir o que viria a seguir.
 Senti uma leve mordida em meu pescoço e minha respiração começou a acelerar, Harry deu um beijo naquele mesmo lugar repetindo suas ações em toda a área exposta do meu pescoço, eu precisava de ar mas ao mesmo tempo não queria que ele parasse, estava em uma batalha interna entre a necessecidade de ter o seu toque e de respirar. Ouvimos algumas risadas no corredor e eu o afastei, Mary entrou acompanhada de um casal. Hmm, threesome? Ela veio em minha direção e apertou-me em seus braços.
"Eu achei que você não viria mais!" Dei algumas palmadinhas em suas costas.
"Tudo bem, Mary, já entendi que está feliz de me ver, pode me soltar agora..." Pelo canto do olho, vi Harry rir baixinho.
"Ok, ok..." Ela murmurou, ainda animada e se afastou.
 Mary não tardou a olhar para Harry e então para mim, dando uma piscadela como se soubesse o que estava acontecendo aqui antes dela e de seus amigos interromperem. O casal saiu e deixou apenas nós três na cozinha, confesso que meu medo aumentou junto com o nervosismo, Mary estava bebada e todos sabem que ela já é louca por natureza, com o efeito do álcool... Droga, não quero nem pensar.
"Então... Vocês estavam aqui só, tipo assim, conversando?" Ela começou lançando um olhar inocente.
"Sim. Laura estava me falando como está gostando da festa." Styles bebericou seu copo e olhou para mim, fazendo com que meu íntimo ardesse com aquele olhar penetrante.
"Jura?" Ela arqueou uma sobrancelha e me olhou suspeita, mas pareceu acreditar nele e apenas deu de ombros. Acho que Harry tinha a capacidade de convencer as pessoas. "Bem, me desculpa roubá-la de você, Harry, mas agora vou levá-la para a pista." Ela sorriu e balançou os ombros, como se dançasse com eles e me puxou para fora da cozinha.
 Antes de sair daquele lugar, lancei um olhar para Harry que ainda me encarava. Aqueles olhos verdes nunca deixariam de ser um enigma pra mim. Transmitiam tanta coisa, mas ao mesmo tempo, não transmitiam nada. Era como se ele não quisesse mostrar o que realmente sente e usasse uma máscara, talvez nós não fossemos tão diferentes um do outro quando eu imaginava.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...