História All Of The Stars - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Alexandra Daddario, One Direction, Zayn Malik
Personagens Alexandra Daddario, Niall Horan, Personagens Originais, Zayn Malik
Tags A Culpa É Das Estrelas, A Ultima Música, Alexandra Daddario, Drama, Harry, Harry Styles, Liam, Liam Payne, Louis, Louis Tomlinson, Morte, Niall, Niall Horan, One Direction, Percy Jackson, Romance, Sexo, Zayn, Zayn Malik
Visualizações 34
Palavras 1.590
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Hentai, Mistério, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Yuri
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 15 - Fourteen


“Devo sorrir por sermos amigos, ou chorar porque nunca passaremos disso?”

-Zayn, posso te pedir um favor?- foi a primeira coisa que a amiga perguntou quando o moreno atendeu o telefone, suspirando o mesmo balbuciou um “aham” permitindo assim que a morena prosseguisse com seu pedido- Você poderia ficar com a Em hoje, vou sair com Niall e não tem ninguém para ficar com ela, meu pai esta no hospital hoje- ela perguntou e o moreno sentiu uma pontada de tristeza

-Claro meu anjo- respondeu sorrindo, pelo menos ele iria vê-la nem que fosse por alguns poucos minutos.

-Obrigada, vou leva-la daqui a uma hora ok?- ela nem deu chances do moreno responder apenas desligou o telefone.

Já se faziam uma semana desde o baile, Zayn tentava ao máximo não demostrar o quanto estava triste com o relacionamento dos amigos, mas estava difícil e até sua mãe já havia percebido que algo estava acontecendo.

Essa semana foi a mais difícil, a garota passava todas as horas do dia com Niall e quando estavam na escola não desgrudava do celular, o moreno pensou seriamente que a amizade dos dois iria ficar igual, e que se mudasse seria por causa dele, porém foi justamente ao contrário, por causa dela eles se separaram, mas mesmo assim ele estava lá ao lado dela para ajuda-la, e isso só confirmava que ele estava cada vez mais apaixonado.

-Mãe a Em vai vir aqui hoje- o moreno disse assim que entrou na cozinha e encontrou a mulher cozinhando alguma coisa para o almoço.

-Ok, meu anjo é até bom , porque já faz tempo que eu quero conhecer essa Em de quem você fala tanto

-Mãe acho que você está confundindo as coisas- ele disse pegando uma maça que estava em cima da mesa e dando um mordida.

-Por quê?- ela perguntou cortando a cebola em pequenos pedaços que logo fariam companhia ao óleo na panela que já estava no fogo.

Assim que o moreno abriu a boca para responde-lo ouviram a campainha tocar, olhando no relógio o mesmo constatou que era Anne que trazia consigo Em, caminhou até a sala e ao abrir a porta encontrou as duas sorrindo lhe esperando.

-Zai- a loira gritou abraçando as pernas cobertas pelo moletom cinza do rapaz

-Oi pequena – ele disse a pegando no colo e lhe beijando a bochecha

-Zai vuce num ta cum flio?- ela perguntou enquanto passava os pequenos dedinhos nas asas da tatuagem do tórax do rapaz, que só naquele momento lembrou que estava apenas com um moletom e só depois percebeu o olhar da mais velha queimar sobre seu corpo

-Não pequena aqui dentro de casa não está frio- ele explicou e ela assentiu sorrindo.

-Bom Zayn- Anne saiu de seus pensamentos impuros que chegou a ter com o moreno pardo a sua frente- eu estou indo, na volta passo aqui ok?- ela perguntou e o moreno assentiu

-Fica tranquila eu e Em vamos nos divertir bastante não é?- ele perguntou para menor que assentiu batendo palmas.

-Filho vem comer- a mãe de Zayn apareceu na sala limpando as mãos em um pano de prato.

-Estou indo- ele gritou e então a mulher pode ver quem era Em- Mãe essa é Em- ele disse balançando a menina em seu colo, o que fez as duas, tanto a mulher quanto a mais nova, gargalhar, cada uma com seus motivos.

-Ok, e quem é a linda garota ali na porta?- ela perguntou apontando para Anne

-Essa é Anne, minha colega de classe, irmã da Em- Zayn começou a dizer e viu um sorriso malicioso se formar no rosto da mãe- e namorada do Niall- ele disse rápido e viu o sorriso sumir do rosto.

-Bom vem comigo pequena, vamos comer- a mãe de Zayn chamou a menor que logo pulou do colo do moreno e correu até os braços da mulher que a esperava com um enorme sorriso.

-Zayn, posso te perguntar uma coisa?- Anne perguntou assim que eles ficaram sozinhos na sala.

-Claro, só mandar- ele disse se escorando na porta e cruzando os braços sobre o peito.

-Você está bem?- ela perguntou de repente o que a fez se assustar

-Eu—eu na verdade não sei como te responder- ele foi sincero pela primeira vez em uma semana, os olhos azuis da menina se entristeceram, porém ela não sabia o que dizer e nem o que fazer.

-Mas vai ficar bem?- perguntou e ele suspirou

-Também não sei- ele disse e ela abaixou a cabeça e logo depois o abraçou sentindo o choque das duas peles de temperaturas totalmente diferentes a deixarem arrepiada

-Estou indo então, cuide da minha irmã- ela disse e ele apenas assentiu fechando a porta, segurou as lágrimas e caminhou até a cozinha onde encontrou Em brincando com os fios de macarrão enquanto sua mãe apenas ria.

-Mãe era pra você cuidar dela e não deixar ela se sujar- ele disse rindo tirando os macarrões da mão da menina que apenas dava risada de tudo.

-Juro que tentei viu filho- ela disse simplesmente

-Duvido- ele respondeu levando a menina no colo até seu quarto onde daria um banho na menina e a vestiria com uma de suas camisetas.

-Ola ganhei otlo vestido- a pequena disse depois de colocar a camisa e se olhar no espelho.

-Outro por quê?- o moreno perguntou colocando a toalha pra secar, enquanto via a pequena correr pelo seu quarto fuçando em todas as coisas.

-Puqe Nia me deu um- ela disse e o moreno assentiu ja entendendo tudo- Zai vuce toca violão?- ela perguntou apontando para o instrumento que estava lá esquecido no fundo do armário.

-Sim, meu anjo – ele disse se sentando na cama

-Toca- ela disse puxando o instrumento que era quase do seu tamanho e arrastando para fora do móvel e com dificuldade levando ate o mais velho que o pegou sorrindo.

-Toco sim amor- ele disse colocando a mais nova ao seu lado na cama.

Don’t try to make me stay or ask if I’m okay (Não tente me fazer ficar ou perguntar se eu estou bem)

I don’t have the answer (Eu não tenho resposta)

Don’t make me stay the night (Não tente me fazer ficar a noite)

Or ask if I’m alright(Ou me perguntar se vou ficar bem)

I don’t have the answer (Não tenho resposta)
 

Ele começou a cantar e a mais nova sorriu ao ouvir a doce voz do mais velho que tinha ao seu lado uma partitura com as notas, porém a letra vinha em sua mente naquele momento.

Heartache doesn’t last forever(Mágoa não dura para sempre)

I’ll say I’m fine(E eu vou dizer que estou bem)

Midnight ain’t no time for laughing,(Meia-noite não é hora para rir)

When you say goodbye(Quando você diz Adeus)
 

It makes your li-i-ips, so kissable (Isso torna seus lábios tão beijáveis)

And your ki-i-iss, unmissable (E seu beijo imperdível)

Your fingertips so touchable( Seus dedos tão tocáveis)

And your eyes, irresistible.(E seus olhos, irresitiveis)
 

I’ve tried to ask myself (Eu tentei perguntar para mim mesmo)

Should I see someone else(Se eu devo sair com outro alguém)

I wish I knew the answer(Queria saber a resposta)

But I know if I go now (Mas eu sei se eu for agora)

If I leave and I’m on my own tonight (Sair e ficar sozinho esta noite)

I’ll never know the answer (Eu nunca vou saber a resposta)
 

Midnight doesn’t last forever (Meia-noite nunca dura para sempre)

Dark turns to light (A escuridão vira luz)

Heartache flips my world around (Magoa gira meu mundo)

I’m falling down, down, down that’s why( E eu estou ficando para baixo e é por isso que )
 

E então para surpresa do moreno a pequena cantou o refrão junto com ele o deixando com lágrimas nos olhos, assim como a menor já as tinha. De algum jeito ela sabia que Zayn estava mal e sabia que a musica era o seu interior falando, talvez seja aquele negocio de que crianças por serem mais puras percebem e nos entendem melhor, as vezes até melhor que nós mesmos.

I find your li-i-ips, so kissable
 

And your ki-i-iss, unmissable
 

Your fingertips so touchable
 

And your eyes, irresistible.

 

Irresistible

It’s in your lips and in your kiss (Está na sua boca e nos seus beijos)

It’s in your touch and your fingertips (No seu toque e nos seus dedos)

And it’s in all the things and other things (Em todas essas e outras coisas)

That make you who you are(Que faz você quem você é)

And your eyes, irresistible(E seus olhos irresistiveis)
 

It makes your li-i-ips, so kissable

And your ki-i-iss, unmissable

Your fingertips so touchable

And your eyes (and your eyes)

And your eyes

And your eyes

And your eyes
 

And your eyes, irresistible.
 

E então as ultimas notas e as ultimas letras da canção fora ouvida, o garoto colocou o violão encostado em sua cama e abaixou a cabeça mantendo o rosto entre as mãos, até que sentiu duas pequenas mãos o puxarem e logo Em estava sentada em seu colo enquanto sorria para ele.

-Vuce ta assim pucausa da mana com o mano num é?- ela perguntou e ele sorriu com os olhos ardendo e vermelhos- fica assim num eu caso cum vuce quando eu clescer- ela disse e ele gargalhou deixando enfim as lágrimas caírem e se permitiu ali nos braços da pequena Emily chorar tudo o que ele queria, agora ele sabia que ia ter que aceitar esse namoro logo e ajuda-los se for preciso...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...