História Alone? Never More! - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Tokyo Ghoul
Personagens Ayato Kirishima, Hideyoshi Nagachika, Hinami Fueguchi, Ken Kaneki, Kishou Arima, Nishiki Nishio, Rize Kamishiro, Shuu Tsukiyama, Touka Kirishima, Uta, Yoshimura
Tags Altas Brisas, Hidekane, Kanehide, Kaneki X Hide, Lemon, Tokyo Ghoul, Yaoi, Zoeira
Exibições 70
Palavras 1.546
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Lemon, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


AAAAAAAAAAAAAAA SOCORRO
EU JURO QUE QUERIA TER POSTADO ISSO ANTES, MAA O MEU BLOQUEIO MENTAL ATACOU E EU TIVE QUE QUEIMAR MEUS MIOLOS JUNTO COM ESSE SOL DE RACHAR PRA ESCREVER ESSA MISÉRIA DE CAPÍTULO
SORRY MESMO
MAS EU AMO VOCÊS 💜

Capítulo 12 - My Life In The Suicide Ranks


P.O.V. Touka
  Ah, não sei como o Hide conseguiu aguentar todas essas confusões por tanto tempo... Ele me recepciona bem, e antes que pudesse dizer algo, o cortei.

  Touka: Não precisa falar nada! Já sei o que quer. Eu vou falar com o baka-neki!

  Hide: Mas... não é isso. Só queria desabafar um pouco.

  Touka: Hm, agora virei psicóloga? - pergunto me jogando no sofá.

  Hide: Uma psicóloga seria mais educada... Deixando isso de lado, não sei o que faço com aquele garoto!

  Touka: Faça tudo como da primeira vez, ora!

  Hide: Ele não é mais o tipo de pessoa que precisa da minha proteção. É mais provável que ele se apaixone por você, Rize, até mesmo a Yoriko!

  Touka: Vira essa boca pra lá! Com a minha namorada ninguém mexe não! - explodo de raiva. - Sério mesmo que você tá pensando em desistir?

  Hide: Se fizer ele feliz... por que não?

  Touka: PORQUE NÃO!!! Para com essa história de pensar mais nos outros do que em você! Tá parecendo o próprio Kaneki! - o outro arregala os olhos. - Olha só... caso o senhor não apareça na cafeteria amanhã, eu faço questão de voltar a memória dele com uns supapos!

  Hide: Caramba... Tá bem! Quer alguma coisa pra se acalmar?

  Touka: Estou de saída. Tenho que trabalhar. Tô de olho nos dois! - deixo a residência.

  O Hide que eu conhecia mataria e morreria quantas vezes fosse preciso pra manter aquele muleque vivo! E agora ele quer simplesmente deixá-lo ir.

  Sério... qual é o problema desses dois?

P.O.V. Hide
  Não tem outro jeito. Vou ser obrigado a reconquistar o Kaneki se eu não quiser ter minha cabeça decepada pela Touka... mas não precisa ser hoje!

  Subo as escadas em direção ao banheiro. Tomo uma ducha revigorante, visto uma roupa limpa e me jogo na minha cama macia, apenas aguardando pelo dia que está por vir.

  Num piscar de olhos já estava tudo claro. Pelo menos descansei um pouco, mas não tenho a mínima ideia do que dizer.

  Faço minhas higienes, pego meus velhos casaco e fone, e saio de casa em direção a Anteiku. Aproveitaria pra tomar um café da manhã, pois estou com muita preguiça.

  Chegando lá, vejo Kaneki com o uniforme de garçom atendendo aos clientes e começo a rir, porque não importa quanto tempo tenha passado, ele continua sendo um desajeitado de primeira.

  Kaneki: Ohayou, Hide! O que é tão engraçado pra começar o dia rindo?

  Hide: Você... - tento me segurar um pouco, mas não fez diferença. - BWAHAHAHAHAHAHAHAH!! - (isso parece mais uma risada maléfica do que espontânea).

  Kaneki: Ah, vai se ver comigo! - ele bate em mim com a bandeja que estava segurando repetidas vezes, e eu só fazia rir daquela situação. - Desisto! Vai ficar aí parado ou quer sentar logo antes que eu bata mais?!

  Hide: Ok, Vossa Majestade. Eu me rendo! - busco uma mesa.

  Kaneki: Me espera só terminar de atender as outras mesas que eu já volto. - em menos de 10 minutos o mesmo se senta na cadeira a minha frente.

  Hide: Vamos recomeçar... Yo, Kaneki-kun!

  Kaneki: Yo, Hide! Como vai o seu dia? - pensei muito em dizer "Uma porcaria, mas agora está melhor!"...

  Hide: Normal! - ...é, não foi o que eu fiz. - E o seu?

  Kaneki: Acabou de melhorar, já que o meu melhor amigo não me deixou esperando.

  Hide: É mesmo?... - coro. - Esperando pra quê?

  Kaneki: Tá parecendo um tomate! Enfim, queria te levar à um parque aqui perto pra fazer um piquenique.

  Hide: Que coisa de mulherzinha! Qual é o propósito disso?

  Kaneki: Conversar mais, sei lá! Não é sempre que se tem a oportunidade de passar o dia inteiro com alguém.

  Hide: O dia inteiro? - pigarreio.

  Kaneki: Se você puder, claro.

  Hide: Tem comida, eu aceito!

  Kaneki: Sabia. Não esquenta, que vou levar todas as porcarias que você sempre come e tal. Vou pegar a bolsa térmica!

  Que eu sempre como? Ok, isso foi muito estanho. É como se ele nunca tivesse perdido a memória, mas prefiro acreditar na hipótese de um certo alguém ter contado o que eu costumo comer. E é claro que o nome desse certo alguém é Kirishima Touka!

  Nem deu tempo de elaborar muitas teorias e o albino voltou logo me puxando pelo braço pra fora.

  Hide: Vai correr na Fórmula 1, por acaso?

  Kaneki: Que isso?

  Hide: Deixa pra lá! Vamos ou não? - Ken assente e tenho que acelerar o passo pra acompanhá-lo.

  Kaneki: Chegamos!! - exclama com a maior boa vontade, enquanto eu coloco os bofes pra fora de tanto correr atrás dele (literalmente). - Desculpa! Esqueci que você é um humano...

  Hide: Vai! Continua fazendo pouco caso do humano, que daqui a pouco ele morre de asma!

  Kaneki: Sai fora! Vem aqui me ajudar a arrumar essas coisas! - obedeço.

  Depois de ajeitar tudo, nos sentamos em lados opostos e ataquei a comida. Eu realmente estou com muita fome! Incrível como ele acertou o que eu gosto, é só pensar em uma pessoa que só come coisa nada saudável e este sou eu.

  Hide: Como está sendo a vida de ghoul? - pergunto comendo um hambúrguer.

  Kaneki: Um pouco difícil ver as pessoas comendo essas delícias e não poder... mas eu me acostumo! - responde bebendo uma xícara de café. - E vê se fecha essa boca pra comer!

  Hide: Então a comida que trouxe é toda minha?!

  Kaneki: Óbvio! Tá vendo mais alguém aqui que consegue comer comida normal?

  Hide: Tô enxergando pelo menos umas 15 cabeças daqui que poderiam comer...

  Kaneki: Muito engraçado, nota 10/10!

  Conversamos por umas duas horas. Assim que terminamos, fui arrastado pra outro lugar. Era uma praia! (não sei se em Tóquio tem praia, se não tiver, finjam que tem.)

  Hide: O que significa isso?! Vai me enterrar na areia?
 
  Kaneki: Não, não. Vou atolar! Para de ser tão sério! Vamos aproveitar esse sol maravilhoso!

  Hide: Agora você gosta do sol? Nossa.

  Kaneki: Bem, eu vou dar um mergulho. Se quiser, vem junto! - propõe, ficando só de bermuda.

  Hide: Tá fazendo um calor do inferno mesmo! Fazer o quê?! - faço o mesmo e corremos para a água. - Aaaah! Que gostoso!

  Kaneki: Tá, né... - ele começa a salpicar água em mim.

  Hide: É assim, é? - faço impulso para baixo e agarro seus pés, puxando para baixo, fazendo com que o outro quase tenha um ataque cardíaco. - Hahahaha!

  Kaneki: Quer me matar do coração?

  Hide: Não. Eu queria te afogar mesmo!

  Kaneki: Idiota!

  Hide: Ei! O baka-neki aqui é você!

  Kaneki: Da onde surgiu esse trocadilho? - dou de ombros.

P.O.V. Kaneki
  Passamos o resto da tarde naquele lugar, e quando estava quase anoitecendo, nos preparamos para ir embora. Mas o Hide decidiu ficar por algum motivo, me deixando voltar sozinho. Não questionei e apenas segui meu rumo. Só achei estranho, pois ontem me acompanhou, todo preocupado com a minha segurança. Talvez seja só uma fase...

P.O.V. Touka
  Recebi uma mensagem no meio do meu encontro com a Yoriko. Era do Kaneki.

            *Mensagem On*
  K: Touka-Chan, é normal o Hide me deixar voltar pra casa sozinho?
 
  T: Não. Por quê?

  K: Estávamos na praia, e na hora de irmos ele decidiu ficar, sendo que o mesmo estava relutante até pra dar um mergulho. Achei muito estranha essa atitude.

  T: Ele se mostrou muito sério ao longo do dia? É aquela praia que tem um penhasco perto?

  K: Sim...

  T: Kami do céu! Kaneki, corre lá agora!

  K: Huh? Por quê?

  T: Você sabe que dia é hoje???

  K: Dia 12 de junho?

  T: AAAAAAAAAAAAH! SEU IDIOTA! É DIA DOS NAMORADOS! SÉRIO MESMO QUE VOCÊ NÃO PERCEBEU??? (eu sei que lá não é dia 12, mas se eu colocasse feveireiro, ou coisa do tipo, não iria fazer sentido)

  K: Ó, EU NÃO SEI O QUE TEM A VER, MAS TÔ INDO LÁ AGORA! FUI!!!
            *Mensagem Off*

  Touka: Espero que ele consiga chegar a tempo!
  
  Yoriko: Ele quem? Você tá suando!

  Touka: O Kaneki! É de nervosismo! Ele tem que chegar lá antes que o Hide faça alguma besteira!

  Yoriko: Que besteira?!

P.O.V. Kaneki
  Saí desesperado de casa. Sem entender nada.

  Cheguei na beira da praia e não avistei ninguém. Já estava quase escuro, tinha que achá-lo. Procurei pelo tal penhasco que a Touka havia mencionado e corri até ele, escalando com o maior cuidado.

  Se eu fosse o Hide provavelmente já teria morrido antes de chegar no topo.

  E lá estava ele. Prestes a cometer um grande erro, que eu tinha que impedir.

  "Could you ease my load?
   Could you see my Pain?
   Could you please explain
   The Hurting"


Notas Finais


E FOI ESSA MERDA AÍ GENTE
DESCULPA MESMO
MAS EH Q EU JÁ ESQUECI TODAS AS MINHAS IDEIAS ENQUANTO EU RESOLVIA O TRABALHO DE MATEMÁTICA E PENSAVA NO COSPOBRE QUE EU VOU FAZER NA FESTA DE RALOUÍN DA MINHA ESCOLA
ME MATEM SE QUISEREM
BJS NA TETA E SAYONARA! 💋


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...