História All Of The Stars - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias Alexandra Daddario, One Direction, Zayn Malik
Personagens Alexandra Daddario, Niall Horan, Personagens Originais, Zayn Malik
Tags A Culpa É Das Estrelas, A Ultima Música, Alexandra Daddario, Drama, Harry, Harry Styles, Liam, Liam Payne, Louis, Louis Tomlinson, Morte, Niall, Niall Horan, One Direction, Percy Jackson, Romance, Sexo, Zayn, Zayn Malik
Visualizações 18
Palavras 2.014
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Hentai, Mistério, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Yuri
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 22 - Twenty one


O loiro abriu os olhos lentamente, sentia um peso sobre seu corpo e um calor a mais naquele ambiente, olhou para os lados e encontrou Anne deitada sobre seu peito. Um sorriso bobo surgiu em seu rosto, notou os vestido e os saltos da garota jogados pelo quarto, ela usava apenas uma camisola vermelha que contrastava com a pele alva da garota.

-Niall amor- ela o chamou ainda de olhos fechados.

-Te acordei?- ele perguntou acariciando-lhe o rosto.

-Não, acordei sozinha- ela sorriu abrindo os olhos- O que foi amor?- ela perguntou assim que viu que o garoto sorrir e não dizer nada.

-Só estou pensando comigo mesmo- ele disse se acomodando ao lado da garota, deixando os rostos colados- Gostou da formatura?- ele perguntou a vendo assentir- Você e Zayn se divertiram?- a morena fez careta com tanta pergunta, mas apenas assentiu confirmando novamente- Amor se eu morrer, você me promete que vai seguir sua vida normalmente?- ele perguntou vendo-a arregalar os olhos.

Às vezes me pergunto se

Eu viverei sem ter você

Se saberei te esquecer

-Do que você está falando?- ela perguntou seria.

-Você sabe, um dia eu posso morrer, a qualquer hora- ele suspirou- e eu vejo você e Zayn juntos e penso, que poderia dar certo, mas eu não quero que você fique presa a mim- ele disse a vendo sorrir.

-Eu prometo que não ficarei, mas também nunca vou te esquecer e eu sei que você não vai morrer também, então não vamos falar mais sobre isso ok?- ela disse selando os lábios dos dois em um longo selinho.

-Então vamos fazer o que? Agora eu já não estou com sono- Niall comentou sorrindo.

-O que você quer fazer amor?- ela perguntou se ajeitando no colo do loiro, que já sorria largamente e deslizava suas mãos pelas pernas da garota que estavam dobradas ao lado de seu corpo.

Passa um momento e eu já sei

Você é o que eu quero ter

Inesquecível para amar

Sem dizer mais nada o loiro puxou a garota pela nuca e selou os lábios em um beijo carinhoso, onde as línguas se acariciavam e os lábios se encaixavam com perfeição. No momento em que as mãos do garoto deixaram de acariciar a nuca dela e passaram a adentrar a camisola dela e depositar apertões em suas coxas e nádegas, o beijo antes carinhoso se tornou mais violento.

As línguas que antes se acariciavam, agora travavam um tipo de batalha em suas bocas, as mãos da garota arrastaram as unhas por toda extensão do abdômen do garoto, parando no cox da calça, que logo foi puxado pela mesma. Assim que a calça do loiro estava no chão, os lábios voltaram a se encontrar e o quadril da garota começava a se movimentar sobre o membro coberto do loiro, que agora já ganhava vida.

-Cade a menina inocente da ultima vez?- o garoto perguntou entre suspiro

-Ficou lá- ela respondeu depositando beijos pela extensão do pescoço alvo do garoto.

Mais que uma história pra viver

O tempo parece dizer

Não, não me deixe mais

Nunca me deixe

Quando o pescoço do garoto já se encontrava vermelho o suficiente ela passou a distribuir beijos e linguadas no abdômen do garoto, parando para beijar as manchas roxas que ele tinha em seu corpo por causa de sua doença, ato que fizera o garoto sorrir alegremente pra a garota que agora depositava beijos em cima da box vermelha do garoto, onde já era possível ver um grande volume.

O loiro soltava pequenos gemidos e alguns longos suspiros quando sentia os labios sobre o pano da box ou então as unhas dela cravando em suas coxas. Trocando alguns olhares e sorrisos com o garoto ela levou a mão para dentro da box envolvendo o membro do garoto em sua delicada mão, assim que os movimentos de vai e vem começaram, Anne pode ver o garoto jogar a cabeça para trás e abrir a boca para suspirar.

Vendo-o ali tão entregue e com aquela expressão prazerosa e sofrida no rosto, ela tomou coragem para fazer algo que nunca pensou em fazer, e assim que ela envolveu a cabeça do membro do rapaz com a língua ouviu um gemido de surpresa escapar pelos lábios do loiro.Vendo que o seu ato agradara o namorado, Anne começou a movimentar a boca enquanto continuava com o movimento da mão.

A cada minuto que passava os gemidos do garoto ficavam cada vez mais e mais intensos, as vezes apenas gemidos, outras vezes ele dizia palavras desconexas e outras ele simplesmente gemia o nome da garota, a incentivando a ir cada vez mais rápido. Assim que a garota sentiu as mãos do loiro envolver seu cabelo e guiar seus movimentos, ela sabia que ele estava chegando ao seu ápice, então continuou o trabalho com a mão e começou a apertar as bochechas contra a cabeça avermelhado membro do garoto, e assim que ele gemeu enquanto jogava o quadril contra a boca dela e se despejando, ela soube que tinha conseguido fazê-lo gozar.

Quanto mais longe possa estar

É tudo o que eu quero pensar

Não, não me deixe mais

Porque eu te quero aqui

Inesquecível em mim

-Anne aonde aprendeu tudo isso?- o loiro perguntou recuperando o folego.

-Agora- ela respondeu rindo.

-Acho que você tirou um 10 e por isso preciso te compensar- ele sorriu a puxando para mais um beijo, este agora continha a mistura de morango do hálito da garota e o gosto do garoto, que para ele pareceu ser uma boa combinação.

Virando a garota e ficando por cima de seu corpo, Niall abaixou as alças da camisola da garota e logo a retirou jogando-a junto com sua calça e box , sorriu ao notar que ela não usava absolutamente nada por debaixo da camisola. Assim como ela fizera ele deixou chupões e beijos por toda extensão do pescoço da garota, porém enquanto ele trabalhava naquela região uma de suas mãos trabalhavam também na intimidade da garota, massageando o clitóris da menina com movimentos circulares.

Assim que os beijos desceram para a região do seios da garota, os dedos indicador e médio do loiro a penetraram, lhe arrancando um gemido de prazer. Descendo mais os beijos, a língua do rapaz começou a dar atenção apenas aquela área sensível e inchada do corpo da garota. Enquanto a língua brincava, lambia e chupava o clitóris da garota os dedos mantinham o mesmo ritmo de vai e vem, escorregando com facilidade na entrada da garota que agora estava arqueando as costas enquanto puxava os cabelos loiros do garoto e gemia seu nome.

Ouço sua voz e a alegria

Dentro de mim faz moradia

Vira tatuagem sob a pele
 

O quadril da garota se movimentava sozinho contra a boca e os dedos do loiro, que aumentava mais e mais o ritmo conforme sentia as paredes da vagina da morena se contraírem contras os seus dedos. Assim que o garoto chupou o clitóris e aumentou o ritmo das estocadas o máximo que pode, a garota gemeu o nome do garoto enquanto se desfazia em sua boca.

Lambendo os dedos, o garoto se ajeitou entre as pernas da garota, e assim que os lábios dos dois se chocaram o garoto a penetrou com força, e assim se sentindo completos os dois gemeram em aprovação com o repentino contato entre as intimidades. Os dois movimentavam os quadris, um contra o outro intensificando as estocadas que os faziam revirar os olhos.

-Mais rápido Niall- a garota gemeu arranhando suas costas, o loiro apenas sorriu e apoiando na cama começou a dar estocadas mais fortes, fundas e rápidas enquanto sentia as unhas da garota passarem por toda suas costas deixando marcas vermelhas nas mesma.

As orbitas azuis dele não se desviavam das delas, os suor dos corpos se misturavam e aumentava o calor do quarto. O cabelo loiro estava grudado em sua testa e nuca, deixando aquela cena cada vez mais bela para a garota que observava cada detalhe e os guardava na memória.

Te levo sempre em meu olhar

Não canso de te procurar

Entre meus lábios sinto a falta de você

Assim que o garoto começou a se cansar, segurou as pernas da garota as envolvendo em sua cintura e trocou os corpos de posição sem deixar que seu membro se desencaixa-se dela. Apoiando as duas mãos no tórax do garoto e morena começou a movimentar seu quadril, pra cima e para baixo, quicando e mantendo o ritmo.

As mãos do garoto apertavam a cintura da menina prendendo o quadril contra o dele e lhe guiando para rebolar em cima de seu membro. Os dois gemiam o nome um do outro, tentando ao máximo se conter, afinal ainda estavam na casa de Niall e os pais dele estavam em casa, junto com o irmão. O loiro já sentia as paredes vaginas da morena apertarem o seu membro, lhe avisando que o orgasmo de Anne estava por chegar.

-Niall, eu estou quase- ela gemeu rebolando mais contra o membro.

-Então goza comigo Anne- ele pediu mordendo o lábios e sentindo se despejar dentro da garota, e logo o orgasmo dela a atingir molhando todo seu membro.

-Não sei se gosto mais dessa ou dá ultima vez- ela brincou se jogando em cima do peito do garoto.

-Desde que seja com você, pra mim vai ser sempre bom- ele sorriu lhe beijando o topo da cabeça.

E assim, profundamente meu

Pra que pensar que existe adeus

Não, não me deixe mais

Nunca me deixe

Na manhã seguinte, os dois acordaram juntos e sorriram um para o outro, ao lembrar da noite passada. Virando a garota de costas o garoto envolveu o corpo da menina em um abraço e depositou um beijo em seu ombro, a sentindo arrepiar com o singelo toque. Os corpos dos dois ainda estavam suados e o cheiro de sexo estava no ar.

-Niall, Anne desçam para o café- ouviram a voz de Maura soar atrás da porta.

-Já vamos mãe- o garoto respondeu selando os lábios da garota, que sorriu depositando varios beijos pelo rosto do loiro.

-Acho melhor eu ir tomar banho- ela anunciou se levantando e cobrindo o corpo com o lençol da cama.

-Vamos juntos- ele sorriu malicioso

-Sua mãe vai estranhar a nossa demora, então é melhor o senhor ficar quietinho aqui- ela disse empurrando o garoto para a cama novamente.

Já não preciso nem dizer

O quanto eu me apaixonei

Não, não me deixe mais

Nunca me deixe

E vou dizer por que

-Vou descer- Anne avisou assim que terminou de vestir o shorts que tinha trago.

-Já vou - ele disse desligando o registro do chuveiro e saindo do banheiro enrolado em uma toalha.

-Olá querida, como foi a formatura ontem?- Maura perguntou estendendo a ela uma xícara de café.

-Foi ótima, me diverti bastante- ela respondeu soprando o liquido logo o levando na boca.

-Que bom, e Zayn se divertiu também?- ela perguntou se sentando na frente da morena, enquanto pegava uma torrada e enchia de geleia.

-Oh sim, se divertiu bastante também- ela respondeu, mas antes que pudesse fazer ou falar mais alguma coisa, ouviram um barulho vindo da sala.

-Niall filho- ouviram Bob gritar da sala, o que fez Anne, Maura e Greg levantarem da mesa apressados e correram para a sala, onde encontraram Boba ajoelhado ao lado do loiro que se encontrava desmaiado no colo do pai.

Se existe céu

Você sempre será

Inesquecível para amar, oh

Oh, não

-Maura chama a ambulancia e diz que ele caiu da escada- o homem gritou para a esposa que corria até o telefone de casa, o irmão mais velho abraça a morena que se encontrava inconsolável ao ver que o namorado não acordava.

-Eles já estão a caminho, disseram para não tocarmos no corpo- ela disse chorando, os 4 estavam abraçados e chorando enquanto olhavam para o loiro que não abriu os olhos em momento algum...

Não, não me deixe mais

Se eu não tiver você

Agora e sempre vai estar

Preso em meus olhos

Inesquecível em mim



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...