História Along With Love, To The Death - Capítulo 2


Escrita por: ~

Visualizações 15
Palavras 1.294
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Hentai, Magia, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Oi! Bom, consegui voltar antes do que imaginei!
Eu vou tentar postar uns três capítulos na semana que vem, pelo que eu acho, eu vou fazer um pouco mais de cinco capítulos!
Mais por favor não desistam da fanfic! Vou dar meu melhor!
Boa leitura!

Capítulo 2 - Shopping


Fanfic / Fanfiction Along With Love, To The Death - Capítulo 2 - Shopping

Eu decidi ir no shopping de Fuyuki hoje, para comprar algumas coisas. O apartamento que eu comprei é pequeno e mobiliado. No total, gastei 150.000 para comprá-lo, então ainda teria bastante dinheiro para uma ocasião especial. 

Como o shopping não era muito longe, eu fui à pé. Eu estava usando uma blusa de manga longa com um laço azul amarrado na gola. O laço era da mesma cor do laço que amarrava o meu cabelo em um chignon trançado. Por cima da blusa, uma saia azul escuro da mesma cor que os laços, que vinha dos joelhos até a cintura, e era amarrada. Um sapato azul escuro e uma meia calça preta. 

Eu entrei em uma loja em que vi um vestido branco liso, batia um pouco acima dos joelhos, modelava e abraçava as curvas do corpo do manequim e tinha as alças finas. 

- Com licença, eu poderia provar esse senhora? - perguntei à vendedora apontando para o vestido. 

- Claro! O provador feminino é ali no fundo à direita! - ela indica e sorri. 

- Obrigada! - agradeço e vou andando em direção ao provador. Pego mais algumas roupas pelo caminho como calças, shorts, camisetas, jaquetas e blusas. Entrego as roupas a mulher que cuidava dos provadores e ela me dá uma ficha que indicava a quantidade de roupas que eu peguei, e entro no provador. Provo primeiro as outras roupas, decidi que deixaria de comprar umas 3 peças que não me serviram muito bem e por fim provei o vestido. Eu gostei muito dele e com certeza iria levá-lo. Era uma peça simples e linda, e ficava igualzinho ao manequim em mim, abraçava as curvas e modelava o corpo, era um bom tamanho, não muito grande, nem muito pequeno. 

Saio do provador e entrego à mulher a ficha e as roupas que eu não levaria. 

- Eu vou levar essas, essas aqui não. 

- Obrigada e tenha um bom dia! - ela sorri e eu retribuo, saindo dali. 

Quando vou andando até o caixa, sinto alguém pegar minha cintura e me puxar um pouco para trás, no mesmo momento me viro e empurro a pessoa.

- Vejo que ainda tem seus reflexos Arturia! - Gilgamesh era aquela pessoa. Ele sorri com sua arrogância de sempre com a mão na cintura e me olhando. 

- Não é só por que a Guerra do Santo Graal terminou que não tenho meus cuidados! - rebato o olhando com firmeza. Ele ainda possuía sua postura de rei assim como eu, o que fazia algumas pessoas em volta nos olharem, apesar de não conseguirem ouvir nossa conversa. 

- Hmmm, então quer dizer que espera e anseia por uma nova Guerra? - ele provocou. 

- Não anseio por mais destruição que aquela Guerra gerou, aquilo não deve se repetir mais! - eu respondo à sua provocação e me viro para ir ao caixa pagar as roupas - Do mesmo jeito que espero não te encontrar novamente! 

Saio andando e vejo que ele não me seguiu mais. Pensei que ele estivesse em outra cidade, que havia desistido dessa após o fim da Guerra, mas vejo que me enganei. 

Eu passei em outras lojas antes de ir embora, precisava de mais roupas. Saí do shopping e estava tomando um sorvete de baunilha, o meu favorito. Chamei um táxi para me levar de volta para o condomínio, porque eu comprei muita coisa para ir a pé, poderia deixar algo cair acidentalmente das sacolas. O táxi chegou e eu entrei nele. 

- Bom dia! - eu disse sorrindo - Poderia me levar a três quarterões daqui por favor? 

- Bom dia! E sim, eu posso! - ele sorri. 

No caminho eu pude ver um belo parque no qual eu gostaria de ir algum dia. E pude ver vários cachorros brincando com seus donos naquele parque. Talvez eu ache uma companhia para mim, alguém que me ame de verdade e que eu corresponda à esse amor. Já estávamos na esquina da rua do meu condomínio, ele estacionou o carro e eu desci. 

- Obrigada! - eu disse sorrindo. 

- De nada! - ele sorri também. 

- Quanto deu? - eu pergunto. 

- Três quarterões, deu 5 reais. 

Entrego o dinheiro à ele e entro no condomínio. Entro no meu prédio e chamo o elevador. Do lado do elevador tinha um espelho grande que ia do chão até o teto, eu me virei e pude ver meu reflexo nele... Eu sou bem pequena. O elevador chegou e as portas se abriram, revelando uma garota que aparentava ser uma estudante. 

- Bom dia! - digo entrando no elevador. 

- Bom dia! - ela retribui com um largo sorriso. Então eu percebo que ela me fita por alguns instantes. 

- Qual é o seu nome senhorita? - ela pergunta com uma expressão de dúvida. 

- Arturia Pendragon. E o seu? 

- Rin Tohsaka, muito prazer em conhecê-la Arturia! - ela sorri. 

- Muito prazer também! Posso te chamar de Rin? 

- Claro! Em que andar mora?

- Moro no 8° andar. E você? 

- Moro no mesmo! Que bom que é a minha vizinha! Qual seu apartamento? 

- O 30 e o seu? 

- 31, passa lá em casa hoje! Eu queria a companhia de alguém, mas não conheço muita gente do prédio... Você gostaria? 

- Hã, sim, eu também não conheço ninguém daqui, você é a primeira! - sorrio e a fito um pouco. Ela tinha longos cabelos castanhos escuros presos em dois rabos de cada lado da cabeça, olhos cianos em um tom intenso como o mar e era do meu tamanho. 

- Hã, Rin, você mora sozinha? 

- Sim, eu sai de casa quanto completei 18 anos, agora tenho 19. Você aparenta morar sozinha também. 

- Moro... Parece que seremos boas amigas! - sorrio - Onde você estuda? 

- Sim, com certeza seremos! Eu faço faculdade não muito longe daqui, umas cinco quadras mais ou menos! 

O elevador chegou no nosso andar e nós saímos. Estávamos abrindo nossos apartamentos. 

- Bom, te vejo de noite Arturia! - ela diz virada para mim e sorrindo. 

- Até lá! - sorrio. 

***********************************

Estava de tarde, eram 18h30, quase na hora de ir na casa de Rin. Eu estava arrumando as roupas no meu guarda-roupa até às 16h00 e quando acabei, me deitei na cama e adormeci. Me espreguiço e vou tomar banho. Ao sair, seco meu cabelo de leve e o deixo solto, ponho uma lingerie branca simples e coloco uma blusa de lã cinza claro um pouco larga, presa dentro de uma saia de cor vinho que vinha da cintura até um pouco acima dos joelhos e uma meia calça preta que vem até as coxas. Pego minha chave do apartamento, saio e tranco. Vou em direção ao 31 e bato 3 vezes de leve na porta. Ela abri e sorri ao me ver. 

- Oi! Entra! - ela me dá passagem para entrar e eu o faço. 

- Oi! - quando ela fecha a porta e se vira para mim, nos abraçamos e vamos à sala, onde estava um computador conectado na televisão, em um site de filmes. 

- Vamos assistir esse aqui! - ela me mostra mexendo no computador - Você concorda? 

- Sim, pode ser! - sorrio e nos sentamos no sofá aconchegante dela. 

***********************************

Depois que o filme acaba ela desconecta o computador da televisão e nos despedimos indo até a porta. 

- Tchau Arturia! Venha aqui mais vezes para fazermos mais isso! - ela sorri. 

- Tchau Rin! Boa noite! - a abraço e sorrio. 

- Boa noite! - ela fecha a porta assim que eu entro na minha casa. 

Quando vou ao meu quarto, tiro minhas roupas e ponho uma camisola. Apago as luzes e me deito. 

 

 

 

 

 

 


Notas Finais


Oi de novo!
Espero que tenham gostado da capítulo, não ficou tão grande como eu esperava, mais vou tentando aumentar conforme for postando!
Rin Tohsaka vai ter uma grande participação na história como amiga da Arturia.
Esse sábado e domingo provavelmente não vai ter capítulo, mas durante a semana eu vou postar pelo menos dois capítulos!
Obrigada por lerem!
Até o próximo capítulo!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...