História Alívio - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun
Tags Abo, Pwp
Visualizações 143
Palavras 785
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai
Avisos: Intersexualidade (G!P), Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


pros que não sabe o que é ''PWP'':

“ ''Porn Without Plot" Significa: "Pornô sem plot". Esse tipo de fic não tem muito enredo, dando prioridade ao sexo. (...) e muitas vezes essas fanfics também são TWT (Time? What Time?), sendo o foco a relação sexual e não um contexto lógico ou roteiro. ” [por wikipédia]

perdoa o mal/PÉSSIMO uso da vírgula e do ponto e vírgula (;).

espero que curta!

Capítulo 1 - Capítulo Único


Fanfic / Fanfiction Alívio - Capítulo 1 - Capítulo Único

Depois de um dia consativo de trabalho, finalmente chegou em casa. Baekhyun a recepcionou com um abraço caloroso; que pareceu relaxar mais seus músculos, a mais alta colocou seu rosto na curvatura do pescoço alheio e beijou a marca que selou suas almas, fazendo o de corpo mais delicado se arrepiar.

Caminhou até o sofá, que formava um L só que com duas pontas e fica em frente a uma enorme janela - que ocupa praticamente uma parede inteira; assim tendo uma maravilhosa visão da cidade, principalmente quando está anoitecendo e em dias meio chuvosos; que dão uma sensação mais gostosa. Exatamente hoje.

Byun se sentou quase na ponta do sofá; ficando de lado pra janela. Já a mulher, que estava de frente para a janela, colocou sua pasta no sofá, logo a abrindo e tirando um caderno grande e retangular.

— Como foi no trabalho? — Baek perguntou enquanto levava seu dedo indicador até a boca.

— Gráficos e mais gráficos — respondeu com uma voz mais grave, quase ignorando a pergunta. Passava as folhas do caderno com certa rudez, bufando pra quase todas as páginas que virava; mexeu seus ombros, demonstrando estar desconfortável devido ao estresse, tirou o sobretudo preto, com pequeninos detalhes dourados, e o jogou no estofado em sua frente, e Baekhyun pôde observar o corpo bem forte.

Byun sorriu ao ver o volume muito bem marcado na calça de sua Alfa; a puxou por uma das ''alcinhas'' da calça; fazendo sua cintura ficar bem na frente de seu rosto; levantou um pouco a blusa preta da mais nova e deu selinhos delicados um pouco abaixo de seu umbigo; olhou para cima e tudo que conseguiu ver foi as mãos - com uma ou duas veias saltadas - da Alfa segurando o caderno retangular; Byun puxou o caderno com força o jogando do seu lado no sofá.

— Amor... — a Alfa suspirou pesado ao olhar para baixo.

Baekhyun desceu os, agora, selares até o membro ainda coberto pela calça; beijou toda extenção que marcava a calça e a desceu lentamente, o que fez o membro saltar para fora e bater em sua bochecha; com água na boca, segurando o membro com vontade e sentindo sua deliciosa grossura, fechou os olhos e passou a língua lentamente por ele todo; abrindo os olhos e olhando pra cima quando chegou na glande; sem delongas, enfiou todo o comprimento em sua boca, fazendo a Alfa jogar a cabeça para trás suspirando. Byun fazia movimentos de vai e vem lentos, aos poucos aumentava a velocidade; vezes parava para ''mamar'' a glande enquanto mantinha seus olhinhos nos da Alfa. 

Quase chegando em seu ápice, a Alfa passou seus dedos pela franja alheia; pelos cabelos e, parando a mão no topo da cabeça do Ômega, agarrou seus fios e o ajudou nos movimentos.

A Alfa judiava da deliciosa boquinha quando pressionou todo seu membro dentro da mesma quando chegou no orgasmo. Baekhyun sentiu os jatos quentes em sua garganta, tirou quase o membro inteiro da boca, deixando só a glande, e a abriu, mostrando pra Alfa o líquido caindo em sua boca, pra logo depois o engolir. Ainda ofegante e quase rosnando, a Alfa largou os fios pretos e suspirou, relaxando os ombros - que pareciam bem mais leves agora. O Ômega lambeu e chupou a glande mais algumas vezes antes da Alfa o pegar pelo queixo, o levantar e selar fortemente seus lábios. 

A mulher segurava firmemente o rosto alheio; suas bocas em sincronia enquanto suas línguas se acariciavam de forma necessitada. Era um beijo firme, necessitado e apaixonado.

— Porquê parece que faz semanas que não nos beijamos assim? — Baekhyun - ignorando a pergunta - deu um risinho, selou e mordeu o lábio inferior de sua Alfa.

— Melhor? — Byun perguntou, a Alfa negou e devolveu a mordida no lábio, só que mais forte.

— De quatro. —  O Ômega sorriu e ficou de costas pra Alfa, tirou seu roupão; revelando seu corpo desnudo - que agora encostava no membro alheio -, e deliciosamente leitoso. 

A Alfa passou suas unhas até a barriga do Ômega, fazendo-o se arrepiar, e dali deslizou suas mãos até o pescoço do que já exalava um cheiro doce delicioso; deslizou seu nariz do ombro até o pescoço do mais velho; rosnou, e Baekhyun arfou. A mais alta acariciou as bochechas macias da bunda branquinha e convidativa para logo depois dar um tapa forme; Byun mordeu o lábio inferior com força e rosnou, não hesitando em se ajoelhar no sofá em sua frente e apoiar seu tronco no encosto do mesmo; se empinou, virou seu rosto para a Alfa e balançou sua cintura. 

A Alfa admirou por alguns segundos a cena maravilhosa em sua frente, e suspirou.

— Eu te amo tanto...


Notas Finais


o resto é com a sua imaginação... c:

ou não, caso você não tenha curtido :c

eu nunca escrevi um hot, nem história/fic antes (acho que dá pra perceber), eu só queria ter a experiência e ver se: como escritora, eu sou uma ótima dançarina, u know.

comenta ai se tu gostou, odiou, amou, deseja desver, perdeu seu tempo, tanto faz, tá tudo bem.

eu gostei, só acho que não consigo criar bem um clima e descrever lugares...

pros que não conhecem o mundo Alfa, Beta e Ômega (ABO) e/ou tão tipo ''wtf uma mulhé com pênesis'', seguinte:
eu não vou explicar, to nei ai.

até qualquer hora, dia, ou ano \0


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...