História Almas Gêmeas - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias VIXX
Personagens Hongbin, Leo, Ravi
Tags Leobin
Exibições 9
Palavras 731
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ficção
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 8 - Sequestrado


Fanfic / Fanfiction Almas Gêmeas - Capítulo 8 - Sequestrado

Pov: autor 

Estava com fome, sua garganta estava seca e sua cabeça doía muito. 

Tentou se mover,  mas seus braços e pernas estavam imobilizados. Estava deitado sobre uma confortável cama.

Bem diferente da cama de hospital ,  desconfortável e fria.

Notou que ainda usava a faixa da cirurgia, que estava envolta ao redor a cabeça. 

Franzir o ceno confuso.

Em um momento estava no hospital, e agora estava amarrado em um lugar desconhecido.  

Ouviu passa os descerem a escadas o seu parecer.

- finalmente acordou. Dormiu bem meu amor?- essa voz... Não, não podia ser.

- Ravi , o que está acontecendo e porque estou aqui?!- Hongbin estava assustado, porque seu primo faria tal loucura?.

- não grite comigo! Sabe o duro que dei para tirar você do hospital ? - Era  a primeira vez que seu primo he gritava dessa forma.

Com descontrole , irá  e mágoa na voz.

- E olha que você  não é nada leve!  –  o jovem estava começando a se assustar.

- queriam te tirar de mim, mas fui mais esperto...-  agora seu tom era vitorioso, porém com pouco de rancor.

- Aqui ninguém vai nos encontrar , e podemos ser felizes. –  seus humor estava oscilando ,  apavorando o jovem.

Ravi estava decidido a ficar com o menor, por isso o sequestrou .

Em seu desespero ,pensou ser a única opção que tinha . Se o menor não seria seu por bem , então ele teria que dar um jeito.

Aproveitou a noite , quando menor estava sozinho e os corredores livres. 

Hongbin por estar cedado pela medição pós cirurgia não percebeu nada.

Havia preparado tudo com antecedência. Calculado minuciosamente para tudo sair perfeito .

- Ravi , preciso ir embora o médico vem me avaliar. – Tentava argumentar o jovem .

- Não ! Você vai ficar assim para sempre.  Você  prescisa de mim.- 

Seu tom de voz oscilava entre, desesperado , agressivo e dócil .

- do que está falando , Ravi me solta !- nesse estante  foi esbofeteado pelo loiro.

- já disse para não gritar! - no mesmo instante acaricia o rosto do jovem .

- desculpe... Eu não queria, mas você fica gritando .-  Ravi se levantou,  andando de um lado a outro.

Só queria que Hongbin o amasse, que não o abandonasse. Mas com a maldita cirurgia ficaria difícil . 

  Ele seria independente e não prescisaria mais de si. E isso não podia acontecer.

- Eu te amo e tudo ficará bem.-  Sua voz agora era doce e gentil . 

Porém o menor ainda sentia medo.

Esse não é o Ravi que conhecerá quando chegou. Ou talvez sempre foi , só que não queria admitir .

Sempre achou estranho como ele o tratava. Sempre carinhoso demais , protetor demais, nunca o deixando só .

Mesmo com seus amigos o advertindo , era difícil reconhecer que seu primo e seu sangue era um psicopata .

As coisas horríveis que ouviu falar dele, o ódio que as vezes transparecia em sua voz.       

Esse era o verdadeiro Ravi? 

Porque se era, Hongbin não queria mais como parte de vida.

- vou trazer sua comida, se você se comportar eu te solto. - Disse deixando um beijo na testa do menor.

Hongbin apenas se encolheu  na cama. 

Queria ir embora e sobretudo queria ver Leo , ao menos uma última vez.

No hospital . 

Sons de passos andando de um lado a outro eram ouvidos pelos corredores do hospital . 

 Hongbin havia sumido e ninguém sabia como.

Ao entrar em seu quarto pela manhã,  a enfermeira não o encontrou.  A única coisa  havia  era suas roupas e nada mais.

Seus tios foram chamados e ficaram surpresos e preocupados. O jovem estava se recuperando de uma cirurgia e não podia sair assim .

A polícia foi chamada e a hipótese de sequestro fora cogitada, mas que faria tal barbaridade ?

Taekwoon entrou desespero , seu menino não estava e sentia que algo ruim estava para acontecer .

- Ravi não está em casa. Quando ele souber do primo vai ficar muito triste .-  Dizia o tio de Binnie , com preocupação .

Foi aí que um flash de luz iluminou o médico.

“ Ele corre perigo com Ravi por perto.”

Lembrou-se do sonho e do aviso que recebeu,  e só a idéia lhe tremer.

  Tinha que salvar Hongbin, tinha encontrado seu verdadeiro amor e não o perderia de novo . 

Mas por onde começar ? 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...