História Allana And The Boys - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Álcool, Allana Casting, Brigas, Comedia, Drama, Drogas, Festas, Incesto, Romance, Spoilers, Wolf Kawaii
Exibições 51
Palavras 1.417
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Fluffy, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Boa leitura mozamores ♥

Capítulo 5 - Available


Fanfic / Fanfiction Allana And The Boys - Capítulo 5 - Available

Nova York - Manhattan - terça, 12:07 A.M

Point Of View Allana Casting

 

Porque tem que estar frio? Hoje não poderia estar pelo menos uns vinte graus e um sol delicioso para me esquentar?

Tomo mais uma xícara de chocolate quente enquanto assisto o jornal, hoje está exatamente dez graus. Parece que a temperatura está mais baixa do que no ano passado. Puxo um pouco mais o cobertor para cima para cobrir meus ombros, mudo de canal repetidas vezes não querendo ver uma a matéria sobre um acidente envolvendo um ônibus e um caminhão

- Tiaa - escuto a voz da Diana me chamar atrás da porta, ela toca a campainha e bate algumas vezes na porta

- a porta tá aberta pequena, pode entrar - falo para não ter que levantar da minha zona de conforto, ela logo aparece na porta e fecha a mesma após entrar na sala, pela primeira vez vejo ela com o cabelo preso em duas Maria chiqinhas

- tia, um cachorro fez cocô lá no jardim - ela me avisou subindo no sofá, eu joguei um pouco do cobertor em cima dela e revirei meus olhos

- é sério? - perguntei não acreditando, eu mereço, tanto lugar pra fazer as necessidades esse cachorro tem que fazer logo aqui?

- é sério - ela disse fazendo uma careta

- olha, fica aqui que eu vou lá limpar e já volto - falei dando um sorriso, me levantei do sofá e fui até meu quarto, coloquei minhas botas por cima das meias que eu já estava usando e fui para fora de casa, o vento frio chicoteou meu cabelo e meu rosto me fazendo estremecer, peguei uma mangueira que estava pendurada ao lado do meu arranjo de flores e liguei à torneira, depois que limpei a sujeira aproveitei a água para molhar um pouco o jardim, assim que me virei para fechar o registro vejo o garoto tatuado de ontem pisando no meu gramado - SEU IDIOTA! NÃO TÁ VENDO QUE TEM CALÇADA NÃO?

- tô vendo, mas eu piso onde eu quiser - ele falou

- se você não tirar suas patas do meu gramado eu vou jogar água em você - ameacei já me irritando. Será que sempre que encontro esse idiota ele tem que me irritar? Ele me ignorou e caminhou em direção a sua casa ainda pisando no gramado, mirei a mangueira nele e deixei a água atingi-lo em cheio

- você é louca? - ele perguntou se virando para mim, eu o ignorei e fui fechar o registro para guardar a mangueira no seu lugar - além de louca é surda também?

- quer levar outro banho?

- você é idiota - o tatuado falou chegando perto de mim

- não sou eu que fico pertubando a vizinhança, então acho que o idiota aqui é você - retruquei

- papai, tia, oque tá acontecendo? - a Diana perguntou aparecendo na porta de casa, eu a olhei de boca aberta

- ele é seu pai? - perguntei não acreditando nas palavras dela

- porque você tá chamando essa louca de tia? - o garoto perguntou

- porque ela é minha tia agora ué - ela falou levantando as mãozinhas

- Ana você devia ir para casa - ele diz

- mas eu quero assistir aqui com a tia - ela rebate com o pai

- Diana vai pra casa - ele avisa mais uma vez, a Diana faz cara de choro e se despede de mim entrando na casa dela em seguida

- VOCÊ É IDIOTA? OLHA COMO VOCÊ FALA COM SUA FILHA! - eu grito com ele

- E OQUE VOCÊ TEM HAVER COM ISSO? A FILHA É MINHA, E EU NÃO QUERO ELA PERTO DE VOCÊ, DÊS DE QUE VOCÊ CHEGOU SÓ TEM ME CAUSADO CONFUSÃO - ele me responde da mesma maneira, fico sem palavras por alguns segundos por conta do choque que as palavras dele me causaram

- EU TENHO CAUSADO CONFUSÃO? VOCÊ NÃO ACHA QUE TROCOU OS PAPÉIS NÃO?

- AH SIM! LÓGICO! FOI EU QUE CHAMEI A POLÍCIA, DEI UM SOCO NA SUA CARA E TE MOLHEI COM ÁGUA FRIA EM PLENO INVERNO - ele diz sarcástico, me lembrei do soco que dei na cara dele, e isso, por algum motivo me fez rir - você é louca - ele fala e vai para sua casa. Volto para casa e bato a porta com força. Eu louca? EU LOUCA? Idiota! garoto idiota! Ele acha que pode me deixar longe da Diana e ainda por cima me chamar de louca? Não, não pode.

Tomo um banho rápido e me troco rapidamente [link nas notas finais], arrumo o meu cabelo em um rabo de cavalo, pego minha carteira e celular e coloco dentro da bolsa, assim que saio de casa percebo que não está mais tão frio como da última vez que vim para fora, vou até a casa do senhor imbencil e toco a campainha, alguns minutos se passam até que o John abre a porta com um sorriso nos lábios

- oi Allana, olha, dessa vez não errei seu nome - nós rimos e eu afirmei com a cabeça

- ainda bem, é... A Diana está aí? - perguntei encolhendo os ombros

- ela está brincando no quarto dela, quer entrar? - ele perguntou abrindo mais a porta para me dar espaço, eu agradeci e pedi licença antes de seguir o caminho do quarto da Diana, assim que abri a porta do quarto dela vejo a garota de costas para mim sentada com as pernas cruzadas brincando com algumas bonecas, parece que ela sentiu minha presença porque assim que eu sorri ela se virou

- tia? Você veio brincar comigo? - ela perguntou sorrindo, fui até ela e me sentei ao seu lado

- eu vim fazer algo melhor, que tal a gente ir no parquinho? - perguntei, ela bocejou e coçou o olho com a costa da mão

- ebaa eu quero ir - ela disse e bocejou novamente

- parece que alguém tá com sono - falei sorrindo

- não, eu não tô com sono não, eu quero ir brincar com você no parquinho tia - ela disse se levantando do chão

- olha, vamos fazer assim, hoje você dorme e amanhã quando você chegar da escola eu te levo no parquinho - tentei negociar com ela

- tá bom... Tia me coloca pra nanar? - ela perguntou com voz de sono

- claro, vem - eu peguei ela no colo e a deitei na cama, a enrolei com seu edredon azul claro e me ajoelhei ao lado da sua cama para mexer em seu cabelo

- tia, você gosta de mim? - eu franzi o cenho com a sua pergunta e continuei mexendo em seu cabelo

- que pergunta mais bobinha pequena, é lógico que eu gosto - a assegurei

- é por que a Rachel nem fala comigo...

- quem é Rachel? - perguntei por curiosidade

- a namorada do meu papai - ela respondeu - conta uma história pra mim?

- tá bom - pensei um pouco em alguma. Não mnadambro de nenhuma história de princesas por inteiro - pode inventar uma história? - ela afirmou com a cabeça já fechando os olhos - era uma vez, uma princesa chamada Diana, ela era muito linda e simpática... - quando olhei para ela novamente percebo que ela já dormiu, sorri com a cena fofa e arrumo o edredon para que cubra os braços dela, quando me viro para a porta vejo um vulto de alguém, como se estivessem nos olhando, vou até o corredor e olho ao redor não vendo nada.

Vou para a sala e vejo John sentado em uma poltrona azul escura lendo um livro que pela capa deve ser de psicologia

- ei - chamo a atenção dele - só por curiosidade, mas... Foi você que estava me observando no quarto da Diana?

- não, eu estava o tempo todo aqui na sala, porque? - ele pergunta tirando seus óculos de leitura do rosto e pondo o mesmo em cima do livro

- nada não, deixa quieto, obrigada por me deixar ver a Diana - agradeci indo em direção à porta

- disponha - ele disse sorrindo enquanto eu saía para fora da casa.

 

*No próximo capítulo*

  - tudo bem, oque você tá fazendo aqui? Você não cansa de brigar não? - perguntei para o garoto tatuado e depois para o bolo que ele estava segurando.


Notas Finais


Roupa da Allana | https://goo.gl/images/wA3jTe |

Heloo genteee. Desculpe-me pela demora, mas pra compensar já escrevi o próximo capítulo e irei postar aqui assim que revisar. Eu ainda não revisei esse capitulo então me desculpe qualquer erro ^^

Obrigada pelos favs de vocês suas lindas ♥ {amo esse coraçaunzinho preto}

Até o próximo capítulo, kisus.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...