História All Night - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Laura Marano, R5
Personagens Ellington Ratliff, Laura Marano, Riker Lynch, Rocky Lynch, Ross Lynch, Rydel Lynch
Tags Raura, Romance
Exibições 45
Palavras 845
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi gente
Obrigada pelo comentários :)

Capítulo 3 - Capítulo 3


Fanfic / Fanfiction All Night - Capítulo 3 - Capítulo 3

Olhava para a cara dele, que tinha um sorriso debochado na cara de malandro. Passou a mão nos fios loiros e tomou o café que estava em sua mão. 

 A Sr. Whyn, professora de francês babava pelo Ross, enquanto ele falava como havia se tornado professor.

 -Sabe, é meu sonho de criança ser cantor. Eu tenho uma banda com meus irmãos e um amigo. Resolvi me forma em música, mas não para ser professor. Porém quando me apresentaram a ideia de ajudar pessoas com o mesmo sonho que eu, acabei ficando fascinado.

 -Bela história.- falei debochada e dei um gole em meu chá gelado de pêssego. 

-Conte mais Sr. Lynch.- falou Sra. Whyn. Velha abusada. 

-Sobre? 

-Sua banda. 

-Ah, fazem parte de banda meus irmãos e minha única irmã. São eles Riker e Rocky, minha irmã se chama Rydel. O único de fora é Ellington nosso amigo.  

-Acho que eu quero ouvir sua banda qualquer dia.- falou a professora de educação física. Essa sim era nova e tinha um corpaço. 

-Então Ross, falou com a Courtney hoje?- perguntei levando umas das sobrancelhas. 

Ross não deixou de dar uma gargalhada, aquilo me irritou fazendo meu sangue ferver. 

-Claro, ela me trouxe até aqui. 

A porta da sala de professores é aberta e o resto dos professores entram acompanhado do diretor. 

-Boa tarde. Bom, reuni vocês hoje aqui para falar do baile de boas-vindas dos alunos, esse ano vamos fazer algo diferente. Pensei em um concurso de bandas. 

-Qualquer banda?- perguntou Ross. 

-Não, aqui na escola tem uns alunos interessados em música, pensei em forma varias bandas para eles competirem. 

-Certo, até ai já entendi, mas onde nós professores entramos?- perguntei. 

-Então, os professores formaram duplas e apadrinharam uma banda. Ajudar a escrever, ensinar a tocar, essas coisas. 

-Não acho justo o professor Lynch participar.- falou o professor biologia, Richard.  

-Eu também não acho justo ele ficar de fora.- ele levantou e andou até o canto da sala, onde tinha uma caixa colorida.- Aqui tem o nome de todos vocês, será feito um sorteio para as duplas. 

Ele começou a sortear e não demorou muito para sair meu nome. 

-Sra. Marano você ficou com...- ele tirou o papel o sorriu.- Olha que sorte, ficou com o professor de música.  

Olhei para Ross que terminava seu café, ele me olhava por cima do copo e seu sorriso debochado era evidente. Antes mesmo que eu tirasse a vista, ele manda um beijo para mim. 

Irritada olhei para o diretor que terminava o sorteio. Eu celular vibra no bolso do meu casaco. Quando tiro tenho vontade de pular na mesa e socar a cara dele. 

Ross: Isso será interessante. 

Olhei para ele, mas o desgraçado sabia disfarçar bem. Ele conversava com a Sra. Whyn. 

-Bom gente, a apresentação dos alunos será em três semanas, então aconselho que depois que anunciarmos aos alunos, corram para conseguir sua banda.- ele levantou- Vamos até a quadra, os alunos estão nos esperando. Ah... E a dupla vencedora ganhará um fim de semana em uma ilha particular, com toda regalia. 

Peguei meu celular e enviei uma mensagem bem desaforada. 

Eu: Vá se foder, babaca. 

Ele sorriu ao ver a mensagem. 

Ross: Sim, alguém sairá fodido! É só pedir e eu faço. 

Idiota. 

*** 

-Você é muito babaca.- sussurrei enquanto colava a nossa lista, para ser preenchida, no mural de aviso.  

-Não sou. Ahh... Vai Laura, eu sei que você me quer. 

-Me poupe Ross, você namora minha melhor amiga e colega de apartamento. 

-Eu não estou fazendo nada. 

-Qual é, você se ofereceu para foder comigo. 

-Ué, você que propôs. 

Começamos a caminhar em direção a saída. 

-Eu não propus nada. Olha só, o que aconteceu na boate ficou lá. Finge que não aconteceu. 

-Você quem veio falar comigo. 

-Eu não... Okey, foi um puta erro. Ross, não vamos ficar novamente. 

-Não vamos?- falou sorrindo. 

-Não. 

Nós paramos no meu carro. Ele me observa em transe. 

-E se eu fizer isso.- ele se aproxima e segura minha cintura me puxando para ele. Nos lábios estão tão próximos que sinto cócegas.- Você gosta? 

Meu cérebro gritou comigo me chamou de burra e idiota quando eu colei nossos lábios. Ele me apertou mais e enfiou a língua na minha boca. Seu beijo tinha gosto de café hoje. Não nos beijávamos como dá primeira vez, era calmo e gostoso. Sua mão agora brincava com meu cabelo e sua outra mão permaneceu em minha cintura. 

Quando paramos de nos beijar, ele não me soltou, continuo a me abraçar. 

-Se arrependimento matasse, eu cairia duro aqui mesmo. – falou e veio para me beijar novamente, mas virei o rosto. Ele acabou beijando apenas minha bochecha. – Estou namorando a pessoa errada. 

Me afastei devagar e olhei seria para ele. 

- Eu não quero e eu não vou fazer isso com minha melhor amiga. Acostume-se com ela. Tchau. 

Entrei no carro e dei partida, não deixei de olhar no retrovisor e ver o Ross parado com as mãos na cintura e um sorriso cínico na cara. Não sei porque, mas acabei sorrindo também.  


Notas Finais


Gostaram?
Gente, se não gostaram do diálogo me perdoem, mas terá sempre diálogos assim pois a história é para maiores de dezoito anos.
Bom até mais :*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...