História All of me - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Black Pink, EXO, Got7, Red Velvet
Personagens Baekhyun, BamBam, Chanyeol, Irene, Jackson, JB, Jennie, J-hope, Jimin, Jin, Jisoo, Jungkook, Lisa, Lu Han, Mark, Personagens Originais, Rap Monster, Rosé, Suga, V, Yeri, Youngjae, Yugyeom
Tags Bangtan Boys, Bts, Jungkook
Visualizações 7
Palavras 1.967
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Famí­lia, Festa, Ficção, Hentai, Lemon, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


M
A
I
S

U
M

C
A
P
Í
L
O

Capítulo 3 - Lembranças (Irene)


Fanfic / Fanfiction All of me - Capítulo 3 - Lembranças (Irene)

Jungkook on

Tinha acabado de tocar o sinal para o intervalo e eu vi ( S / n ) saindo rápido da sala, poxa ela nem me esperou.Eu estava guardando minhas coisas quando Hope me chamou para irmos para o refeitório. 

Quando chegamos estava lotado não tinha mais mesas disponíveis só uma no centro, talvez seja nossa mesa ouvi que os meninos eram bem populares na escola.

Eu estava sentado prestando atenção na conversa dos hyungs, eles estavam falando sobre as garotas que iriam pegar esse ano, eu achei engraçado pois eles estavam selecionando a dedo as garotas que pegariam.Ele continuaram conversando , quando eu vi ( S / n ) em uma mesa mais distante lá tinha sete garotos eles estavam se divertindo muito, a cada coisa que eles falavam ela ria, ela tem um sorriso muito bonito, foi quando eu vi ela se levantando e dando um abraço em cada um dos garotos, não vou mentir fiquei um pouco incomodado vendo aquilo, mas logo eu parei de observa - los, pois umas garotas se sentaram na mesma mesa que a nossa e uma delas começou a falar comigo, ela é muito  bonita, ela é da minha turma se eu não me engano.

Xxx - Oi. Eu vim aqui me apresentar - Falou ela dando um sorriso. - Prazer eu me chamo Irene.- Ela é bem simpática. 

-Prazer eu me chamo Jeon Jungkook. - Falei sorrindo também para ela.

Irene - Eu sei, se esqueceu que você se apresentou para a classe.-Falou ela rindo.Cara como sou idiota, eu estava fazendo papel de Bobo para ela, na verdade a presença dela me deixa um pouco nervoso.

-Verdade.- Falei rindo.

Irene - Kookie vamos comigo ali na lanchonete comprar um lanche?- Ela falou.Quando ela me chamou de Kookie eu acho meio estranho, pois ( S / n ) era a única que me chamava assim, mas não queria ser mal educado com ela, então deixei por isso mesmo.

-Vamos.-Falei.Quando me levantei os hyungs me perguntaram aonde eu ia falei que iria comprar um lanche com Irene, eles me olharam com um olhar malicioso e eu falei que não era nada disso . Então eu e Irene fomos até a lanchonete. 

Ela é uma garota atraente, não posso negar e eu acho que eu estou ficando excitado perto dela, ela estava me deixando louco, pois quando estavamos na fila ela acabou deixando cair seu dinheiro, então ela se abaixou para pegar e com esse ato de para ver uma parte da sua bunda, eu claro fingi que não vi mas eu não consegui apagar aquela imagem da minha mente, estou disposto a tornar Irene só minha.E ela vai ser.

Nós estávamos conversando sobre nossas famílias quando eu vi ( S / n ) , indo em direção a nossa mesa. Eu não queria saber dela agora, como ela não quis saber de mim antes, ela perguntou alguma coisa ao Tae e ele apontou na nossa direção, aí ela se virou com um sorriso no rosto e assim que nós viu sua expressão no rosto mudou, de feliz para surpresa.

Irene fez seu pedido e voltamos para mesa, ( S / n ) estava sentada entre Hope e o Suga, eles estavam conversando muito, ela nem percebeu minha presença ali.

( S / n ) on

Não acredito que aquela garota já está atacando, eu não ligo com quem ela fica , mais tinha que ser logo o Jungkook, eu não gostava que aquela garota ficasse perto dos meus amigos. Eles não sabiam o quão nojenta aquela garota era, estudamos juntas desde o 2 ano do ensino fundamental, nós éramos amigas eu realmente gostava dela, mas um dia ela começou a me menosprezar na frente dos outros, me xingar e um dia ela chamou umas amigas dela para bater em mim, nesse dia eu cheguei toda machucada em casa Haenim minha empregada que eu considero como minha Omma cuidou de mim, eu pedi para ela não contar nada para meu Appa pois sei como ele fica quando fazem alguma coisa contra mim, e assim ela fez guardou esse segredo até hoje.Quando entramos no ensino médio pensei que Irene fosse me deixar em paz, mas pensei errado.Eu gostava de um garoto muito popular na escola mas Irene fez questão de rouba - lo de mim.

(Flashback on)

Eu tinha acabado de ligar para Kyung , eu tinha o chamado para irmos nos encontrar na praça que tem perto aqui de casa. Hoje eu estou disposta vou me declarar para ele faz um tempo que eu estou apaixonada, mas eu estava tentando rejeitar esse sentimento, mas vi que era impossível, então é hoje.

Tinha acabado de chegar na praça , eu estava procurando Kyung, mas não o estava encontrando . Até que eu o vi sentado em um banco, estava indo em sua direção quando eu vi uma garota se sentar em seu colo . Não estava acreditando no que eu estava vendo, mas eu podia estar entendendo tudo errado . Então decidi chegar mais perto para ouvir o que eles estavam falando, me escondi atrás de uma árvore e quando eu vi o rosto da garota não pude acreditar era a Irene.

Irene - Oppa, por que você fica saindo com aquela vadia da ( S / n ), por acaso está gostando dela? - Ela perguntou fazendo um bico, que garota nojenta, mas eu também queria saber a sua resposta.

Kyung - Claro que não, você sabe que eu não me apego a ninguém. Eu queria aquela vadia só para me satisfazer mesmo. Porque eu não posso negar que ela é bem gostosa.- Não, não pode ser o Kyung não é assim, não o Kyung que eu conheço, eu tinha que sair dali mais sem fazer barulho,mas eu acabei pisando em um galho fazendo um barulho bem alto.

Kyung - Quem está aí?  - Ele perguntou, e eu sai de trás da árvore e assim que me viu Kyung se assustou, assim como Irene.

-Vocês me dão nojo. -Falei quebrando o silêncio que pairava sobre aquele lugar.

Irene - Bom eu tenho que ir .-Falouela dando um beijo da bochecha do Kyung e saindo dali com um sorriso debochado, como eu queria quebrar todos aqueles dentes.

Kyung - Eu posso te explicar. - Ele falou.

-Não quero ouvir suas asneiras.- Falei já me virando de costas e começando a andar.Sinto alguém me puxar pelo pulso.

Kyung - Deixa eu te explicar, não é nada que você entendeu. - Ele falou.

-Não quero te ouvir seu lixo humano.-Falei cuspindo no seu rosto, nessa hora seu semblante mudou de preocupado para furioso, em um movimento ele me prensou contra a árvore em que eu estava escondida, aí ele começou a apertar meus dois pulsos.- Me solta! -Ele apertava meus pulsos com muita força.-E - Está me machucando.-Falei tentando me soltar .

Kyung - Eu não fiquei te aguentando para não receber nada no final. -Ele falou e começou a me beijar mas não era um beijo carinhoso e sim um beijo feroz, eu tentava me soltar mais era impossível.Ele desceu os beijos para o meu pescoço depois foi em direção aos meus peito. Eu comeceigritar desesperada por ajuda, ele rasgou minha blusa eu já estava chorando . Não acredito, não acredito que eu seria estrupada, e pela pessoa que acreditava amar.Eu não tinha mais forças, não conseguia me soltar minhas mãos já estavam ficando roxas, por conta dele está apertando meus pulsos tão forte que o sangue não conseguia circular direito, eu estava ficando zonza.

Eu sinto o impacto de alguma coisa batendo contra a outra, eu vi um vulto cair no chão e não sei porque eu também cair, quando minha visão começa a voltar ao normal vejo Kyung caído no chão com a boca cheia de sangue, eu não estava entendo o que estava acontecendo. 

Xxx - Vá embora daqui seu lixo .- Falou um menino do meu lado, não consegui ver direito quem era por conta que era de noite e não tinha nenhum poste por perto para iluminar o seu rosto, nessa hora vi Kyung se levantar e ir embora cambaleando. Sinto um movimento do meu lado. 

Xxx - Você está bem ? - Perguntou o garoto.

- A- acho que e-estou .- Falei gaguejando por conta do choro .

Xxx- Vem eu te ajudo.- Ele falou chegando perto de mim , por instinto eu me afastei instantaneamente.  - Não se preocupe eu não vou te machucar. -Disse ele , chegando perto de novo , dessa vez eu não me afastei, ele me pegou no colo me levou para um lugar mais iluminado. Ele me colocou em cima de um banco, eu pude ver seu rosto e ele é muito bonito.Tem os cabelos negros, assim como seus olhos e um pele bem pálida , ele tem um jeito fofo.

Xxx - Bom...Acho que eu tenho que me apresentar....Prazer eu me chamo Min Yoongi, mas todo mundo me chama de Suga. - Ele falou dando um sorriso muito doce.

-Prazer eu me chamo (S / n ) - Falei um pouco tímida pela situação em que nos conhecemos e pelo fato também de eu estar seminua na frente de um estranho.Ele percebeu que eu estava com vergonha e tirou seu casaco e me deu eu agradeci.Ele ia falar alguma coisa quando chegaram cinco meninos.

Xxx - Qual é Suga saiu para comprar o sorvete e nem voltou? -Falou o menino mais baixo entre os cinco.

Xxx  - Eu acho que sabemos porque ele não voltou. -Falou o menino mãos alto, nos olhando com uma cara maliciosa.

Xxx - É aí  Suga não vai falar por que demorou? -Perguntou um garoto loiro.

Eu olhei para Suga com um olhar de "não conte nada por favor" .E ele entendeu o recado. 

Suga - Eu demorei porque eu acabei encontrando a ( S / n ) aqui, e nós já nos conhecíamos, então decidi ficar aqui conversando com ela. - Ele falou.Eu o olhei para com um olhar de "obrigada por não contar", e ele respondeu com um sorriso.-Bom vou apresentar vocês , pois eu sei que vocês querem conhecê - la. ( S / n ) esses são Tae, Jimin, Namjoon, Hope e Jin.

(Flashback off )

  E foi assim que eu conheci meus melhores amigos, nesse dia, Suga me levou até em casa eu contei tudo para ele e para Haenim do que realmente aconteceu, menos a parte da Irene falei que tinha uma garota com ele só que eu não conhecia, no dia seguinte Haemin foi na minha escola e fez questão de que expulsassem o Kyung da escola, e ela falou que se eles não fizessem isso ela falaria para o meu Appa que iria fechar aquela escola, já que ele tem poder para isso, é foi o que eles fizeram expulsou Kyung da escola e nunca mais o vi.Mas o pior que  a Irene fez não foi me deixar com aquele maluco estrupador e sim que no dia que eu fui para a escola ela chegou perto de meu ouvido e disse: "Você merecia ser estrupada".Depois disso eu nunca mais fui a mesma não confio nos homens com facilidade.

Então ver o Kookie com aquela garota me deixou muito mal, então simplesmente resolvi ignora - los, estava conversando com os meninos quando me surgiu uma idéia. 

( S / n ) - Que tal nos encontrarmos lá em casa hoje a tarde? -Perguntei.E todos responderam logo com um sim, menos o Kookie , Irene e as suas vacas.- E você Kookie vem? -Perguntei.

Jungkook - Claro, só se a Irene for junto.-Quando ele falou isso eu fiquei sem palavras claro que eu não iria deixar ela ir mas o Hobi muito intrometido falou primeiro.

Hobi  - Claro que pode ir , lá cabe todo mundo e muito mais.- Falou sorridente.



Não sei se era uma boa idéia ter essa garota por perto, mas eu acho que ela não é a mesma louca de sempre.......

Eu espero..........











Notas Finais


Irene é pior do que imaginávamos
Suga o salvador.Lindo, maravilhoso.
Esse Hobi foi intrometido hein....Acho que vai dar merda essa visitinha da Irene a ( S / n ).


Abraços de Tae em cada uma.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...