História Alone - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Kuroko no Basuke
Personagens Aomine Daiki
Tags Não Está Ok
Exibições 43
Palavras 514
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Esporte, Romance e Novela
Avisos: Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oeee, tudo bom? Espero que sim
Não tenho muito a falar, só que eu escrevi para te fazer refletir um pouquinho sobre o preconceito existente na socioedade hoje, então opr favor, reflita um pouco sobre isso

Capítulo 1 - Capitulo Unico


Fanfic / Fanfiction Alone - Capítulo 1 - Capitulo Unico

Aomine Daiki se preparava para lançar a bola na cesta novamente. Já com 22 anos, o sonho de jogar em um grande time de basquete ainda não havia sido alcançado. Ele se encontrava no grande ginásio de um complexo esportivo público, sem rumo algum.

Ele sabia da sua habilidade, mas também sabia o porquê de não conseguir entrar em nenhum time.

“Viadinho de merda”

Desde que uma revista qualquer havia vazado uma foto sua abraçado com Kuroko, sua carreira havia sido destruída, juntamente com sua vida, por coisas que mal tinham a ver com esporte.

“Negros nunca deviam ter saído do pelourinho”

A cada arremesso que fazia, lembrava de um comentário maldoso sobre si, que já havia lido ou escutado.

“Você é só mais um pecador, e vai queimar no inferno”

Bufou irritado, olhando mais uma vez para todas as cartas de admissão com um enorme carimbo vermelho.

Recusado.

“Pode ser viado, mas seja bem longe de mim, e da minha casa”

Lembrou-se das últimas palavras dirigidas a ele pelo pai, será que amar outra pessoa era uma coisa tão repugnantes assim?

“Não podemos permitir que vocês (homossexuais) incentivem as crianças”

A cada crítica, lembrava-se das horas passadas na frente dos livros, das horas na quadra, das horas idealizando como seria sua vida no futuro. Rejeições e mais rejeições, tudo por causa de uma foto publicada, milhares de suposições sobre a sua vida e sua pele.

“Que nojo desse viado”

Se esforçou tanto quanto uma pessoa normal, então por que ignoravam ele? O rejeitavam sem nem ver o que tinha para oferecer? Por que era odiado? Por que não era tratado como um ser humano?

“Em pleno 2016 ainda tem preto jogando basquete? ”

Jogou a bola no chão com a força que conseguiu, e em seguida, sentiu o chão gélido abraçar seu corpo, deixando as lágrimas quentes molharem seu rosto. Não aguentava mais aquilo, não queria mais ser tratado com indiferença, não queria mais ser o alvo do ódio gratuito das pessoas. Não era a primeira vez que pensava em acabar com tudo ali, mas talvez fosse a última...

“Não posso aceitar isso dentro da minha casa”

Levantou-se subitamente, chorando como nunca antes, sua vontade era de ligar para Akashi ou Kise, ele só queria conversar com alguém, mas sabia que ambos os amigos já tinham a vida construída e aquela ligação seria uma perda enorme de tempo para os dois, afinal, acabou se convencendo que era o lixo que todos abominavam.

“Para um negro, você até que é bonitinho”

Olhou para cima, para o assoalho do teto da quadra.

 

Por que eu estou aqui? Não seria melhor se eu sumisse?

 

Balançou a cabeça, tentando, em vão, tirar os pensamentos que vieram em sua cabeça. Kise lhe falara que sempre que se sentisse assim, era bem-vindo para ligar para ele. Até pensou em pegar o celular no seu bolso, mas se arrependeu assim que viu as notificações de seu facebook, cheias de comentários os quais ele já sabia do que se tratavam...

Começou a correr, e correria até que achasse um lugar seguro.

 


Notas Finais


HEEEEY, gostou da historia?
Como eu já pedi nas notas iniciais, deem uma pensada.
Se gostou, favorite e comente.
Até


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...