História All Of Me - Capítulo 60


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Tags Drama, Justin Bieber, Rock, Rock And Roll, Romance, Shows, Tour
Exibições 430
Palavras 1.243
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Mistério, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


IMPORTANTE: leiam as notas finais.

Boa leitura!

Capítulo 60 - 2017


Fanfic / Fanfiction All Of Me - Capítulo 60 - 2017

Justin Bieber

— Amor, estava te devendo isso desde o nosso natal. — disse Sophie sentando-se em meu colo com uma perna em cada lado.

— Onde Melanie está? — perguntei segundos antes de nossos lábios se encontrarem.

Levantei com cautela e caminhei até a cama, onde a coloquei deitada e permaneci sobre ela com cuidado para não machucar nosso bebê. Sophie levou suas mãos até o cinto e lentamente se desfez dele, empurrando minha calça com os pés até deixar-me apenas com minha boxer. Eu estava completamente excitado.

— Por favor, faça amor comigo. — pedia em sussurro.

— Mas e se eu machucar o bebê?

— Justin, está tudo bem com ele. — explicou sorrindo.

— Eu não sei como deve ser feito.

— Droga, Justin! A gravidez não muda nada. O sexo vai continuar sendo a mesma coisa, a diferente é que você não pode jogar todo o seu peso sobre o meu corpo. Você terá que ser cuidadoso.

— Prometo que serei.

— Agora fique calado. Eu estou quase morrendo aqui. — resmungou e eu sorri. — Não tem graça seu idiota.

— Você está linda.

— Obrigada. — agradeceu me encarando confusa.

— Estou sendo sincero. A gravidez deixa você radiante. É como se a gente estivesse voltado alguns anos atrás. Você está tão bela como quando estivera grávida de Melanie

— Eu amo quando você me elogia, mas agora eu quero transar com você. Esses malditos hormônios estão acabando comigo e se você continuar enrolando irei matá-lo.

Livrei-me de nossas roupas íntimas em questão de segundos e me posicionei entre suas pernas. Pressionei contra sua entrada e lentamente entrei nela, certificando de manter o meu peso fora dela. “Mais rápido”, pedia ela tentando erguer seu corpo. Empurrei mais fundo e ela gemeu alto, jogando a cabeça para trás. Eu deslizava para dentro e para fora e, em seguida, empurrava mais profundo. Tomei seu rosto com as mãos e olhei diretamente para seus olhos que estavam radiantes. Sophie sorriu e eu beijei seu osso da mandíbula, enquanto ainda a penetrava com força. Ela agarrou meus cabelos com seus dedos e franziu os quadris pra frente. Com um olhar indicando para que eu saísse, após chegarmos ao nosso ápice, levantei-me e a encarei preocupado.

— Eu disse que não sabia como fazer. Você se machucou? Está tudo bem? — Sophie levantou-se e ficou ajoelhada sobre a cama e me puxou para um beijo apaixonado.

— Nunca estive tão bem como estou me sentindo agora. — ela segurou o meu rosto com as mãos e sorriu. — Eu estava com tanta saudade de você.

Empurrei seu corpo lentamente e ela deitou-se de costas pra mim. Pressionei o meu peito contra suas costas, posicionei os meus braços ao redor de sua cintura, depositei um beijo em seu ombro e juntos, caímos no sono.

[...]

Nassau, Bahamas

Lynden Pindling Internacional Airport

Levei todos os nossos amigos e familiares para passar a virada do ano em Bahamas. Sophie ficou muito animada quando informei a ela que todos estavam no aeroporto esperando por nós. Isso foi logo após ela ter aparecido com sede de sexo. Ajudei-a organizar as coisas que iríamos precisar e desci as malas antes de pegar Melanie, que estava dormindo. Fomos ao aeroporto, nos encontramos com todos e seguimos viagem com o jato da banda. Após cinco horas de voo e mais alguns minutos, chegamos ao hotel.

Atlantis Royal Towers

— Rome parece animado.

— Na próxima semana será a sua formatura na faculdade. Ele não para de falar sobre isso. — disse Sophie sorrindo.

— Eu o imaginava completamente diferente.

— Todo mundo que se junta ao Ryan fica assim.

— Eu não era assim.

— Verdade. Você já foi pior.

— Isso é calúnia.

— Isso é a verdade. — Sophie se aproximou e me abraçou. — Obrigada por trazer todos conosco nesta viagem. Este novo ano será muito especial para nós.

— Estou muito ansioso para ver o rostinho do nosso Lorenzo.

— Faltam apenas quatro meses. — anunciou animada.

— Christine está quase dando as caras. — disse invejando o meu amigo.

— Beatrice deve estar agoniada com aquele barrigão. Durante a viagem ela revelou que não estava conseguido nem caminhar direito. Os últimos meses são difíceis.

— Como foram os últimos meses quando você estava grávida de Melanie?

— Os dois últimos foram os mais difíceis.

— Por quê?

— Foram emotivos. Completamente emotivos.

— Como Melanie estava?

— Melanie estava enorme. — revelou com um sorriso largo e os olhos brilhantes. — Ela era um bebê muito saudável e que o parto foi sem complicações.

— E como você estava?

— Feliz por ela estar bem, mas abalada emocionalmente. O começo da gravidez tinha sido parecido, mas o final foi mais complicado. Eu desejava ter você por perto durante toda a gestação. Eu queria você segurando a minha mão quando ela nascesse, mas eu não tinha você ao meu lado e isso foi doloroso.

— Eu prometo estar ao seu lado no final de Abril.

— Como é bom ouvir isso. Como é bom saber que estamos tendo a oportunidade de viver isso juntos. Eu estou tão feliz por tê-lo ao meu lado.

— Não tão feliz quanto eu me sinto.

— Precisamos descer para nos encontrar com o pessoal. Se continuarmos aqui falando sobre isso, vou acabar me emocionando.

Selei nossos lábios e saímos de mãos dadas em direção ao elevador. Reservei uma parte da cobertura do hotel que estávamos e todos já se encontravam no local. Melanie, Angel, Jaxon e Jazmyn estavam brincando e os demais se sentaram as mesas para apreciar o delicioso jantar.

[...]

— Como está se sentindo, amiga?

— Cansada, porém, animada para o novo ano. Acabei de falar para o Alfredo massagear os meus pés quando chegarmos ao quarto.

— E eu disse que farei caso eu receba algo em troca.

— Você é esperto, cara.

— Justin, larga de ser ridículo. — disse Sophie chamando a minha atenção.

— É claro que o seu amigo receberá algo em troca. Se ele não massagear os meus pés, irei jogá-lo pela janela.

— Ah, os hormônios! — disse Alfredo sorriu.

— Veja pelo lado bom, no próximo mês tudo isso acaba. Eu vou ter que suportar essa fase até abril. — falei e Sophie me encarou séria.

— Você só pode estar de brincadeira. A grávida sou eu, mas é você quem está cheio de hormônios. — ela disse e Alfredo gargalhou.

—Podemos resolver isso mais tarde. — a encarei maliciosamente.

— Adoraria.

— Vocês dois, chega. Eu não estou me aguentando. Não consigo transar, então, poupe-me desses comentários.

— Trice, acalme-se. — Sophie dizia rindo da amiga. — Eu prometo que logo passará essa fase. E Fredo é ridículo.

— Por quê? Eu nem fiz nada.

— Exatamente por isso. A gravidez deixam as mulheres “possuídas”. Você precisa aliviar a minha amiga.

— Ela não deixa.

— Trice, ou você deixa o Fredo aliviar esse seu desejo, ou você vai acabar explodindo.

— Me leve para nosso quarto agora.

— Sophie, vamos sair daqui. Estou quase vomitando.

— Você não tem jeito, Justin. — disse Beatrice sorrindo e me empurrando.

Deixamos nosso casal de amigos e fomos para o parapeito da cobertura do hotel. Faltavam poucos minutos para meia noite e ficamos abraçados observando a bela vista. O local estava completamente iluminado e movimentado. Na cobertura ao lado era possível observar as pessoas sorrindo e conversando. Melanie se aproximou de nós dois e eu a peguei no colo. Todos deram início à contagem e a queima de fogos anunciou a chegada do ano novo. Demos um abraço em família. Beijamos o rostinho da nossa filha e em seguida nos beijamos. Ajoelhei e junto com Melanie, beijamos a barriga de Sophie, que se emocionou. O novo ano chegou e eu iria fazê-lo o ano mais feliz para a minha esposa e filhos.


Notas Finais


• Já estamos na reta final e a nova fanfic acabou de ser publicada.
• Imagino que ela não irá superar ALL OF ME, mas vou dar o meu melhor para que ela seja boa e digna de leitura.

• FEELINGS:
spirit - https://spiritfanfics.com/historia/feelings-7565168
wattpad: http://my.w.tt/UiNb/pZlpWlQWCz

• Grupo: https://www.facebook.com/groups/jdbimaginebelieber


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...