História All We Need Is Love - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony, Nash Grier, Zayn Malik
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Nash Grier, Normani Hamilton, Zayn Malik
Tags Fifth Harmony, Nash Grier, Zauren, Zayn Malik
Visualizações 72
Palavras 1.544
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Escolar, Esporte, Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Peço minhas sinceras desculpas por tanta demora, mas ta realmente difícil, faculdade e essas coisas. Hoje que eu consegui uma folga.

Então, espero que vocês gostem do cap, ele é curto, mas é de coração.

Boa leitura!

Capítulo 10 - Ah droga


Lauren

2x2 

Ultimo set, estamos sem Camila. Meu pai já tirou, Matthew, do meu pé, mas mesmo assim é dificil jogar com ele presente.

- Tempo! - gritou a técnica Rivera.

Todas em quadra, foram para perto da treinadora.

- Vocês estão querendo me matar? - técnica perguntou e todas nós respondemos que não. - Então, por que caralhos vocês estão fazendo isso em quadra? TA 20 A 19 PRA ELAS CARALHO!

- Técnica, me coloca. - disse Camila. - Eu prometo chegar no horário amanhã, por favor!

- Já disse que não, Cabello. - Rivera, olhou para Alexandra que estava jogando no lugar de Camila. - Daddario, senta. - ela olhou para Camila. - Vives, você entra.

O juiz apitou, todas voltamos pra quadra.

- Você acha que a técnica vai deixa a Camila de fora amanhã? - Lucy perguntou pra mim.

- Se a gente passar, talvez não.

-----

Nós conseguimos nos classificar! Ashley fez o de empate, Dinah o de virada e eu o ponto do set. Estávamos comemorando, um abraço em grupo maravilhoso. Todas estavam sorrindo, até a treinadora Rivera.

- Ok, Ok! - disse a treinadora. - Amanhã todas aqui, sem atrasos! É a grande final, ouviu Cabello?  - Camila assentiu e todas rimos da cara dela. - Ta, podem ir.

Fui pegar minhas coisas no banco e comecei a andar até a saída da quadra. Pude ver minha família comemorando, meus amigos também e meu namorado. Olhei melhor para Laurence, e tinha uma menina ao lado dele, eles estavam rindo. Dei uma olhada pra trás e pude ver uma Camila bem mal humorada.

Eu coloquei o pé para fora e a primeira pessoa a vir na minha direção, foi obviamente ele, Matthew.

- Fez um bom trabalho na quadra hoje, Lauren. - ele disse.

- Quando que você vai embora mesmo? - disse e ele riu.

- Lauren! - minha mãe chegou me repreendendo. - Matthew, vai ficar o quanto ele quiser. - os dois olhavam pra mim com sorrisos nos rosto. Simplesmente passei pelos dois.

- Eu vou passar esse tempo no Zayn. - disse vendo meu namorado descer pela arquibancada.

- Lauren. - minha mãe me repreendeu de novo, me virei pra ela.

- Brincadeirinha - disse com um sorriso cínico no rosto.

Ou não.

---------

3 meses depois.

Eu cheguei no meio de uma confusão. Zayn estava separando uma briga entre Isaac, Tyler e Stiles. As meninas estavam na frente do restaurante ao redor de Camila que chorava como um bebê e meu irmão ia pisando fundo até o carro.

- Laurence! 

Ele não me deu bola como eu imaginei que ia acontecer, mas mesmo assim eu corri até seu carro, abri a porta do carona e me sentei.

- Não interessa onde você vai, mas eu vou junto e a gente vai conversar - ele me olhou com aquelas duas órbitas azuis, depois olhou para o volante e ligou o carro. - Ótimo que você não discordou.

- Não me faz mudar de ideia. - ele falou dando partida no carro.

Alguns minutos na estrada, um silêncio irritante entre nós.

- Pergunta logo, Lauren, ta me irritando. - ele disse parando o carro na sinaleira.

- Já que você insiste tanto. - disse em um tom brincalhão e ele me olhou sério. - Ok! - levantei os braços em rendição. - O que aconteceu?

- Terminei com a Camila. - ele disse e minha boca formou um 'O' perfeito. - Eu não tava mais aguentando o ciúme dela, não tava mais aguentando as brigas e ainda tinha a nossa mãe em cima o tempo todo.

- Se você não tava mais se sentindo bem, você tomou a decisão certa e eu vou ta sempre do seu lado, Sun. 

- Obrigado, Moon. - o telefone dele começou a tocar, ele o pegou do bolso da calça, olhou e me deu. - É a mamãe, atende.

Apertei o botão verde e a voz de dona Clara se fez presente. Laurence deu partida no carro quando o sinal se abriu, continuei falando com a minha mãe até chegarmos em casa.

Quando entramos em casa, Laurence subiu direto pro quarto dele. Olhei pro sofá e vi meu pai, tio Morris e tio Matthew conversando sobre futebol obviamente.

- Lauren. - minha mãe veio me cumprimentar. - Onde estar seu irmão?

- Da espaço pra ele. - disse indo pra cozinha. - Ele acabou de terminar com a Camila.

- A é mesmo? - olhei pra trás só pra confirmar a cara de satisfeita que minha mãe fazia. - Bom saber. - sua cara mudou pra uma cara pensativa.

Nada bom, nada bom.

Abrir a geladeira, peguei meu pote de nutella. Ouvi alguém entrar pela porta que dava acesso a piscina, fechei a geladeira e era Justin. Ele era novo na cidade, novo na escola e trabalhava como jardineiro na minha casa nas horas vagas. 

Se eu não namorasse, eu provavelmente pegaria ele, fácil.

- Boa tarde, Justin. - disse.

- Boa tarde, senhorita Jauregui. - ele disse olhando pra mim e depois pra alguém atrás de mim. - Boa tarde, senhor Jauregui e senhor Blackburn. 

- Por favor, Justin, só Isaac e Tyler ta ótimo. - Isaac disse.

- Sim sen...Isaac. - ele disse e deu um sorriso tímido.

- Nem é tão difícil assim. - Tyler disse. - A gente estuda na mesma escola, tem várias aulas juntos.

- Não gosto de misturar minha vida pessoal com trabalho.

- Muito bem, Justin, isso é muito bom. - a voz da minha mãe se fez presente e eu nem lembrava que ela ainda estava na cozinha. - Muito bom saber que você tem esse tipo de atitude, difícil terem esse tipo ainda, principalmente na idade de vocês. - olhei para minha mãe e ela estava olhando pra mim. - Viu Lauren, um ótimo menino, trabalha, de boa família. 

Eu simplesmente não acredito que ela está fazendo isso! Ouvi risadas de Isaac, Tyler e Laurence entrando com os olhos vermelhos, rosto inchado e uma cara de puto com a vida.

- Mãe, para de empurrar o Justin pra Lauren, ela tem namorado. - meu irmão disse abrindo o armário do lado da minha mãe, ele virou para Isaac e Tyler. - Bateram nele? - os dois negaram com a cabeça. - Ta, eu to indo pro meu quarto e não quero ser incomodado pro resto da semana.

Ele simplesmente saiu com vários doritos pro quarto, será que são os meus? Se for, hoje eu vou deixar, mas só hoje também, quero que ele me devolva. Meu celular vibrou no meu bolso, peguei e era uma mensagem de Dinah.

Dinah: Onde você está?

Eu: Em casa, pq?

Dinah: Vem pra minha casa AGORA!!!

Eu: Ah santa mãe

Bloqueei a tela do meu celular.

- Mãe, eu to indo na Dinah. - guardei minha nutella na geladeira. Poxa, eu nem cheguei a colocar na boca, droga.

- Quer que eu te leve? - a voz grossa de Matthew atrás de mim, fez todos meus pelos se arrepiarem. Olhei pra ele com uma cara de por que? - Eu to indo pro mesmo caminho.

- Como você sabe o caminho da casa da Dinah? - perguntei.

- Tive que deixar Isabela lá esses dias, então quer que eu te leve?

- Ta pode ser.

Nós dois fomos saindo de casa em um silêncio impressionante e esse silêncio foi até pararmos na primeira sinaleira.

- Como ta a faculdade? - perguntei

- Achei que você não queria falar comigo e esse tipo de coisa. - ele falou.

- Eu já to tendo que te suportar a um bom tempo e você ta me dando carona. - eu olhei pra ele e ele tava olhando pra mim. - Então, como ta a faculdade?

- Não ta tão difícil assim, mas to tentando pegar transferência pra faculdade de Miami, fica mais fácil pra mim. - ele olhou pro sinal rapidamente e voltou a olhar pra mim. - É mais fácil de pegar estágio e essas coisas. Como ta a escola, já sabe o que vai fazer?

- Você ta se sentindo bem fazendo Direito? Você queria ser um grande jogador de vôlei e agora ta pedindo transferência pra continuar nisso, você realmente ta se sentindo bem? Realmente valeu a pena terminar comigo e perder o teste pra seleção pra seguir o sonho do seu pai? Por que você não me parece bem, Matt.

- Fala de novo. - ele pediu.

- Você ta ...

- Não, não, o apelido.

- Matt - ele sorriu pra mim e aquelas duas esmeraldas brilharam.

- Senti falta disso, senti falta de você. - ele foi se aproximando e em nenhum momento eu pensei em desviar, eu sentia tanta falta dele. Quando a mão dele já estava na minha nuca e pronta pra me puxar pra mais perto, o carro de trás buzinou e eu me afastei.

- O sinal abriu!

Ele deu partida no carro novamente, em um piscar de olhos eu tava na frente da casa de Dinah, eu abri a porta, mas fui puxada. 

- Você gosta dele? Do Zayn? Por que se você falar que não, eu largo tudo pra ficar com você, Lauren.

Porra!


Notas Finais


peço que vejam o trailer por que fica mais fácil pra vocês verem quem é o Matthew e tudo mais. Tem bastante gente pra entrar ainda, tem bastante história ainda.

all the love.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...