História All Of Me ㅡ(Imagine EXO) - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Lay, Personagens Originais, Sehun, Suho, Xiumin
Tags Imagine Exo
Exibições 476
Palavras 1.449
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Ecchi, Hentai, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 17 - Capítulo Dezessete.


Fanfic / Fanfiction All Of Me ㅡ(Imagine EXO) - Capítulo 17 - Capítulo Dezessete.

{...}


Quando ia entrar algum indivíduo de conduta duvidosa, puxou meu braço e me levou pra trás da van,olhei e era Baekhyun, tentei dar as costas mas não consegui, Baek foi mais rápido e passou os braços pela minha cintura e encostou a testa no meu ombro, eu estava de costas não sabia qual era a a expressão que o mais velho tinha no rosto.


- Desculpe pequena...eu não queria te magoar. - (Baekhyun)


Ele estava chorando?


"Eu realmente fui o motivo dele chorar? Eu fiz isso? Eu o deixei triste?"


Eu nunca me senti tão mal,eu que sempre quis vê-lo sorrir,fui o motivo pra fazer uma lágrima dele cair. Droga! Porque eu ainda existo?


- Tudo bem, Baekkie... não se importe com isso, não chore por minha causa,eu me sinto mais mal por isso.- Me virei e o abraçei e deitei a cabeça dele no meu ombro,e fiquei passando a mão pelo cabelo dele.


- Me desculpa por ter chamado de uma simples marquinha ,eu não sei pelo que você passa,nem pelo que você sente e eu te julguei por isso,me perdoa Ni! - Me abraçou mais forte.


- Não Baek, você no final de tudo queria o meu bem. Oque eu não quero é ver você chorando, ainda mais quando o motivo sou eu. Por favor Baek, não chore, não sinta culpa.

- Não vai ficar com raiva ou triste? - (Baekhyun)

- Nunca ficaria Baekhyun. Nunca.-sorri .Peguei na mão dele e  entrelacei nossos dedos. - Vamos antes que dêem falta da gente...- Dei um beijo no topo da cabeça dele que ainda estava encostada no meu ombro.

Ele sorriu e enxugou as lágrimas, e assim mesmo, de mãos dadas fomos até a Van, recebi olhares curiosos mas não liguei.

O importante naquele momento era ele. Fazer sumir a culpa que ele tinha, e oque mais pesava na minha consciência era que o motivo fui eu.


Entrei na Van, Baek me chamou pra sentar no colo dele e assim fiz. Fui o caminho inteiro calada, apenas mexia no cabelo de Baekhyun .Ele matinha a cabeça deitada no meu peito.
Os meninos de vem em quando davam umas olhadas estranhas pro meu lado eu nem ligava.

Chegamos em casa e Baek não soltou a minha mão nem quando entramos em casa.

- A Ni ta muito calada, e o Baek não ta muito diferente dela Naum.- (Sehun)

- Porque foram juntos o caminho todo? Porque estão de mãos dadas? ceis tão namorando e não falaram pra gente? - (Lay)

- A Ni é minha!- (Kai)

Sorri sem mostrar os dentes e sussurrei para Baekhyun falar oque aconteceu,que eu iria subir pra tomar banho.

Eu subi as escadas de cabeça baixa,depois só escutei os gritos.

"COMO VOCÊ FOI CAPAZ DE DIZER UMA COISA DESSA BYUN BAEKHYUN"

"MEU DEOLS DO CÉU"

"CADE A MINHA FACA?"

- A última com certeza é do D.O, sem sombra de dúvida. -
E coisas do tipo. Sorri e entrei no banheiro. Mas meu sorriso se desmanchou quando vi ela.
Ela a lâmina, a única que me ajudou nos momentos mais difíceis.
Levantei a manga do moletom que ainda estava no meu corpo e vi os cortes.

"Quando se torna um vício, não tem mais escapatória..."

Você sente que precisa daquilo. Precisa fazer de novo, a dor física se torna pequena aos poucos...

Eu fiz,eu fiz de novo, me desculpe eu não consigo mais aguentar, ta tudo entalado junto a todos os choros que já segurei e as palavras que nunca disse.

Minha garganta dói.

Meus olhos ardem.

Minha cabeça lateja.

Meu coração aperta.


Entrei debaixo do chuveiro,passei a lâmina pelo pulso, braço,ombro.

"- Te faz mal! "

"-Me ajuda mais que você ,que sabe e não faz nada pra mudar isso."

Sai do banheiro vesti um moletom preto e uma saia curta também preta e quando ia descendo pelas escadas escutei uma coisa maravilhosa.

- Now Blow Like a Flute, Oh Oh Oh Oh. - (Luhan)

Ain mdsen...
Ele veio de novo,dessa vez eu durmo com ele. Sorri e desci as escadas correndo e tropeçando no final.

Ele estava com a sua gata.
Aí vem aquela pergunta quem é mais gato?
:)

Kill Me plss

- Blow Like a Flute, Oh Oh Oh...-(Luhan)

Luhan estava na cozinha alisando a gatinha

-Eu assopro Luhan, eu assopro é só pedir que eu assopro! Do jeito que você quiser! - Falei já abraçada a ele. E ele riu alto.- Eu não to brincando! - ele corou e desviou o olhar.

- Eu nunca tive inveja do Luhan mais hoje em dia eu tenho.- (Chanyeol)

Ai foi minha vez de ficar corada.

- Eu gosto do seu cabelo! - Luhan disse bagunçando meu cabelo.

- Eu também gosto do seu cabelo! - eu disse passando a mão pelo cabelo dele.


-Essa gata me odeia ,impossível. - Disse Tao tentando tirar a gata de perto dele e eu só ri.

Fui até a gata e a peguei no colo. A Apertei ela um pouco.

- Miau...

- AIN é tão linda!

- Vai matar a tadinha meu Deus.-(Kai)

- Mi dá minha filha! - (Luhan)

- Oxi viado...

- Oxi nada! - Ele puxou mas a gata agarrou meu moletom.

-Tenta tirar ela agora.- olhei pra ele com uma sombrancelha aqueada.

-Aish,Sumoney sua linda eu posso dormir aqui? - (Luhan)

- Querida cria do capeta, não me chama de Sumoney faz favor. Agradecida viu? - (Suho)


- Cria do capeta. - falou Kris ali tento um belo colapso no sofá ao lado de Chen que não tava lá muito diferente do estado dele.

Fiquei olhando o Chen rir,essa risada esse sorriso.
<3

- Ain gente, o Chen era o único dinossauro que eu faria questão de salvar da extinção. - me sentei ao lado dele e deitei a minha cabeça em seu ombro.

- Extinção? Dinossauro? - Falou Chen rindo.

- Não ri não Chen'derela! Eu tô falando sério! - abraçei ele de lado.

- Chen'derela? Ah baixinha não me chama assim.- (Chen)

- Beleza, Chen'derela.

- Aigoo!! - (Chen)

- aiinnn !!! - Apertei a bochecha dele. - Lindo! - ele corou.

- São 11:16 eu vou dormir não sei vocês! (D.O)

- Preciso dormir meu sono da beleza me aguarda.- (Tao)

- Beleza você já tem meu filho.

- Eu sei - Tao passou a mão pelo cabelo fazendo todos rirem.


- Eu to com sono também... - cocei os olhos de maneira fofa.

- Quer que eu durma com você pequena? - (Baekhyun)


-Se sai Baekhyun quem vai dormir com ela sou eu! - (Chanyeol)

- Cof Cof na minha cama cabe os dois Cof COOOF.

Os meninos me olharam meio torto.

- Que isso gente posso tossir mais naum?

- Pode,pode claro que pode agora vamo subir antes que Baekhyun de um de ninja e te roube de mim. - (Chanyeol)


Todos foram pra os seus devidos quartos e eu fui pro meu com um post....com Chanyeol atrás.

- O poste, poste, poste, POSTE!



- Oi Nicole. - Chan suspirou.

- C vai dormir na cama e eu durmo no chão.

Abri meu guarda-roupa e peguei  lençóis pra mim e pra ele.

- Ok....pera que? - (Chanyeol)

- Eu vou dormir no chão e  você dorme na minha cama.

- Não ou dorme os dois na cama ou eu durmo no chão. - (Chanyeol)


- Nunca que eu deixaria meu bias dormir no chão.


- Então eu sou seu bias? - (Chanyeol)


- Você e o resto do grupo.


- Aish....daria pra parar de me dar esperanças? - (Chanyeol)


- Eu não te dou esperanças,eu apenas sou sincera. - Falei , me deitei na cama e me cobri.- Não tenho culpa se todo o EXO é maravilhoso.

Ele riu e se deitou do meu lado. Se cobrindo e logo depois eu dormi.


•••••••

"Imunda"
"Ridícula"
"Vadia"
"Depressiva nojenta"
"Puta"
"Deveria te morrido quando nasceu"
"Ela existe mesmo?"
"Nem Deus te ama"
"Só se corta pra chamar atenção"
"Feia"
"Gorda"
"Acha que assim alguém vai gostar de você?"
"Não sei como sua mãe conseguiu te criar"

Eu estava em um quarto,preto,onde vozes jogavam na minha cara que eu não deveria ter nascido.
Eu não sei oque está acontecendo.Eu só quero sair daqui.

- Não! Não! Não! - eu dizia na falha tentativa de fazer parar tudo aquilo.

"Vai se cortar vai, é a única coisa que você sabe fazer mesmo."

"Inútil"

"Além de inútil,se corta, como uma coisa dessa ainda tá viva?"

E então o quarto que aparentemente era de vidro, começou a trincar,assim pouco tempo depois quebrou.


- Shiii Shiii Shiii já passou, já passou... Tá tudo bem agora eu tô com você - (?)












Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...