História All Love - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Personagens Justin Bieber
Tags Todo Amor
Exibições 74
Palavras 1.676
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Festa, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Voltei, amores
Espero que gostem, gente esses capítulos estão meio parados mas a partir de um certo capítulo as coisas irão se animar...

Capítulo 14 - De volta para casa - Parte2


Fanfic / Fanfiction All Love - Capítulo 14 - De volta para casa - Parte2

Brooklyn Sofie P. O. V

Após uma longa noite de sono ao lado de América, já estava arrumada devidamente, Kate não estava mais no quarto. 

Desci as escadas não encontrando ninguém na sala, uns ruidos vindo da cozinha invadiam a sala vazia, fui até lá e todos estavam envolta da mesa ou da ilha no meio da cozinha. 

- Bom dia, família! - Falei

Estava animada essa manhã, era bom tomar café da manhã ao lado dos meus pais novamente e ainda ter todos os meus tios e primos a minha volta. Me sento entre meu pai e Kate, ao lado da morena estava tio Nash comendo panquecas e ao lado de papai estava mamãe dando comida para Amy. 

- O que vamos fazer hoje? - Kate indagou, estava beliscando os bacons. 

- Acho que vamos passar a tarde na piscina - Preparei meu pão - O dia está maravilhoso e todos aqui gostam de uma festinha na piscina - Pisquei. 

- Ainda bem que trouxe meu biquíni. 

A mesa estava uma confusão todos conversavam ao mesmo tempo, enquanto comidas eram trocados pela mesa, um queria o leite o outro queria o queijo e assim faziam a troca. 

- Como está a faculdade?

- Lá é tão legal, é mais do que um dia eu imaginei e agora tenho amigos que se importam comigo e me protegem - Falei me lembrando dos garotos que haviam ficado na universidade, um dia os traria pra cá - É tudo perfeito, pai. 

- Fico muito feliz que você esteja se divertindo e que tenha encontrado pessoas de bom caráter - Olhou para Kate que fazia caretas para Violet que estava toda vermelha de tanto rir - Espero que tenha juízo e não se envolva com pessoas de mal caráter e nem se envolva com drogas e bebidas alcoólicas, já tive a sua idade e sei como as coisas funcionam - Seu olhar minucioso em cada parte do meu rosto procurando qualquer vestígio de mentira. 

- Eu sei disso, não se preocupe - Beijei sua bochecha 

... 

Estava deitada sobre minha cama ao lado de Katherine, assim como ela eu também mexia no meu celular. Ryan estava me chamando para uma chamada de vídeo, aceitei de imediato. 

- Oi Ry - Sorri animada

- Oi Brook, como estão as coisas por ai? 

- Oi Ry, cade o Chaz? Ele não está respondendo minhas mensagens - Kate enfiou a cabeça na frente da câmera do celular. 

- Está tudo bem por aqui e ai? - Respondi sua pergunta anterior 

- Ele está no banho, Katherine - Ryan revirou os olhos - Ta tudo bem aqui também - Me respondeu. 

Conversamos por algumas horas e finalmente tomei coragem para fazer a pergunta que estava para fazer desde o início da ligação. 

- Cade o Justin? - Não tive notícias dele desde quando ele me largou na frente do prédio. 

- Ah ele... - Ry olhou para o lado

- Ele... - O incentivei a continuar. 

- Ele tá bem, muito bem 

- Você está mentindo - O repreendi - O que aconteceu? Foi a tal da Hayden? Sabia que ela não era boa o suficiente para ele, quando eu ver ela vai escutar poucas e boas... 

- Calma ai estressadinha - Me interrompeu - Ele só foi em uma festa e bebeu muito e agora está de ressaca. 

- Ah - Falei aliviada - Queria falar com ele, estou com saudade 

- Não sei o que está acontecendo com vocês, não faz nem uma semana que estão longe um do outro e ficam com essa frescura - Rolou os olhos - Saudade de mim ninguém sente, né? 

- Oh tadinho do Ryan - Kate falava com a voz fina. 

- Que isso babe, estou com saudade de você também 

- Mas não como sente do Justin

- Não falei nada que comprove isso, agora preciso desligar - Mandei vários beijos e encerrei a ligação.

- Vamos trocar de roupa, todos já devem estar na piscina. 

Peguei meu biquíni azul turquesa, o vesti rapidamente, peguei a toalha. Sai do banheiro encontrando Kate já devidamente vestida para uma tarde na piscina. 

Apostamos corrida para ver quem chegava primeiro na piscina, no fim nós duas ficamos presas no batente da porta o que foi bastante engraçado e constrangedor. Sem pensar duas vezes pulei dentro da água gelada dando atrito com o meu corpo quente, Kate estava na escadinha com toda aquela frescura de entrar lentamente na água, joguei água nela que me respondeu com uma cara feia. 

- Chaz saiu com o Grant, sabia? - Depois de longos minutos Katherine tomou coragem e mergulhou. 

A encarei tentando assimilar a informação, Chaz e Grant? Justin deixou isso de boa? Seria por isso que ele estava de ressaca? Ficou nervoso por Grant estar cada vez mais inturmado? Sinceramente, acho que não, não faz o tipo de Justin. 

- Como assim? - Era bem mais fácil perguntar do que criar mil hipóteses. 

- Ontem eles foram para um barzinho - Arregalei os olhos - Não se preocupe, só sairam porque segundo Chaz, Justin estava insuportável e como Ry e Chris tinham saido... 

- Entendi, e porque Justin estava insuportável? 

- Não sei, Chaz não me falou - Respondeu rápido e mergulhou. 

Algo me diz que ela sabe exatamente o motivo.

Passamos a tarde inteira na piscina, a noite resolvemos ir a uma pizzaria o que causou o maior alvoroço, já era difícil sair somente com um membro da antiga magcon, no caso meu pai, agora imagina com quase o grupo todo? Meu pai segurava minha mão com tanta força que com toda certeza ficaria a marca, meu braço e de Kate estavam entrelaçados. 

- É sempre essa confusão? - Kate estava com as mãos nos olhos na falha tentativa de se esconder dos flash

- Sim - Gritei para que pudesse me ouvir. 

Finalmente conseguimos entrar no estabelecimento, uma grande mesa já nos esperava, me sentei ao lado de Kate. Todos foram se acomodando aleatoriamente e fizeram os pedidos. 

- Por qual motivo a magcon acabou? - Kate indagou, olhei para os lados para certificar que ninguém havia ouvido, principalmente meus pais, já que eles sempre mudavam quando tocavam nesse assunto. 

- Segundo meus pais, foi porque ficaram muito velhos e cada um queria seguir o seu caminho - Me aproximei nossas cadeiras, para poder falar em um sussurro -  Mas acho que isso é apenas uma desculpa, sabe os Jacks? - Concordou com a cabeça - Meu pai não suporta o Gilinsky, não quer ver ele nem pintado de ouro, muito menos a minha mãe. Uma vez em uma festa, todos estavam reunidos, sem exceção, quando Jack G saiu de perto meu pai deu graças e cochichou algo para o Taylor. A anos atrás mamãe e ele tiveram um caso e não deu certo, acabou com uma briga feia e ai o grupo acabou. 

- Já li sobre isso, achei que fosse mentira - Falou - Rolou traição de ambas as partes, né? 

- Minha mãe estava namorando o Jack e o traiu com o papai, e Jack a traiu com a Madson. 

- Que loucura, e agora eles não estão mais juntos. 

- Pois é 

A noite toda foi animada, tivemos que ir embora quando as crianças começaram a dormir sobre a mesa e também amanhã cedo eu e Kate iriamos embora. Me despedi de todos já que não nos veriamos pela manhã. 

... 

Acordei com o sol queimando minha perna, abri os olhos lentamente pela claridade atrapalhar a minha visão, me espreguicei tentando dispensar a preguiça impregnada em mim. 

- Bom dia, flor do dia! 

Katherine já estava pronta, me perguntei que horário essa garota havia acordado, o relógio sobre o criado mudo marcava 7:30. 

- Bom dia! 

Levantei-me rapidamente adentrei no banheiro e tomei um banho rápido, me enrolei na toalha e peguei qualquer roupa da mala. Já estava vestida com um short rosa bebê e uma blusinha branca larga, nós pés coloquei tênis e passei uma maquiagem de leve para tirar a cara de sono. 

Prontas descemos as escadas com as malas, meus pais estavam sentados junto com América no sofá, provavelmente nos esperando. 

- Olá família, linda - Anunciei nossa chegada. 

- Bom dia, meu amor - Papai me envolveu em um abraço forte e protetor - Já estou sentindo a sua falta. 

- Sem despedidas agora - Ordenei - Vamos tomar o café da manhã. 

Deixamos as malas já dentro do carro e voltamos para a cozinha, o café já estava sob a mesa. 

- Não, quero que a Sofi coloque para mim - Ouvi uma voz fina ao meu lado em forma de protesto. 

- Brook, passa a mantega de amendoim no pão da América - Mamãe pediu. 

- Tudo bem - Sorri 

Com toda a certeza América era a que mais sentia a minha falta, durante os seus 5 anos de vida nunca dormirmos uma longe da outra, nas noites de chuva sempre me procurava durante a noite com medo, quando nossos pais precisavam viajar para premiações ou por conta de gravações de filmes sempre nos deixavam na casa de nossos avós, América sempre chorava em protesto mas no fim sempre eu a acalmava. Ela passou a vida inteira ao meu lado, dói meu coração a deixar aqui. 

- Aqui o seu pão e o seu suco - A entreguei

- Obrigada - Abriu um enorme sorriso

Tomei meu café calmamente, não sabia quando voltaria aqui então precisava aproveitar cada momento, por mais pequeno que fosse. 

... 

Estavamos na sala de espera, já havia me despedido dos meus pais e de América, como o esperado fez pirraça e chorou feito um bebê, mas infelizmente dessa vez não pude a acalmar já que o motivo de seu choro era a minha volta para a universidade. 

- Sua família é muito legal - Kate folheava sua típica revista de moda. 

Não respondi nada, apenas concordei com a cabeça. Minha família não era só legal, é especial e é a minha vida. 


Notas Finais


Até a próxima, bebês! ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...