História All I wanted was you - Capítulo 46


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Camren, Camreng!p, Hayley Williams, Jeremy Davis, Lucia Vives, Veronica Iglesias
Exibições 1.080
Palavras 1.094
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Incesto, Intersexualidade (G!P), Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 46 - Capítulo 46


Pov Camila.

- Ah, Camila. - Lauren estava ofegante com apenas um beijo eu não estava diferente. Ela desceu os beijos para meu pescoço, me encostando na mesa do meu escritório. - Quero você.

Ah... - Mordo meus lábios pela chupada que ela deu em meu ponto de pulso. - Aqui não não amor, alguém pode chegar... Lauren! - soltei um gemido um pouco alto por ela mete sua mão dentro do meu short. - Lolo... Agora não.

Lauren levou sua mão que antes estava em short, para o feicho do meu biquíni desabotoando e depois me deitar em cima da mesa.

- Vou te fazer minha Camz. - Ela sussurrou em meu ouvido e mordeu a cartilagem da mesma, me fazendo estremecer dos pés à cabeça.

- Eu já sou sua. - Ela distribuiu beijos por minha mandíbula até os meu lábios deixando em seguida uma mordida em meu queixo. Levou sua mão direita até minha barriga a acariciando enquanto a esquerda apertava minha coxa.

Seus beijos desceram para meu pescoço onde ela ficar por uns instantes mordendo e chupando, puxo seus cabelos levemente quando ela começou a massagear meu clitóris por cima do biquíni.

- Me chupa Lauren. - Ela me encarou por breves segundos nada que demorasse já ela tirava aqueles pedaços de panos do meu corpo.

Lauren passou a lamber meu clitóris calmamente, sua língua serpatenava com agilidade em meu clitóris rígido.

- Lo...humm. - Aperto firme a mesa, diante de tanta excitação arqueando minhas costas jogando a cabeça pra trás, enquanto Lauren me chupava. - Lo... eu vou gozar. - Já sentia todo meu corpo dando esparsmo, e as paredes internas do meu sexo se fechando pro nada.

- Ainda não. - Ela tira seu membro duro para fora, abrindo minhas fendas quentes de minha intimidade com seus dedos, à abrindo para logo em seguida me invadir com seu pênis.

- Ahh... Ohhh. - Gemia à cada estocada firme que Lauren me dava, mordo seu ombro direito para amenizar os gemidos altos. - Isso. Lo... ahh.

- Camz você é tão gostosa. - Sussura em meu ouvido mordendo o lóbulo da mesma em seguida, puxo seus cabelos rebolando em seu membro, que ia fundo em mim.

- Agora Lo... ahh. - Enterro meu rosto na curva do seu pescoço mordendo seu ponto de pulso, Lauren me ajeita na mesa e tira seu pau de dentro de mim, ela ela volta a chupar minhas fendas quentes me fazendo pular de tão, gostoso que aquilo foi. E voltando a me penetra mais fundo possível em minha boceta acertando meu ponto G. Já falava palavras desconexas.

- Goza amor... Vem pra mim. - E foi assim que eu fiz, assim que minha boceta se contraiu em seu membro, me fazendo estremecer toda.

Lauren continuava estocando enquanto suas mãos apertavam minha cintura cravando suas unhas em minha carne.

- Oh... Camz. - Ela gemia eu já sentia minha excitação voltando por suas invertidas que eram forte e fundas. À olho maliciosa mordendo meu lábio podia vê sua excitação em seu corpo, minhas respiração estava desregulada meu peito subia e descia descompaçadamente. Meu sexo começou a fica latejante, ela ainda escotava fazendo um barulho excitante de nossos sexo ecoa pela sala.

- Oh Lauren eu vou gozar... -  Me lançou um olhar repleto de desejo atacando minha boca.

- Hummmm. - Murmurou enquanto me pemetraca fundo. - Camila... - Estocou com vontade até chegarmos ao ápice fazendo-me sentir seu membro latejante. - Gostosa. - gargalhei pelo seu comentário.

- Branquela.

- Eu te amo tanto. - Ela beijava meus lábios carinhosamente e totalmente ofegante.

- Eu também meu amor.

(...)

Estava no meu quarto fazendo um relatório da empresa quando a porta do meu quarto foi aberta entrando o senhor Alejandro.

- Boa noite papa. - Falei assim que ele se Sentou ao meu lado na cama.

- Boa noite filha, já jantou? - Seu tom de voz foi pra preocupado, neguei com a cabeça. - Camila! Você tem que se alimentar minha filha.

- Eu já estava indo papa, ia só terminar esse relatório aqui e já ia descer. - Ele assente e olha para os papéis em minhas mãos.

- E esses papéis aí? São documentos?

- Diria que sim, houve uns problemas na empresa nada que eu possa resolver. - Ele assente novamente.

- E Lauren? - Pergunta e quanto eu volto a assinar os documentos.

- O que tem ela?

- Estranho não vê-la aqui, ultimamente vocês só vivem juntas. - Solto um risada nasal e ele me acompanha.

- Ela teve que passar na universidade. - Ele assente. - uma prova para o 5°período.

- E ela faz que curso na universidade?

- Engenharia por que? - Pergunto confusa e ele nega.

- Nada... Vou desce, não demora ou eu venho te busca pelas orelhas. - Ele diz rindo e eu tampo minha dorelhas tentando protegê-las.

Quando meu pai saiu do quarto logo sinto meu celular vibrando avisando que chegou uma mensagem, abri um sorriso maior que o rosto pensando ser minha Lolo, mais logo o mesmo desfez quando vejo que é da vero.

"Me faz um favor?"

Pov Lauren.

Tinha acabado de terminar minha prova, e tirando aquela preguiça do corpo que se apossou de mim assim que eu me espreguiçei. Abri um sorriso involuntário lembrando do acontecimento de hoje de manhã, bateu uma saudade dela agora, estou depedente dela quero ficar com ela, morar com ela, e ter filhos com ela.  Arrumo minhas coisas na mochila pra sair desse alvoroço que está tendo pela região da universidade. Saio da sala andando pelo correndor quando um corpo se choca com o meu.

- Desculpa eu não vi você. - Diz o homem e vejo que é o Harry o professor de sociologia. - Oh Lauren é você.

- Sim, desculpa tenho que ir, até Harry. - Digo passando por ele mais o mesmo me puxa. - Que foi?

- Podemos conversar? - Assenti e ele abre um grande sorriso. - Podemos ir à uma starbans aqui perto.

- Tudo bem Harry, vamos lá!

(...)

- Então o que você quer falar comigo? - Pergunto assim que entramos ao starbans onde tinha pouca gente.

- Eu quero confessar uma coisa pra você. - Fala e logo percebo seu tom de voz nervoso.

- Fale. - cruzo os braços encarando ele onde o mesmo me olhava com os olhos arregalados demorando a falar. - Vamos Harry!

- Eu sou apaixonado por você! - Beija meus lábios me pegando desprevenida.
   


Notas Finais


Sorry o capítulo pequeno e os erros. ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...