História All Love - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Justin Bieber
Tags Todo Amor
Exibições 59
Palavras 1.059
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 13 - Não posso


Fanfic / Fanfiction All Love - Capítulo 13 - Não posso

Justin Bieber P. O. V

Quem esse Grant Gustin pensa que é pra chegar do nada e roubar minha garota desse jeito? O pior é saber que a Brooklyn está toda boba por ele. 

Fiquei louco quando Sofie preferiu ir com o namoradinho do que ir com o melhor amigo, no caso, eu. Não sou otário e obviamente não fui ao aeroporto e nem me arrependo, antes ficar ao lado de quem te da preferência do que ao lado de pessoas que te tratam como segunda opção. 

- Hayden - Acordei a morena que estava deitada sobre o meu peito - Os meninos vão chegar daqui a pouco - A avisei.

- Tudo bem - Se levantou - Já está no meu horário. 

Hayd já estava saindo quando a puxei e a surpreendi com um beijo caloroso. 

... 

Os meninos já haviam chegado do aeroporto, Chaz curioso como sempre fez um interrogatório querendo saber do porque de eu não ter ido ao aeroporto e ainda ter dado aquele showzinho. 

- Porra Chaz, já falei que não tem nada haver com isso. - Falei exasperado 

- Vai me dizer que não gosta da Brooklyn? - Insistia na mesma pergunta. 

- Vai se foder - Mostrei o dedo do meio e sai do quarto batendo a porta. 

Esses moleques só me enchem o saco com esse assunto da Brooklyn, eu gosto da Hayden, caso contrário não estaria com ela. Não sei qual é o problema deles para não entenderem isso. 

Depois de longas voltar pela cidade resolvi voltar para o apartamento, já de cabeça fria, adentrei no quarto recebendo olhares curiosos. 

- Foi mal, bro - Fiz um toque de mãos - Não quis ser grosso. 

- Tudo bem, dude - Deu um semi abraço - Já estou acostumado, toda vez que o assunto envolve a Brook você se descontrola. 

- Já vai começar? - O encarei

- Não - Levantou as mãos 

Me joguei na cama e aproveitei para dar uma atualizada no instagram, Brook havia abado de postar uma foto com um pessoal e a legenda "Família  <3", uma mulher ao seu lade de cabelos castanhos e olhos claros era igual a ela, os olhos claros foram herdados de sua mãe já o cabelo loiro do seu pai que a abraçava, tinha um sorriso enorme no rosto de ambos, nos braços de Kate tinha uma garotinha idêntica a Brook só podia ser a irmã que ela tanto fala, América era o seu nome se não me engano. 

- Saudade da minha garota - Chaz estava sentado no chão. 

- Para com essa viadagem, bro - Joguei o travesseiro - Não faz nem 24 horas que Katherine está fora. 

- Qual é, vai dizer que não está sentido falta dela? - Dei de ombros - Nem da Brooklyn? - Elevou a sobrancelha 

Dei de ombros de novo, voltei a mexer no celular mas o assunto dos meninos me chamou atenção. 

- Mas você não estava com outra? - Ryan perguntava

- Não estamos mais juntos - Chris respondeu. 

Enquanto eu só fingia não estar prestando atenção na conversa por estar muito entretido com o celular. 

- Eu quero a Brooklyn - Voltou a falar - Ela sim é divertida e adora uma aventura, a outra era muito parada e não aceitava nenhum tipo de brincadeira fora o ciúmes descontrolado. 

Como assim agora ele quer a Brooklyn? - Tá mas agora ela está com o Grant- Chaz o lembrou. 

Até que esse relacionamento dos dois não é de todo ruim. 

- Nada que eu não possa resolver - Se gabou, revirei os olhos - Já que Justin não vai busca-lá, vou aproveitar o momento e me aproximar. 

- Sem chances garotão - Entrei na conversa - Eu é que vou buscar a Sofi - Usei o apelido pelo qual somente eu a chamava. 

- Mudou de idéia? O que aconteceu? 

- O que aconteceu é que agora estou com vontade de ir buscar ela. 

- O que aconteceu é que você é um egoísta do caralho, já está com a gostosa da Hayden e agora ta querendo a delicinha da Brook? Vai com calma irmão, divide o pão ai. 

Eu realmente não estava acreditando que aquelas palavras tinham saido da boca do Christian, o olhei morrendo de raiva, quem ele pensa que é pra falar da Brooklyn assim? Ela não é só mais um corpinho bonito, ela é uma mulher incrível e interessante. 

- Olha a idiotice que você está falando - as palavras saiam gritadas - A Brooklyn não é só mais um pedaço de carne no açougue pra você ficar na fila esperando a sua vez, ela é uma mulher incrível e tem várias qualidades como a pureza e bondade. Então você pense muito bem antes de falar dela. - Meu rosto pegava fogo por conta da raiva. 

Todos me olhavam estáticos sem entender o que havia acontecido, nem eu sabia o que havia acontecido ali. 

- Cara você viu o que acabou de acontecer? - Ryan perguntou 

O encarei negando com a cabeça. 

- Eu acabei de falar da Hayden, a garota que você está ficando, e da Brooklyn, a garota que é somente a suabamiga, e você só defendeu ela. 

- Se você não gosta dela.. - Chaz já ia voltar com o mesmo assunto. 

- O que vocês querem que eu fale? Que eu me apaixonei pela minha melhor amiga? Que sinto falta dela a cada dia? Que preciso dela como necessito respirar? 

- Que profundo cara - Ryan debochou

- E porque você não fala pra ela? 

O olhei e decidi não responder, não sabia o que estava acontecendo ou o que estava sentindo. 

Não quero machucar a Brook, e todo relacionamento que entro é conturbado não sei manter um relacionamento sério sem cometer alguma besteira. 

... 

- Vamos pra um barzinho, Justin - Chaz insistia em me convidar. 

- Já falei que não estou afim - O assunto de minutos atrás rondava a minha cabeça. 

- Tudo bem, vou ir com o Grant - Pegou as coisas em cima do criado mudo - Ficar aqui com você está insuportável. 

Ótimo, os meninos já tinham saido juntos e agora Chaz vai sair com o otário do Grant, minha noite só poderia ficar melhor se no outro dia eu acordasse com uma tremenda dor de cabeça. 


Notas Finais


Capítulo está curto por isso pretendo postar outro ainda hoje, mas preciso que comentem para saber se estão lendo e tal, obrigada❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...