História All of me - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Supergirl
Personagens Alex Danvers, Eliza Danvers, James "Jimmy" Olsen, J'onn J'onzz "John Jones" (Caçador de Marte), Kara Zor-El (Supergirl), Personagens Originais, Winslow "Winn" Schott Jr.
Tags Alexdanvers, Maggiesaywer, Sanvers, Supergirl
Exibições 61
Palavras 845
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oi meus amores. Novo capítulo ❤ espero que gostem, beijos!

Capítulo 2 - The peculiar pub


Fanfic / Fanfiction All of me - Capítulo 2 - The peculiar pub

*

— Eu não acredito que vocês deixaram aquela alienígena nas mãos daquela detetive. - Disse Hank cruzando os braços. 

— Viu, Kara. - Disse Alex ficando de frente para ela. — Você mais do que ninguém sabe que crimes envolvendo alienígenas são trabalhos da DEO. 

— Me desculpe mas eu só acho que temos uma preocupação maior agora do que uma garota que tentou matar a presidente. - Ela diz irritada.

— Você ao menos está se ouvindo? Olha o que você está falando. - Alex falou rindo.

— Cheguem vocês duas. - Foi a vez de Hank falar. — Precisamos focar agora no que é realmente importante. Temos um alienígena fora do nosso controle e isso pode ser perigoso.

— Pessoal. Acho que achei o nosso queridinho. - Winn disse chamando a atenção de todos ao grande painel.

— Eu vou dar uma olhada com reforços. Vê se fica de fora dessa vez. - Disse Alex irritada.

— Não sei o que deu nela hoje. - Falou Kara revirando os olhos. — Quando ele for tentar te matar, eu vou chamar a detetive Saywer pra te salvar. - Completou mas Alex deu de ombros.


*

Realmente a paciência de Alex tinha se esgotado desde que ela havia ganhado aquele empurrão. Ela odiava isso e pior do que isso, é alguém tentar fazer o seu trabalho por ela.

Não demoraram muito a chegar. Alex estava sendo acompanhada por 5 agentes da DEO. Enquanto Kara, Winn e Hank os monitorava pela sede, caso eles precisassem de ajuda, Supergirl estava pronta para ajudá-los.

O local? Bem, era um depósito abandonado. Alex não poupou forças quando chutou a porta para poder entrar. O local era escuro e tinha muito ecos.

— Fiquem atentos. - ela disse aos agentes.

Mais algumas vasculhadas e, elas e os agentes puderam sentir que não estavam sozinhos.

— Ei, você. - um deles grita. 

— Largue o que você está segurando e vire-se lentamente para nós. - Alex fala.

E quando se vira, era apenas a mulher que havia esbarrado nela mais cedo.

— Danvers. - ela fala com seu típico sorriso no rosto.

— Vasculhem o lugar. - ela fala aos demais agentes.

— Seu alienígena não está aqui. - Maggie diz enquanto pega sua arma do chão. — Então, você trabalha na DEO não é?

— E você não é uma simples detetive? ou é e está se metendo onde não foi chamada. - Alex diz e seus olhares percorrem ao redor do ambiente.

— Eu cuido dos casos de aliens em National City. Fui transferida pra cá. 

— Ah sim. - Então seus olhares param em Maggie e uau. Alex não tinha reparado no quão bonita ela era. Ela estava preocupada em ficar irritada demais naquela manhã. — Winn, perdemos ele. - ela diz voltando a si pelo comunicador.

— Sabe eu conheço um bar muito bom. - Maggie fala.

— Eu não estou num humor muito bom para beber. - Alex fala deixando escapar um sorriso de canto.

— Olha, você sabe sorrir. - diz Maggie sacaneando ela.

Alex ficou sem graça:

— Desculpa pela forma que te tratei. Eu fiquei muito irritada por não ter levado aquela alienígena. - ela diz rindo ao perceber que aquilo soou patético.

— Tudo bem. Começamos errado, admito. - e mais um sorriso é formado no rosto de Maggie. — Posso lhe perdoar se você for comigo a este bar.

— Porque eu? - 

— Não quer saber onde encontrar seu kryptoniano foragido? 

Alex apenas acentiu a cabeça e chamou seus agentes.

— Voltem a DEO e avisem ao Hank e Supergirl que irei atrás de informações do foragido. - os agentes concordaram e saíram, logo após Maggie e Alex.

— Vamos em um carro da polícia? Não acha que irá chamar atenção? 

— Se pararmos longe, não chamaremos tanta. - Maggie diz se entrando no carro, obrigando Alex a fazer o mesmo.


Do galpão até o bar, era um pequeno-longo-caminho, no carro de Maggie tocava uma música lenta e toda vez que alguém andava devagar em sua frente, era motivo pra ela bufar.

— Parece que alguém está irritada não é? - Alex falou rindo.

— É. - Maggie riu também. — Então, o que aconteceu com o eu não falo com estranhos?

Agora eu conheço você. Você é a detetive Maggie Saywer. - ela fala rindo.

Maggie deu uma risada um tanto quanto deliciosa, que fez Alex sorrir também.

— Você tem covinhas maravilhosas. - Alex fala 

— É, eu tenho. - Maggie diz enquanto dirigia. — Minha namorada também gosta delas. 

— Namorada? - Alex fez uma cara de desentendida.

— É, eu sou gay. - ela fala com um sorriso no rosto. 

— Eu acho que por você qualquer um viraria gay. - Alex deixou escapar seu pensamento alto.

Maggie começou a rir.

— Isso soou muito errado, me desculpa. - ela leva a mão no rosto.

— Chegamos. - Maggie diz ainda gargalhando.


"Porquê diabos eu falei aquilo?" Esses eram os pensamentos de Alex ao sair do carro.


— Westood. - Maggie diz para um cara que abriu a porta, que logo deu passagem para as duas entrarem.

— Que bar peculiar. - diz Alex observando todos que ali estavam.

— Você ainda não viu nada.



Notas Finais


Gente eles estão demorando a capturar o alienígena porque eu quero fazer com mais detalhes as coisas mas provavelmente no próximo capítulo ele vá ser capturado. Me digam o que acharam por favor. Até o próximo capítulo :)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...