História All Of Me - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber
Tags Drama, Justin Bieber, Rock, Rock And Roll, Romance, Shows, Tour
Visualizações 2.097
Palavras 895
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Mistério, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Spoilers
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


// Caindo Fora

Boa leitura, espero que gostem!

Capítulo 7 - Falling Out


Fanfic / Fanfiction All Of Me - Capítulo 7 - Falling Out

Sophie Davis

Eu quase não dormi essa noite pensando no que aconteceu no backstage. Beatrice me recebera em seu apartamento e me emprestou uma de suas roupas. Me deu um cobertor macio e um travesseiro confortável para dormir no quarto de hóspedes e permaneceu ao meu lado ouvindo sobre o que acontecera com o idiota do Justin pouco antes do show.

O sol já estava nascendo quando meus olhos ficaram pesados demais para permanecerem abertos, mas antes de pegar no sono vi a imagem de Justin dando aquela risada sarcástica e cantando aquela música idiota do Guns. Que ódio!

Acordei e comecei arrumar o quarto em que dormira, saindo assim que terminei. Estava com Beatrice na sala quando a porta se abriu. Me virei e vi aquele desgraçado entrar na maior cara de pau, segurando dois cafés. Fiquei ainda mais puta quando lembrei que ele fica gato com a barba por fazer, mas o encarei feio e revirei os olhos, tentando ignorar sua presença.

— O que você está fazendo aqui? — perguntou Beatrice com raiva.

— Alfredo disse que Sophie estava aqui e gostaria de conversar antes de voltarmos para casa.

Ele parecia meio perdido, como se não soubesse o que estava fazendo.

— Ouvi tudo o que você tinha a dizer em alto e bom tom ontem à noite. Não precisa repetir.

Justin soltou um suspiro e colocou os dois cafés na mesa.

— Foi mal, Sophie.

— Achei que não iria se desculpar, só ia garantir para que isso não voltasse a acontecer. — falei sarcástica relembrando sua fala da noite passada.

— Não estou sentindo muito pelo que rolou ontem à noite. É sobre eu ter tocado aquela música te encarando, Alfredo comentou que você se sentiu mal achando que era para você. Não foi Sophie, eu não canto músicas dedicadas a alguém, ainda mais aquela do Guns. Relaxa.

Ele parecia sincero, o que não me agradou. Senti alguma coisa se soltando no meio do peito, e droga, eu deveria esquecê-lo o quanto antes.

— Vai na frente, vou me despedir de Beatrice.

Ele saira do apartamento e eu fui ao quarto da minha amiga para agradecer.

— E você e o Justin?

— Está tudo certo agora.

— Então vocês resolveram transar?

— Ele apenas bateu a real.

— E aí?

— Suas palavras deram a entender que não vai rolar nada.

Resolvi não ficar prolongando o assunto e ela entendeu que era isso que eu queria. Agora, mais do que nunca, vou ser obrigada a apagá-lo da memória e cair fora, mesmo que isso seja difícil. Vou conseguir.

 

Justin Bieber

Eu estava muito confuso e inquieto porque ainda não sabia direito o que fazer com esse lance que está rolando com a Sophie. Ela é diferente, inteligente, ambiciosa e focada. Gosto dela. Gosto muito, para falar a verdade, mas não da maneira que ela demonstrava gostar de mim. Meu celular começou a tocar bem alto no meu bolso e logo a foto do Alfredo apareceu na minha tela. Quando atendi, nem me dei ao trabalho de fingir um cumprimento simpático.

— Fala, cara.

— Onde é que você está?

— Estou no estúdio.

— A gente vai jogar boliche. Encontra a gente no Suburban Lanes.

— Boliche? A troco de quê?

— Ryan está andando para lá e para cá no apartamento, parecendo um tigre enjaulado. Precisamos sair para tomar cerveja.

— Daqui a pouco chego ai.

O boliche tinha luzes azuis e uns sofás de couro espalhados por cada canto. O ambiente lembrava uma boate de striptease, por isso gostávamos de frequentar. Os meninos estavam tomando cerveja e se divertindo pra caramba. A bola de boliche parecia um brinquedinho nas mãos do Ryan, quando ele a jogou, bateu com tanta força que deu para imaginar o estrago que ele faria se começasse uma briga com alguém. Ryan viu que cheguei, e me encarou feio andando em minha direção.

— Se me mandar outra dessas que você mandou no show de ontem, vou fazer da sua cabeça uma bola de boliche.

Engoli em seco porque, Ryan sempre falava sério, e eu só balancei a cabeça.

— Eu sei, cara, eu sei. Está tudo bem, sua “irmãzinha” não me odeia. Tivemos uma conversa hoje pela manhã.

— Que bom, porque vou ter que te encher de porrada caso a magoe. Odiaria ter de fazer isso com meu melhor amigo.

— Fique tranquilo, nada disso irá acontecer. Já pedi indiretamente para que ela não insistisse, acho que ela entendeu o recado. — peguei um cigarro e fiquei observando o jogo.

Essa história de morar com a Sophie não foi muito inteligente. Eu deveria ter pedido esse favor para o Ryan, mesmo sabendo que deveria implorá-lo. Estava tudo muito bem para ser verdade, ela não podia ter confundido as coisas dessa maneira. No meu pensamento, a cena do que tinha acontecido no meu carro ano passado, tinha sido pelo fato dela estar bêbada.

Não imaginei que era isso mesmo que ela queria, mas agora dividindo o mesmo ambiente com ela, sei que é isso que ela quer. Eu também quero, não vou negar, mas comigo é coisa de uma noite só e ela não merece essa atitude cafajeste da minha parte. De ninguém pra ser mais exato.

Eu não era o cara mais indicado para dormir com uma garota como ela. Deveríamos manter distância até eu comprar meu apartamento em Atlanta e espero mudar-me o quanto antes. Seria mais fácil para ela e para mim. Tenho que cair fora.


Notas Finais


Esse ficou pequeno, mas amanhã tento postar mais um.
Deixe seu comentário, é muito importante!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...