História Alone? Never More! - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Tokyo Ghoul
Personagens Ayato Kirishima, Hideyoshi Nagachika, Hinami Fueguchi, Ken Kaneki, Kishou Arima, Nishiki Nishio, Rize Kamishiro, Shuu Tsukiyama, Touka Kirishima, Uta, Yoshimura
Tags Hidekane, Kanehide, Kaneki X Hide, Lemon, Tokyo Ghoul, Yaoi, Zoeira
Exibições 71
Palavras 1.497
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Lemon, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


OLÁÁR PESSOAS
DESCULPA
TO EM DEPRESSÃO VENDO O QUE EU FIZ DE UM SIMPLES TEXTO NO BLOCO DE NOTAS
26 FAVORITOS, UMA COISA QUE EU NUNCA PENSEI QUE FOSSE ALCANÇAR
OK, SEI QUE TEM GENTE COM MT MAIS, PORÉM, ENTRETANTO E TODAVIA, NADA ME DEIXA MAIS FELIZ DO QUE VER LEITORES SE PRONUNCIANDO E CONTENTES COM O QUE ESCREVO
ENFIM
É ISSO

Capítulo 14 - You Got It


Fanfic / Fanfiction Alone? Never More! - Capítulo 14 - You Got It

P.O.V. Kaneki

  Kaneki: Shh! Quer que a vizinhança inteira ouça?

  Hide: Como assim "casamento"?! - abaixa o tom e faz aspas com os dedos.

  Kaneki: É burro ou o quê? Sério, qualquer pessoa conseguiria entender a minha proposta facilmente. Se liga: daqui a 6 anos, nesse mesmo dia, nós iremos nos casar. Copiou?

  Hide: Você entendeu o que eu quis dizer! Sabe muito bem que teremos o trabalho de aguentar todos os olhares estranhos e etc...

  Kaneki: Foda-se! Eu te amo e você me ama, acabou! Ponto final! - suspiro. - Olha, nenhum ser humano tem a obrigação de aprovar, mas tem a de respeitar!

  Hide: Ok... você venceu.

  É, nunca vi alguém mais cabeça dura do que esse loiro, a não ser eu! Sei que foi uma proposta meio - totalmente - indecente para se fazer logo após uma tentativa de suicídio, mas queria aproveitar a chance de me casar no dia dos namorados.

  Ainda há muito tempo até esse dia chegar, então quem
sabe não o convenço?

1 mês depois...

  Talvez meus planejamentos estejam indo pro esgoto.

  Já faz alguns dias que tenho vomitado, sentido dores pelo corpo, fraqueza, e escutado o Hide perguntando se eu tô morrendo.

  Mesmo que me ame ao extremo, não perde a oportunidade de fazer alguma piadinha com essa situação, principalmente com um estranho aumento de peso. Diz que é bom que eu engorde, pois assim só ele iria me querer, ou coisa do tipo.

  Estou indo visitar um médico, só pra ele constar que:

  "Ah, Kaneki! Você não tem nada, é tudo por conta da sua transformação em ghoul." como se fosse uma virose.

                          [...]

  Sinceramente... estou muito assustado com o que acabei de ouvir.

  Me retiro paralisado da sala do doutor, não acreditando nisso!

  Hide: E então?! Tem alguma doença? Tá morrendo?

  Kaneki: Não. - continuo andando, deixando Hide para trás. - Mas existe uma criança crescendo dentro de mim!

  Hide: Peraí, quê? - me acompanha. - Por acaso você teve um irmão siamês que partiu dessa pra melhor e agora quer ressucitar?

  Kaneki: Eu tô grávido, seu lesado!!!

  Hide: Cê tá é louco! O que esse doutor deu pra tu? LSD?

  Kaneki: Não, não fumei. Eu vi, Hide! Vi uma vida crescendo dentro da minha barriga!

  Hide: Quem mandou querer ser o uke na primeira vez?

  Kaneki: Baka! Chega de tentar ser engraçado! - mostro uma foto da ultrassom. - Vê isso aqui? É uma criança!

  Hide: Pensei que fosse um tumor.

  Kaneki: AAAAAAAAAAAAAAAAH! O senhor testa a minha paciência! - acelero o passo.

  Hide: Ei! Desculpa! - agarra meu braço. - É que é informação demais pra mim...

  Kaneki: Imagine eu! Só tenho 19 anos, cara! Ficarei parecendo aquelas piranhas de 16 que engravidam, colocam o filho no mundo, pra depois abandonar por aí!

  Hide: Não tinha como saber que um de nós é hemafrodita! A culpa não é sua, e sim de quem tinha conhecimento disso mas permaneceu calado! E quem disse que iremos abandonar essa criança?! Podemos não ter a melhor estrutura econômica, porém cuidaremos dela juntos! - essas palavras me confortam.

  Kaneki: Foi por isso que escolhi você!

  Hide: Eu sei que sou o máximo! Agora, vamos contar pra Touka-chan! - antes que eu pudesse protestar, meu corpo foi rapidamente puxado.

P.O.V. Touka

  Estava limpando o balcão da cafeteria, quando dois loucos desenfreados aparecem de repente na minha frente. Pareciam estar bem ansiosos com algo, por isso já fui logo perguntando.

  Touka: Qual é a boa?

  Hide: Fala, Kaneki!

  Kaneki: O pai é você!

  Hide: Quer dizer que o glorioso Ken Kaneki, como diria o Tsukiyama, é a mãe da relação?!

  Kaneki: Espera, não fo-...! - interrompi.

  Touka: Do que vocês estão falando exatamente?

  Hidekane: Você vai ter um afilhado!

  Touka: É O QUÊ???

  Hide: Essa foi a minha reação ao saber.

  Touka: AAAAH! EU SEMPRE QUIS TER UM HIDEKANEZINHO PRA CUIDAAAAAAAAR! - pulo ansiosamente. - Me digam... qual foi o motivo de terem escolhido adotar tão cedo?

  Kaneki: É que na verdade... eu sou hemafrodita!

  Touka: . . .

  Hide: Tá tudo bem?

  Touka: TÁ TUDO ÓTIMO! JÁ POSSO COMEÇAR A MEXER COM GENÉTICA NO THE SIMS PRA SABER COMO ELE VAI SER! - corri para o andar de cima. - AGUARDEM AÍ!

  Bati de porta em porta gritando na cara de todos sobre o que tinha acabado de descobrir. O povo foi descendo para comemorar a - estranha - gravidez do Kaneki.

  Estou muito ansiosa pra saber qual vai ser o sexo (hmmm), e como vai ser o casório desses dois. Ah! É uma pena que é só daqui a 2.191 dias, cerca de 52.584 horas, 3.155.040 minutos ou 180.302.400 segundos pra ser psicóticamente específica. Mas o tempo passa rápido, e como passa... inclusive, se eu quiser tenho o poder de passar esses 6 anos rapidinho nessa fanfic!

6 anos depois... - quanta passagem de tempo, credo.

  Hoje tem que dar tudo certo!

  Espero muito que não apareçam Tsukiyamas ou Yamoris pra estragar esse dia.

  Hinami: Mãããe! Meu vestido rasgou!!! - acho que falei muito cedo.

  Touka: Como isso aconteceu, Hinami?!

  Hinami: Tenho a mínima ideia! Só sei que não tenho mais 12 anos, e eu tenho que ser daminha de honra mesmo tendo 18.

  Touka: Sim! Porque se com você já é difícil de lidar, imagina com a filha da Kimi e do Nishio que acabou puxando o pai!

  Yoriko: Não precisa discutir! Vem aqui que eu costuro essa joça!

  Hinami: Aê!

  Touka: Hummm, olha a esposa bem-dotada que eu tenho...!

  Yoriko: Vocês não tem jeito!

                          [...]

  Ok. Tudo pronto e nas melhores condições possíveis aqui na igreja. É por isso que eu agradeço todos os dias pelo vigésimo distrito ter reconhecido o casamento gay!

P.O.V. Hide

  Já estou no altar e o Kaneki deu uma de "noiva usando terno". Pois é, ele é a noiva...

  A marcha nupcial começa a tocar, as portas se abrem revelando Hinami com uma expressão desanimada que logo muda ao avistar seu namorado, Ayato. Quem diria que Ayato Kirishima namoraria a "filha" da própria irmã? Esse mundo é realmente louco. Logo atrás da jovem está Kaneki caminhando até mim.

  Depois daquele paranauê todo que os padres falam, chega a parte das alianças. E quem mais estaria encarregado da função de trazê-las além de Arima, nosso filho?! O pequeno fica parado que nem um poste esperando que pegássemos e colocássemos no dedo.

  Não demorou muito e o Kaneki já tá me olhando com aquela cara de paisagem enquanto espera que eu o beije. Apenas obedeço o que deveria ser feito.

  Saímos da igreja, mas sem chuva de arroz, porque é desperdício de comida. E além do mais só havia nós da Anteiku naquela igreja e alguns poucos amigos de fora.

  Não iremos ter lua de mel, é muito mais divertido ficar zoando na Anteiku do que ter aquelas viagens clichês que geralmente dá merda.

P.O.V. Kaneki

  Agora, explicando algumas coisas sobre o albino quatro-olhos aka. nosso filho... a gravidez foi muito difícil, passei vários sufocos e diversas vezes ficava frágil, tanto fisicamente como emocionalmente. Tinha o risco de perdê-lo a qualquer momento, pois ele é um ghoul como eu e realmente parece uma fusão minha com o falecido professor só que usando as roupas do Hide. Mas a personalidade é igual a minha, solitário, adora ler, medroso e enrustido. Pra ser mais sincero, na semana passada ele fez um novo amigo: Akira (sim, Akira é um menino agora), que se mostra superprotetor até demais com o Arima, é até meio assustador, mas um bom garoto.

  Rize não ficou pra titia no final das contas. Fez um intercâmbio na Inglaterra e voltou com um macho. Acho que dessa vez irá dar certo.

  Nishio e Kimi se casaram, como puderam perceber, e tiveram uma filha, Yukki (isso me faz lembrar a Yuno gemendo o nome do Yukiteru).
 
  Uta conheceu uma punk depressiva igual a ele, dizem que são amigos, mas é claro que tem mais do que amizade nisso...
 
  Ayato e Hinami estão visivelmente em uma relação amorosa que recebe algumas desaprovações por conta da diferença de idade, mas nem se importam com nada do que dizem.
 
  Sobre o que o destino nos reserva? Não sei dizer. A única coisa de que tenho certeza é que esse não é o fim, não mesmo! Apenas o começo de novas histórias dentro dessa loucura que eu chamo de vida, que me faz ficar de ponta-cabeça!

                      FIM
(FOI UM LIXO, MAS EU AMO VOCÊS. AGORA, PEÇO QUE LEIAM AS NOTAS FINAIS PLZ SZ)


Notas Finais


É... chegamos no final dessa história.
Queria agradecer pela bilhonésima vez o apoio que me deram pra continuar essa simples zoeirinha, que no início era só um headcanon sem nome pra encobrir a minha insatisfação com a "talvez morte" do Hide no anime e o desaparecimento dele do mangá, e blá-blá-blá.
Eu estou pretendendo começar outra fic Hidekane em breve, voltada mais pro lado científico e dramático do que zoeiro e esse romancezinho barato que eu chamei de "Alone? Never More!"
Foi bom enquanto durou (nossa, até parece que durou um ano, mas só durou duas semanas ksksksksks). Até os comentários, meus chocolatinhos ;-; (desculpa quem tem intolerância à lactose ou não gosta de chocolate)
Bye, bye... 💜💜💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...