História All Of Me - Capítulo 41


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Tags Drama, Justin Bieber, Rock, Rock And Roll, Romance, Shows, Tour
Exibições 996
Palavras 1.056
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Mistério, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OI GENTE!
Peço perdão pela demora, mas só agora consegui encontrar um tempo para escrever e espero que vocês gostem como eu gostei.

Boa leitura!

Capítulo 41 - Surprises and Revelations


Fanfic / Fanfiction All Of Me - Capítulo 41 - Surprises and Revelations

Sophie Davis

Passar alguns dias com Justin estava sendo complicado. Estava revivendo nosso passado quando ele morava comigo e o meu coração disparava sempre que nos víamos. Amanhã nossa filha fará aniversário e estamos organizando uma festa digna de princesa para ela. Justin já estava em sua nova casa e eu o ajudei a organizar as caixas de mudança. Foi rápido, pois eram novos móveis e ele levou apenas seus objetos pessoais. Os funcionários que ele contratara já estavam cada um fazendo seu trabalho, o que facilitou parra nós dois.

Assim que terminei de organizar as coisas da Melanie em seu quarto, peguei a caixa que eu havia trago comigo e a abri. Planejei deixá-la para que Justin visse assim que eu partisse, mas o meu coração decidiu que eu deveria sentar com ele e mostrar tudo contando cada detalhe. Era isso que eu iria fazer.

— Justin, preciso mostrar algumas coisas para você. — avisei abrindo uma brecha da porta.

— Sobre quem ou o que?

— Melanie, quem mais seria?

— Desculpe. — disse fechando o notebook e me encarando — Estou tentando escolher umas músicas novas para o próximo CD e isso me irrita às vezes. Entre e sente-se.

— Com licença.

— Sophie, você não precisa pedir licença. Como Mel está?

— Bem. Ela estava me ajudando e acabou pegando no sono.

— Você quer falar sobre a festa de aniversário dela amanhã?

— É sobre ela, mas não sobre a festa. — respondi colocando a caixa sobre a mesa.

— Vamos para o sofá, você parece séria.

— É um assunto sério, mas é algo bom. — caminhamos até o enorme sofá que ficava no canto de seu escritório e eu lhe entreguei a caixa. — Abra e eu vou explicando tudo.

 

Justin Bieber

Olhei para Sophie confuso e abri a caixa. A primeira coisa que vi foi a foto de um teste de gravidez positivo e em seguida algo que parecia um raio-X. Não entendi nada da segunda imagem. Acho que ela percebeu isso, porque me encarou sorrindo.

— Essa é a caixinha dos meus ultrassons. Nunca permiti que alguém me acompanhasse, nem mesmo a minha mãe. Era um momento especial que eu queria ter dividido apenas com você, mas como foi impossível eu decidi guardar tudo para lhe entregar no dia que você descobrisse que era pai. Penso comigo que hoje é o dia perfeito para fazer isso.

— Eu nem sei o que dizer. — então olhou no fundo dos seus olhos e segurei suas mãos. — Sophie, eu daria de tudo para voltar no passado para curtir a sua gravidez. Se eu soubesse, eu teria acompanhado você em todas as consultas e estaria lá segurando a sua mão quando fosse à hora dela nascer. — seus olhos estavam cheios de lágrimas prontas para serem derramadas.

— Eu não quero que você chore antes de ver tudo que eu trouxe para você.

— Tudo bem. Vou fazer de tudo para ser forte. — concordei enquanto sorrimos.

— É o meu presente para você. E não adianta vir com essa de “nem é meu aniversário” porque você sabe que eu adoro dar presentes.

— Pode ter certeza que deste não irei reclamar.

Comecei a olhar foto por foto, exame por exame e meus olhos estavam ardendo devido às lágrimas não derramadas. Sentia que estava vivendo a gravidez da Sophie e meu coração começou a bater mais rápido. Ela estava tão linda nas imagens, tão radiante. Pensava que era impossível ela ficar mais linda, mas ela conseguiu isso durante a gravidez e agora. A maternidade fez bem para ela fisicamente e espiritualmente. A Sophie brigona tinha sido substituída por uma Sophie que escutava antes de falar. Uma Sophie compreensiva.

— Você faltou o ultrassom do sétimo mês?

— Não.

— E por que não tem imagens e o CD do vídeo aqui?

— Porque eu quis que fosse diferente. — respondeu sorrindo e pegou o seu celular. — Pedi ao médico e ele amou a ideia.

— Está me confundindo.

— Assista você mesmo para entender.

Então ela me entregou o celular e eu dei play no vídeo que se dividia em dois. O menor no canto da tela era o ultrassom, o maior mostrava Sophie deitada sorrindo com o celular na mão. O médico colocou o gel e começou a espalhá-lo em sua barriga até encontrar a posição certa. Melanie já era linda antes mesmo de nascer. Eu ainda estava sem entender, mas então Sophie perguntou “posso?” e o médico respondeu “na hora que a senhorita estiver pronta” e um som tomou conta daquela minúscula sala. Sophie colocou All Of Me para tocar, a música que fiz para ela algum tempo atrás. Agora eu estava entendendo tudo e chorando feito uma criança. Melanie se remexia dentro de Sophie animada e quando a música parava, ela também parava. Sophie fizera isso quatro vezes e nossa filha só se mexia quando a música começava a tocar novamente.

— Ela sempre se agitava quando ouvia você cantar. Notei no dia que vocês se apresentaram no Grammy e decidi pedir ao médico. Ninguém nunca assistiu. Apenas o médico, você e eu sabemos deste vídeo. Eu nunca deixei de pensar em você. Sempre falei de você para Melanie e ela te amou desde o começo, pois assim como eu, ela sentia a sua presença no coração.

— Obrigada Sophie, este é o melhor presente que já recebi. Os prêmios não chegam perto do conteúdo dentro desta caixinha e este vídeo então. Meu Deus, Sophie!

— Por favor, não agradeça por isso. Você não pode me agradecer porque eu a escondi de você. Isso é o mínimo que eu poderia fazer para recompensar tudo que eu fiz você perder.

— Você fez isso porque estava assustada. Foi difícil aceitar tudo isso, mas eu entendo você. — coloquei a caixinha no canto do sofá e novamente segurei suas mãos enquanto a encarava. — Eu sempre entendi você. Desculpe-me por ter sido tão rude com você, eu estava assustado e chateado, mas nunca quis tirá-la de você. Eu vou amanhã bem cedo encontrar com meu advogado e devolver a guarda dela. Você passou por muita coisa por eu ter expulsado você naquele dia, não irei aborrecê-la ainda mais. Eu não me perdoaria se magoasse você novamente. — me aproximei acariciando seu rosto com as mãos e o segurei em minha direção, para ela olhar nos meus olhos e ver que eu estava sendo sincero. — Eu nunca deixei de te amar, Sophie. — revelei me sentindo aliviado e selei nossos lábios.


Notas Finais


Deixem o user abaixo para eu enviar os próximos capítulos no twitter de vocês.
Participem do grupo: facebook.com/groups/jdbimaginebelieber


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...