História Alone With You - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Christian Collins, Magcon, Nate Maloley, Zendaya
Personagens Cameron Dallas, Carter Reynolds, Christian Collins, Jack and Jack, Mahogany LOX, Nash Grier, Sammy Wilkinson, Zendaya
Tags Drama, Romance
Exibições 67
Palavras 1.078
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


VOLTEI COM POLÊMICA PQ NÓIS GOSTA É DA DISCÓRDIA. HALSEY TE ODEIO, BJS. ESPERO QUE GOSTEM DO CAPÍTULO, ESTOU ME ESFORÇANDO AO MÁXIMO, BOA LEITURA. LEIAM AS NOTAS FINAAAIS <3

Capítulo 14 - The fight


Fanfic / Fanfiction Alone With You - Capítulo 14 - The fight

   Courtney Adams

— Olá vadia — uma garota de cabelos curtos e azuis me fitava.

— Quem é você? — perguntei confusa. Ela nem ao menos me conhecia para me ofender.

   Christian me olhava envergonhado. Desconfiei que ela o conhecia.

— Eu? — gargalhou a garota — Sou a ex-namorada de Nathan. Inclusive, ele te contou que era um dos melhores amigos de Christian?

   Então ela era Halsey, a garota que Madison havia citado em uma de nossas conversas. A moça fazia exatamente o tipo de Nate... não tinha como competir com a mesma. Tinha varias tatuagens espalhadas pelo corpo, seu estilo era rebelde e provocante.

— Cala a boca! — Collins esbravejou — Não a envolva em nossos problemas.

   Todos do refeitório nos observava. Nathan e Sammy não estavam no colégio. Skate deveria estar furioso comigo por não ter atendido suas ligações. O que Halsey sabia que eu não deveria saber?

   A garota subiu na mesa querendo atrair a atenção de todos. Suas roupas eram vulgares, ela exalava sensualidade. Uma verdadeira vadia, como Mad a descreveu.

— Vejam só pessoal — gritou — A desajeitada da escola não transa só com Christian... com Nate também. Onde será que os dois arranjaram coragem para pegar essa esquisita?

   Todos riam, eu a olhei perplexa e me levantei. Era isso o que pensavam de mim? Lox se aproximou e ficou ao meu lado. Christian levantou e tentou tirar Halsey de cima da mesa. Seu rosto estava extremamente vermelho, exibindo fúria. Stassie ria escandalosamente.

   A garota de cabelos azuis pulou e veio em minha direção. Luke tentava impedir Christian de se aproximar. Stassie segurou Lox, que se debatia. Tudo estava confuso, minha vontade era de correr. Os dois garotos que gostava me colocaram em uma furada. Eu não sabia nem dar um chute direito, enquanto ela, parecia barraqueira e boa de briga.

— Agora somos só nós duas — sorriu falso — Vamos resolver isso. Ou vai correr?

— Saiba que não tenho medo algum de você — tomei coragem — Não entendo seu ódio por mim.

   Chris socava o rosto de Luke. Enquanto Stassie teve de chamar Maggie para segurar a ruiva. Os alunos fizeram uma rodinha em volta de nós. O mais estranho de tudo é que nenhum amigo de Skate estava no refeitório, nem minha prima e Madison estavam lá.

— Não se faça de coitadinha! — gritou — Como Nathan foi se interessar por você? 

   Todos gritavam provocações. Alguns garotos do time separaram a briga dos meninos, segurando-os.

— Não vou ter um pingo de pena de seu rostinho — a garota acariciou meu rosto — Vou acabar com você!

   Ela me deu um tapa no rosto, em reflexo fechei minhas mãos e acertei sua boca,  — como minha prima tinha me ensinado anos atrás —, ela cambaleou e me olhou com ódio. Ela fechou a mãos e ia me atingir, fechei meus olhos esperando o impacto, mas, nada aconteceu. Escutei um estrondo e abri meus olhos, Halsey estava caída de forma desajeitada. 

— Resolva seus problemas comigo — escutei a voz de Nate. Reparei que ele estava ao meu lado — Ela não tem culpa de nada.

   As pessoas se calaram, a maioria temia o grupo dos meus amigos. Madison e Marie ajudaram Maho a se soltar, as duas quase voaram nas adversárias, mas, foram impedidas por Gilinsky e Sam. O diretor chegou e acalmou a confusão, todos os envolvidos foram chamados para a diretoria.

— Você me paga — murmurou Halsey antes de seguir o mais velho.

       Nate Maloley

   Hoje o grupo havia marcado uma partida de basquete, todos nós chegamos mais tarde no colégio. Escutamos gritos escandalosos, vinham na direção do refeitório. 

— Estão se matando lá dentro — Gilinsky falou animado.

— Espero que não seja Mahogany batendo em alguém — Madison falou desesperada — Na última vez ela quase quebrou o nariz de Bea.

   A ruiva se envolvia em todas as brigas possíveis, o impressionante é que ela não temia ninguém. E ela nunca apanhava, brigava dando socos e chutes. Caminhávamos em direção ao local, e o que vi me deixou perplexo. Alguns caras do time seguravam Christian e um garoto loiro, acho qur ele se chamava Luke. Anastasia e Maggie seguravam Mahogany... Madison e Marie correram e ajudaram sua amiga a se soltar. Courtney levou um tapa de uma garota de cabelos curtos e, devolveu um soco na boca da moça, que cambaleou para o lado. 

— Nate bro, é a sua ex-namorada!  — Sammy gritou.

  Corri em direção às duas. Halsey ergueu a mão para acertar um murro em Courtney. Empurrei a vadia para o lado, ela caiu desajeitada e gemeu de dor. Com certeza estava tentando vingar-se de Court.

— Resolva seus problemas comigo — falei com fúria. No fundo estava magoado, ainda amava aquela desgraçada — Ela não tem culpa de nada.

            (...)

Mahogany, Courtney, Christian, Luke e Halsey estavam na diretoria comigo. O diretor nos dava um sermão dizendo que violência não levava a nada. Todos levaram uma suspensão de três dias, o que me deixou frustrado... precisava terminar a porra do ensino médio. Se Sammy soubesse disso, provavelmente brigaria com qualquer pessoa que visse na sua frente. Court me encarava, eu a evitava ao máximo. Precisava afastá-la de mim, eu estava trazendo vários problemas para ela. O que estava sentindo era confuso, aposto que se Halsey me chamasse para um motel, iria sem pensar duas vezes. Courtney com certeza tinha transado com Chris quando foi em sua casa, era uma biscate que me enganou. Dois a um para Collins.

   O diretor nos liberou. Samuel me esperava lá fora junto com Marie Victoria. Passei rapidamente pelos dois, precisava esvaziar minha cabeça. Minha vontade era de acabar com a raça de Collins.

— Nate! — gritou Court. Escutava seus passos me alcançando — Precisamos conversar.

   Ela segurou meu braço e me puxou. Olhei em seus olhos e suspirei fundo... o que iria lhe dizer ia machucá-la. Christian e Halsey passaram juntos, dois traíras desgraçados.

— Não quero falar com você — respondi grosseiro. Os olhos dela encheram-se de lágrimas — Vê se me esquece.

   Corri para o estacionamento. Peguei meu carro e saí em alta velocidade. Eu precisava de maconha ou álcool para me acalmar. Esse era Nathan Maloley, um homem fraco e vulnerável. O amor me fez assim, uma coisa que jurei nunca mais sentir. Amar alguém era uma droga pior que cocaína. Liguei para Louise, ela me faria esquecer isso por algumas horas.

— Clark — falei — Está disponível? Quero foder você.

  Ela gargalhou sensualmente.

— Uau! Amo quando você é direto.

— Responde logo vadia, estou no trânsito — esbravejei.

— Sim, suba no oitavo andar — respondeu — Estarei te esperando.

   O Maloley fodedor de vadias estava de volta.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  

 


Notas Finais


E aí pessoas, o que acharam?
UM MONSTRO COMO A HALSEY MERECE PERDÃO? LEVOU UM SOCÃO, OTARIA.
Christian ou Nathan? Nate está certo em deixar Courtney?
Decidi deixar a fanfic do mesmo jeito, só vou rever a linguagem de alguns capítulos. Sei que não vou ter o alcance de antes, porém, algumas pessoas gostam muito da fic. Isso é para vocês <33
Com 90 favoritos faço um especial sobre o que vocês quiserem, é só pedir nos comentários. Gente, eu sei que estou devendo uma maratona, me desculpem. Comentem pfvr...
Um beijo cheio de amor, Gett.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...