História Alpha e Ômega - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Alcateia, Alpha, Lobos, Ômega, Romance
Visualizações 70
Palavras 956
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Famí­lia, Lemon, Musical (Songfic), Romance e Novela, Sobrenatural, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


A imagem é do Johnatan em forma de lobo

Capítulo 2 - Ajudando ele...


Fanfic / Fanfiction Alpha e Ômega - Capítulo 2 - Ajudando ele...

Ômega

Preciso me acalmar um pouco, ficar perto daquele alpha realmente me deixou nervoso. Na verdade, tenho medo dos alphas. Eu digo que odeio eles para as pessoas mas tenho medo, muito medo

Tento esquecer isso e sigo com o meu dia "normalmente" apesar de falhar miseravelmente nisso...

Horas depois...

Ainda bem que acabou as aulas, agora posso fazer uma coisa que eu amo fazer: me transformar na minha forma de lobo. Vou num canto de uma floresta aqui perto, tiro minhas roupas, afinal não tenho dinheiro pra ficar comprando roupas novas o tempo todo. Depois de me despir me transformo e começo a correr que nem doido pela floresta embora não demora muito para uma pergunta vir na minha cabeça:

-O que ele queria comigo?

-Temos que ficar longe daquele alpha - este é o meu lobo interior, nós conversamos bastante e ele me dá bastante conselhos

-Sei disso mas e se ele vier falar com a gente? E você sentiu o cheiro que ele tem?

-Se ele falar com você o ignore

-Pensando em me ignorar pequeno ômega? - essa voz... Olho em direção da voz e vejo aquele alpha de hoje mais cedo

-Ah... Não é da sua conta alpha - ele ri baixinho

-Você é meu ômega agora - ele começa a soltar aquele maldito cheiro forte; vou abaixando a cabeça como submissão, odeio fazer isso e vou resistindo esse alpha -Não ômega, não resista

-Para 

-Corre - faço exatamente o que meu lobo fala. Começo a correr

-Não vai por aí ômega - ignoro ele e continuo correndo mas logo descubro porque ele me disse para não ir nessa direção: acabei de entrar no território de alphas. Sim, cada espécie tem seu próprio território e já que entrei no deles, os alphas fazem o que quiserem comigo. Preciso sair daqui. Rápido

Volto a correr para uma área segura mas sou impedido quando vejo uma rodinha de alphas em volta de mim

-Olha só... Um ômega por aqui...

-Acho que ele é aquele virgem

-Delicia - preciso pensar em algo...

 

Alpha

Vou atrás daquele ômega teimoso, eu disse para não ir lá. Por que ele não me escutou?

-Viu a cara dele? Parecia ter medo de nós - agora que meu lobo falou...

-Acha que ele tem medo de nós?

-Medo de alphas

-Merda - vejo um circulo de lobos, a lógica diz que meu ômega esta ali. Dou um rosnado alto e todos olham pra mim -O que estão fazendo com o meu ômega?

-S-Sinto muito

-Também

-Caiam fora seus lixos  - todos saem correndo e vou até meu ômega -Ômega?

-N-não... Por... Favor - vejo seus olhos se fecharam 

-Ômega?

-Ele precisa de cuidados, aqueles imbecis o machucaram - meu lindo lobo esta bem machucado nas patas tem várias marcas de mordidas, na cauda, cabeça e nas costas. Com um pouco de dificuldade consigo coloca-lo nas minhas costas

Minutos depois...

Finalmente chego em casa, deito ele na grama do jardim e vou atrás das roupas dele que acho sem nenhuma dificuldade tem um perfume tão bom, volto rapidamente e ele ainda não acordou

Horas depois...

-Pronto ômega - não, ele ainda não acordou -Quando você vai acordar meu pequeno ômega? - escuto um ganido baixinho -Ômega?

-Hm? Onde...? - ele tenta se levantar mas falha

-Fica deitado pequeno - ele tenta de novo e falha -Falei pra ficar deitado - me irrito com ele e acabo soltado um cheiro de dominância e vejo seu desespero

-Pare com isso, esta assustando ele - ele esta certo, paro com isso e seus olhos azuis me fitam

-O-O-O que v-vai fazer comigo?

-Volte a forma humana - ele mostra um pouco os dentes, como se tentasse me ameaçar -Pare com isso ômega - me aproximo dele e ele tenta se afastar mas eu do uma farejada atrás de sua orelha com certeza arrepiou ele e depois dou uma lambida nas suas feridas

-O-O que...?

-Shhhh... Fique calmo, não vou te machucar meu ômega - acaricio sua cabeça e sinto ele se acalmar -Volte a forma humana, trouxe suas roupas

-P-Pode se virar? - por que eu tenho que me virar? Ele vai ser meu mesmo... -Anda logo - faço o que ele pede e espero uns minutos e me viro. Faço o mesmo que ele, volto a ser humano e me visto

-Você esta bem pequeno ômega?

-Sim... Ah... Obrigado... T-Tenho que ir - ele tenta se levantar mas sua expressão de dor me faz pega-lo no colo estilo noiva -O que...?

-Vou cuidar de você pequeno - ele franze a testa

-Não precisa, sei me cuidar sozinho - ele tenta se soltar de mim mas eu o seguro com força

-Eu disse que vou cuidar de você

-Me solta agora!

-Não, disse que você é meu, e já que é meu, vou cuidar de você

-Solta

-Já disse que não - entro em casa, vou direto para meu quarto e o deito na cama. Pego um kit de primeiros socorros e volto para o quarto; coloco o meu pequeno ômega no meu colo e sua cabeça descansa no meu peito. Enquanto vou cuidando do meu pequeno, ele tenta sair do meu colo mas eu o impeço

Vou vendo que ele esta ficando cansado; aproveitando isso, pego meu celular (tinha várias mensagens) e coloco uma música meio calma, pego uma manta e o cubro

-Eu tenho que ir pra casa - seus lindos olhos estão sonolentos

-Quer ligar pro seus pais?

-Moro sozinho mas... - ele coça um pouco o olho com a mão aberta -Casa...

-Amanhã você vai, ok?

-Hu-hum - ele se aconchega no meu peito e logo dorme

-Boa noite meu pequeno ômega - vou deitando devagar e adormeço rapidinho


Notas Finais


Eu disse que ia postar quando tivesse pelo menos dois comentários mas não aguentei e a fanfic é minha então faço o que eu quiser kkkkk
A meta é de dois comentários e agora é sério mesmo
Até a próxima


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...