História All I Want - Camren - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony, Shawn Mendes
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais, Shawn Mendes
Tags Ally, Camila, Camren, Dinah, Lauren, Normani
Exibições 36
Palavras 2.027
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Me desculpem pela fic começar tão parada é que eu não quero apressar as coisas, quero nesses dois primeiros capítulos explicar a história e nos próximos começar a rolar algumas coisas. Espero que gostem.

Capítulo 2 - Camz da Lolo, Lolo da Camz


Lauren POVs
O sol tão incrível como a lua da noite passada bate no meu rosto fazendo com que eu me acordasse com dor nos olhos, ótimo, maravilhoso, eu tenho prova e ainda tenho que aturar uma porra de uma dor nos olhos por causa do sol, mas eu relevo porque amo o sol. 
Pego uma calça jeans e uma blusa curta preta, eu não gosto de usar roupas muito "cheguei" para ir a escola, prefiro algo mais natural, não sei explicar.
Desço a escada e vejo meus pais brigando como sempre, já me perguntaram porque eu não interfiro e eu respondo que já tentei, não adianta interferir, meu pai é um idiota e minha mãe trai ele então eu não vou defender um corno idiota nem uma mulher que trai o marido, nenhum tá certo nessa história e no final fica tudo de boa. Pego um copo térmico de café e saio para a escola, eu vejo Camila andando no mesmo caminho que eu mas resolvo não dar oi já que ela nem me viu. Essa noite foi impossível não pensar naquela garota com más intenções, que bunda gostosa, impossível não olhar. Percebo que a garota me olha e resolvo ir até ela.

CAMILA POVs
Merda, ela tá vindo na minha direção, eu não deveria ter ficado olhando para ela. A garota se aproxima.
- Oi Camila.- ela diz já ao meu lado.
- Lauren! Ansiosa para a prova? 
- Ansiosa não é a palavra certa, queria não fazer essa prova.- ela disse pegando sua garrafa de água e tomando alguns goles daquela água.
Já estávamos na porta da escola, entramos na sala e um grupo de garotas usando roupas cor de rosa não paravam de me encarar, eu ignorei, não queria arranjar briga no primeiro dia de aula. Lauren se sentou atrás de mim, seu irmão é mais novo por isso não está no mesmo ano que a gente, ele é lindão mas não sei se daria certo, eu ainda tenho que resolver as coisas com Shawn, eu não posso simplesmente o beijar e dizer adeus, ele é incrível, merece mais do que isso. 
O sinal para o intervalo toca e eu sigo Lauren mas antes que eu pudesse continuar as garotas da sala me puxaram.
- Oi florzinha, eu sou a Anastasia e essas são minhas amigas, você tá namorando com a Lauren? - uau que direta.
- Não... por que?
- Tem muita coisa nesse colégio que você não sabe garotinha, melhor não se envolver com aquela sapatão.- revirei os olhos, eu estou prestes a virar a mão na cara dessa garota quando sinto alguém tocar no meu ombro, é Lauren.
- Deixa ela em paz, por favor.- ela pediu à garota.
- Eu não estava fazendo nada Lauren.
- Ah não tava fazendo nada? E chamar de sapatão é não fazer nada? - falei.
- Calma Camila.- disse Lauren pegando meu braço.
- Calma não Lauren, eu não tolero homofobia, ela podia dizer isso de você em qualquer biboca mas ela disse na frente da maior defensora dos gays e eu não vou deixar isso passar.- aquela garota me deixou puta.
Aos poucos algumas pessoas desocupadas se juntaram ao redor de Anastasia, Lauren, eu e as amigas de Anastasia. Eu não queria fazer briga no meu primeiro dia de aula, não queria mesmo, mas eu estava sem escolha, esse tipo de coisa eu não deixo passar, eu odeio homofobia com todas as minhas forças e ela mexeu com alguém que - mesmo nos conhecendo a pouco tempo - importa pra mim.
Afastei as pessoas que estavam em nossa volta e andei até a secretaria, haviam algumas professoras sentadas em uma enorme mesa com muita comida, totalmente diferente do que eu imaginei, na minha antiga escola tinha um refeitório só para as professoras. 
- Eu quero falar sobre homofobia, alguém pode por favor resolver esse problema? - algumas professoras me olharam e voltaram a tomar o café, a diretora me chamou na sala dela e eu fui. 
- O que aconteceu? - ela perguntou atenciosa.
- A Anastasia usou palavras homofóbicas quando se referiu a minha amiga.- falei mais calma.
- Minha ex-namorada.- disse Lauren para a diretora.
Eu estou muito surpresa, sério que um dia ela amou isso? Essa garota mimada e homofóbica? 
A diretora anotou alguma coisa em um caderno e nos dispensou para a aula, ela viu o quanto eu estava nervosa e por isso me liberou para ir embora, mas não liberou Lauren que estava de boa com a situação. 
Eu esperei ela do lado de fora da escola, eu tinha tempo de sobra por isso resolvi fazer a lição de casa enquanto esperava. 
O sinal para a saída bateu, Lauren veio em minha direção e eu me levantei, em seguida Anastasia saiu pelo portão me "comendo" com os olhos.
- Como você conseguiu passar uma parte da sua vida amando aquilo? - perguntei andando junto a ela para a minha casa. 
- O amor é inexplicável, ela era tudo pra mim, eu realmente amava ela.
- E você não ama mais? Tem certeza? 
- Absoluta, ela me traiu com o ex dela. 
- Meu Deus, que teia. 
- Sim.- paramos ao lado da casa dela, havia um alpendre, nos sentamos lá.
- Então, tem planos para hoje de tarde?- perguntei pronta para convidar ela para sair.
- Não tenho, você quer ir ao cinema comigo? 
- Eu ia convidar você.- digo rindo.
- Isso é um sim? - ela perguntou me encarando com aqueles olhos verdes maravilhosos. 
- Sim.- sorrio. 
Minha mãe me chamou para o almoço e eu entrei para dentro de casa acenando para Lauren um pouco envergonhada. 
- Como foi seu primeiro dia de aula? - disse minha mãe me servindo lasanha.
- Ah, foi normal.- falei.
- Não aconteceu nada? - ela perguntou como se soubesse o que aconteceu. Eu me engasguei assustada com a pergunta.
- N-não mesmo.- afirmei gaguejando. Eu nunca gaguejo, qual é? 
- Que bom então. Quer mais lasanha? - ela praticamente estava me socando todo aquele prato de lasanha.
- Não, obrigada.- falei terminando minha lasanha.- estava uma delícia. 
Me levantei da mesa e fui até meu quarto me trocar. Eu tenho certeza que minha mãe já está sabendo da história mas eu tenho medo do que ela pode fazer se descobrir que foi pela Lauren. Terminei de me arrumar e desci as escadas, não encontrei minha mãe em casa, ela deve ter ido comprar alguma coisa. Andei até a casa de Lauren e toquei a campainha. A mãe de Lauren estava chorando e Lauren apenas com a mesma cara de sempre, parece que ela não se importa ou tenta não se importar com as coisas.
- O que aconteceu? - perguntei. 
- Meu pai foi embora, só isso, minha mãe está fazendo um fiasco por causa de um simples casamento fodido que uma hora iria acabar.
Minha mãe estava ao lado da mãe de Lauren, ela provavelmente passaria o dia ali com ela.
- Mas o cinema ainda está de pé, eu vou me trocar e a gente vai ok? - disse Lauren me puxando até seu quarto.
O quarto dela é do mesmo tamanho do meu, ela tem alguns posters do Ed Sheeran perto de sua cama.
- Uau, posters do Ed Sheeran? Não achei que fosse do tipo de garota que tem posters.- falei.
Ela riu.
- Eu também sou uma garota cheia de surpresas.- ela tirou sua blusa para se trocar.
- Você vai se trocar na minha frente? - eu estava claramente corada.
- O que eu tenho que você não tem? - eu estava olhando fixamente para o corpo dela, meu Deus que corpo maravilhoso.
- Nada...- eu abaixei a cabeça e olhei para o celular como se tivesse recebido uma mensagem, mas na verdade meu celular até descarregou.
Ela terminou de se arrumar e nós saímos do quarto dela. A mãe de Lauren já estava melhor, ela e minha mãe estavam preparando um bolo na cozinha da casa dela.
- Estamos indo para o cinema, queremos bolo quando voltarmos.- disse Lauren pegando uma chave no porta-chaves.
Nós esperamos um ônibus na parada, o irmão de Lauren tinha ido para a casa de um amigo, infelizmente eu não o vi e a Taylor estuda de tarde. 
O ônibus chegou e nós entramos, não estava muito cheio, haviam algumas pessoas sentadas mas
nenhuma de pé, eu e Lauren nos sentamos nos últimos bancos. 
Eu não estou acostumada a andar de ônibus por isso só segui o que a Lauren fez. O ônibus parou na frente do cinema e nós saímos. 
- O que você quer assistir? - disse Lauren me mostrando o catálogo de filmes que estavam em cartaz.
- Esse parece ser legal.- eu apontei para um filme de romance.
- Romance? - ela riu e clicou no filme, escolheu dois ingressos, uma pipoca com tempero de churrasco e dois refrigerantes de limão. 
Entramos na sala sem dar um pio, estavam passando os trailers, Lauren tirou uma foto comigo e desligou o celular.
- Tá gostando do filme? - Lauren sussurrou.
- Estou amando.- falei comendo pipoca. 
O filme acaba e eu saio de dentro da sala de cinema com Lauren, Lauren compra quatro chicletes e me dá dois, nós andamos algumas quadras e chegamos no McDonalds, Lauren e eu fomos no caixa e pedimos dois bigmc's e nos sentamos na mesa para esperar o lanche.
- O que achou do filme? - falei.
- Legal mas eu ainda acho que a garota deveria ter ficado com o garoto.- ela disse tomando um gole do refrigerante que havia comprado. 
- Quem não acha isso? Mas sei lá, eu gostei do filme assim, eles seriam ótimos melhores amigos.
- Realmente, você assiste alguma série? - ela perguntou.
- Muitas, Supergirl, Orange Is The New Black, Flash, Teen Wolf, Grey's Anatomy...
- VOCÊ ASSISTE SUPERGIRL MEU DEUS.- ela deu um pulo.
- Sim, você também?
- Fala sério, eu sou viciada nessa série, tem até um poster gigante enrolado do lado da minha cama.
- Quem é seu personagem favorito? 
- Kara, super clichê isso de o personagem favorito ser o protagonista mas é que ela é tão fofa. 
- Eu amo a Alex, ela é maravilhosa.
Os lanches aprontam e Lauren pega eles. Eu vou até o caixa e pago meu lanche e Lauren paga o dela.
- Eu amo McDonalds.- falo e em seguida dou uma mordida em meu sanduíche.
- Você tá...- Diz Lauren limpando minha boca com um guardanapo.
- Obrigada.- digo envergonhada, era visível o rubor em meu rosto.
Lauren olha para mim e morde o lábio, em seguida a morena dá uma mordida no sanduíche.
Ela fica tão sexy quando morde o lábio. 
Eu terminei meu sanduíche e em seguida Lauren também terminou, nós saímos da lancheria e fomos até a parada de ônibus para voltar para casa. 
- Olha só quem tá aqui.- disse uma voz fina e irritante, Anastasia.
Lauren ignorou a loira e eu fiz o mesmo.
- Não finja que não ouviu Lauren, sei que sente minha falta bebê.- ela falou num tom provocativo, essa garota com certeza ainda gosta da Lauren.
Lauren revirou os olhos.
- Anastasia, me deixa em paz por favor.- Lauren pediu e a loira se afastou da parada de ônibus.
- Ela não cansa de ser chata não? - reclamei.
- Aparentemente não.- disse Lauren indo ver se o ônibus estava chegando.- Isso vai demorar muito, quer pegar um táxi? 
- Por mim tudo bem.- falei e segui Lauren até o táxi.
Nós entramos no táxi e o taxista nos olhou aparentemente irritado.
- São irmãs? - ele perguntou sem tirar a expressão do rosto. 
- Que? Não.- falei ligeiramente. 
- Camila, eu vou te chamar de Camz.
- Lauren, eu vou te chamar de Lolo.
- Lolo é o nome de um bombom, tá me chamando de gostosa?
Nós ficamos rindo e conversando e depois de uns 3 minutos o táxi parou na frente da casa de Lauren. 
Eu fui para a minha casa e Lauren para a dela.


Notas Finais


Qualquer crítica construtiva é bem vinda.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...