História All We Need Is Love - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony, Nash Grier, Zayn Malik
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Nash Grier, Normani Hamilton, Zayn Malik
Tags Zauren
Exibições 38
Palavras 1.454
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Escolar, Esporte, Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Mais um curtinho por que eu to de bom humor!

Capítulo 11 - Danielle


Laurence

Seria possível que eu posso ficar mais triste que eu já to? Eu não queria fazer o que eu fiz, mas Camila estava impossível com o ciúmes dela e minha mãe também cada vez mais em cima de mim. Eu não estava mais aguentando tanta coisa, na verdade eu não to.

eu: você bem que podia ta aqui me ajudando a passar por isso, né.

dani: eu queria muito, mas só vou conseguir chegar ai no feriado.

dani: :( :(

eu: droga!!

eu: aaaaaaaa!

eu: quero morrer!!!!

dani: Laurence Miguel Jauregui-Morgado, NÃO!

dani: como eu vou ficar? Não posso te perder.

eu: você melhora tanto meu dia, obrigado por existir!

Danielle Campbell, a razão do meu termino, mas uma ótima amiga. A gente se conheceu na internet, mas é como se a gente sempre tivesse se conhecido, tipo desde pequenos. Ela me ajuda em muitas coisas e principalmente quando eu brigo com a minha mãe, a gente sempre faz uma chamada de vídeo quando isso acontece e eu quero muito conhecer ela pessoalmente. 

Isaac e Tyler entraram no meu quarto.

- Você vai ficar sem falar com a gente mesmo? - Isaac perguntou.

- Yep.

- Laurence, sério? - Tyler perguntou.

- Yep.

- Você vai treinar amanhã? - Isaac perguntou de novo.

- Yep.

Os dois saíram da meu quarto, eu fiquei trocando mais mensagens com Danielle, perguntei se não teria como ela ir ver meu jogo mês que vem, mas ela disse que provavelmente não conseguiria. Eu sempre tenho esperança por que o pai dela é militar e ta sempre se mudando, ela me disse que se tudo acontecesse do jeito que ta na casa dela, ela e a mãe dela iam se mudar pra cá.

Eu queria me concentrar ao máximo no futebol por que posso pegar a mesma faculdade que ela. Eu fazia esse tipo de plano com Camila, mas agora eu sei que não vai rolar muito, infelizmente. Eu achei tanto que ia dar certo, mas meu tio tava certo, namoro de escola não dura muito porém é bem contraditório já que meus pais estão juntos desde a escola, pois é.

Eu fui tomar um banho antes de dormir, mas não consegui nem chegar perto do boxe quando reparei que o xampu da Camila ainda tava ali. Fui até o quarto de Lauren, mas ouvir alguns gemidos quando coloquei a mão na maçaneta e preferi ir pro banheiro de hospedes mesmo. Fui bem tranquilo e rápido. 

Eu abri a porta do meu quarto e lá tava ela, sentada na minha cama, rosto meio inchado, olhar em um ponto fixo e provavelmente pensando em várias coisas. Aérea que só ela.

- Oi. - tirei ela de seu transe.

- Oi, seu tio me deixou entrar. - olhando naqueles olhos lindos eu não queria mais deixar ela ir embora. - Eu só vim pegar minhas coisas.

- Ta bom. - ela me olhou de cima a baixo, mordeu o lábio e só ai que eu fui me lembrar que tava de toalha. - Eu vou...vou me trocar. 

Fui até meu guarda roupa, peguei qualquer coisa e fui pro banheiro. Me troquei, peguei o xampu de Camila e saí do banheiro.

- Você realmente não esperou nem um dia, né. - ela tava com meu celular na mão provavelmente vendo minha conversa com Dani. - Um dia Laurence! UMA PORRA DE UM DIA! SERÁ QUE VOCÊ NÃO CONSEGUE PARAR DE ME MACHUCAR UM MINUTO? - nessa hora ela já estava chorando.

- Camila, eu não vou brigar com você. Eu não aguento mais brigar com você. - eu sentei na cadeira do me quarto virado pra ela. - Você quer gritar, chorar, quebrar tudo, ta bom. Vai em frente, eu vou ficar aqui sentado por que mesmo depois de eu te falar tudo o que eu já te falei, depois da gente terminar, você continua com a mesma coisa e eu não posso fazer mais nada.

Ela simplesmente colocou o celular em cima do criado mudo, pegou as coisas dela e saiu do quarto. Fui pegar meu celular, mandei mensagem pra Dani contando o que aconteceu e ela simplesmente não acreditou, a gente ficou conversando até eu pegar no sono como sempre.

---

Quando eu acordei no outro dia tinha várias mensagens, ligações e chamadas de vídeos da Dani e uma mensagem da Camila.

Camila: Eu não queria que tivesse acabado desse jeito Laurence, eu realmente não queria, fui ai hoje pra te dizer que a gente podia consertar as coisas, mas tanto você quanto eu estamos bem machucados. Cada um de um jeito, mas eu sei que nossa história não vai acabar por aqui. Eu prometo pra você que tudo vai se alinhar de novo meu amor, eu te amo tanto e eu vou tentar me consertar.

Camila: Vou deixar suas coisas com Stiles.

A droga, por que ela tinha que ser assim? Eu quero tanto ir na casa dela agora e encher ela de beijos, mas eu sei que eu não posso fazer isso, tenho que dar um tempo tanto pra ela quanto pra mim. Vou ligar pra Dani, tem muita coisa dela e não to conseguindo abrir praticamente nada. Um toque, dois toques.

Ligação on

- Alô? - ela disse em um voz bem sonolenta.

- Te acordei mesmo? Achei que você acordava com as galinhas ai. - disse pegando minha mochila e saindo do quarto.

- Eu não to em casa então não deu muito pra acordar com as galinhas. - ela riu.

- Você ta onde? - perguntei.

- To no aeroporto esperando meu voo pra Miami.

- QUE!?

- É, meus pais se separaram definitivamente e ontem quando você estava dormindo eu estava arrumando minhas malas. 

- Desculpa.

- Tudo bem. Olha só, eu vou chegar no meio da tarde, você quer ir me pegar no aeroporto?

- Droga, eu não vou poder, tenho treino hoje esqueceu.

- Merda! Parece que meu tur pela cidade vai ficar pra amanhã.

- Não! Fala pra sua mãe te deixar na escola e você vem me ver, por favorzinho.

- Ta, eu vou ver com ela.

- Ta eu tenho que desligar. Tchau, te amo.

- Eu te amo, Laurence.

Ligação off

Cheguei na cozinha e não tinha ninguém tomando café, estranho. Peguei uma maçã, tomei um copo de suco bem rápido e saí. O transito tava bem tranquilo de manhã, mas o clima na escola hoje não vai ta tanto não. Vou ter que aguentar praticamente todas as amigas de Camila me olhando torto. Queria ir direto pro treino hoje e ver Danielle.

Cheguei no estacionamento da Gulliver e Stiles estava me esperando. Sai do carro e fui até ele.

- Não precisava me esperar aqui fora. - nós fizemos nosso toque.

- Será que você realmente não fica feliz em me ver? - ri de seu comentário. - Como você ta?

- Tudo tranquilo. Pronto pro treino hoje? Temporada começa daqui a duas semanas.

- Não sei que o treinador vai me manter, tem um cara novo que veio transferido do Canadá com o Justin, um tal de Shawn, mas ninguém sabe se é bom. - Stiles parou e ficou na minha frente.

- O que foi?

- Tem uma menina olhando pra você e ela é muito bonita.

- Stiles, não.

- Qual é, você ta solteiro e eu provavelmente também.

- Que? Como assim?

- Briguei com a Malia por sua causa. - fiz uma cara de espantado. - É pois é.

- Ta, posso olhar a menina?

- A claro. - Ele saiu da minha frente.

Era ela, Danielle, ela mentiu pra mim na cara dura. Fui correndo até ela e a abracei.

- Achei que só vinha no final da tarde. - disse depois que a larguei.

- Você realmente não leu nenhuma mensagem minha. - ri do seu comentário como sempre.

A abracei novamente e eu não queria mais largar. Ela se tornou tão importante pra mim em tão pouco tempo, eu realmente não quero me desfazer desse abraço. Ela está aqui.

- Laurence, por favor me larga!

- Não. - ouvi ela rir e ela começou a apertar minha barriga. - Ta bom, ta bom.

- Não é como se eu fosse fugir. - eu já tinha largado ela. - Você é bem apegado as coisas né?

- Minha irmã diz que é por que eu sou de câncer, não sei o que isso significa, mas é isso ai.

- Puta merda verdade!

- O que louca? - perguntei confuso.

- Você é canceriano.

- Nem pra me apresentar. - a voz de Stiles se fez presente.

- Stiles, Danielle. Danielle, Stiles.

Os meus melhores amigos se conheceram. YES LAURENCE!


Notas Finais


all the love


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...