História Alt Er Love - Skam - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Skam (Vergonha)
Personagens Isak Valtersen
Tags Adolescentes, Escola, Festa, Gay, Romance, Skam
Exibições 29
Palavras 1.616
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 9 - Capítulo nove - Isak


Fanfic / Fanfiction Alt Er Love - Skam - Capítulo 9 - Capítulo nove - Isak

-Eu não quero dormir. - Even falou assim que entramos no quarto. 

 

-Even já são quatro horas da manhã, as seis minha mãe e meu tio vão chegar - Disse enquanto arrumava as camas.

 

-Nós temos duas horas até eles chegarem. - senti os braços dele envolverem lentamente minha cintura e seus lábios tocarem  minha nuca.

 

-Você está bêbado Even. - Eu disse rindo e virando para ele. - A gente pode deitar na minha cama e ver netflix. 

 

-Por mim tudo bem. - Even disse deitando na cama. - Só me empresta um casaco, está muito frio. 

 

         Peguei dois casacos, dei o azul para ele e vesti o cinza. Liguei a TV e coloquei na netflix, ficamos alguns minutos discutindo no que assistir e chegamos a conclusão de ver Grey’s Anatomy já que eu assistiria uma cirurgia na segunda, deitei em cima do braço de Even e ele aproveitou a posição para ficar mexendo em meu cabelo durante o episódio.

 

        Quando o episódio chegou ao fim, só tínhamos metade do nosso tempo, virei para Even sorrindo, estava tão perto dele que podia sentir seu cheiro de perfume misturado com cigarro.

 

-Gostou do episódio? - Perguntei para ele.

 

-Não sei. - Ele respondeu. - Estava ocupado pensando. 

 

-Pensando em que? - Voltei a perguntar.

 

-Em como tive sorte em achar você. - Ele passou a mão em minha bochecha sorrindo. 

 

-Sorte? quem disse que eu estou com você? - Disse rindo. 

 

-Eu estou na sua casa, na sua cama - Ele foi chegando mais perto de mim. - Bem do seu lado te beijando. - Ele me puxou para um beijo. 

 

        Foi um dos beijos mais intensos que tivemos, seu braço enrolou minha nuca puxando-me para perto enquanto minha mão segurava a nuca dele sobre o capuz.

 

-O que você me diz? - Ele disse parando o beijo. - Você tem certeza que não está comigo? 

 

         E a minha resposta foi outro beijo, com o tempo, os beijos fizeram o frio passar e nós tiramos o casaco, e depois a blusa, até ficarmos apenas de roupas intimas, Even foi descendo seus beijos para meu pescoço fazendo-me suspirar, suas mãos arranhavam meu corpo, tentando tirar minhas roupas íntimas mas ele parou quando um alarme soou de um celular que estava no criado-mudo que ficava do lado de minha cama.

 

-O que é isso? - Perguntei para ele. - É seu celular?

 

-Sim - Ele respondeu levantando e tirando o alarme. - Eu coloquei um alarme para tocar as seis horas.

 

-Even você é um gênio. - Eu disse rindo e colocando minha roupa de volta.

 

-Eu sei. - Ele respondeu enquanto deitava na cama que eu havia preparado para ele. - Agora eu tenho certeza que nós vamos ficar firme.

 

-Como você tem essa certeza?

 

-Eu vou conhecer sua mãe Isak. - Ele falou alto. - Fale a verdade, eu passei o final de semana com você, você está muito apaixonado por mim.

 

-Talvez eu esteja. - Disse sorrindo. - Mas você está muito mais por mim. 

 

-Se você diz. - Ele disse. - Agora vamos dormir que amanhã eu vou conhecer minha sogrinha. 

 

         Eu levantei da minha cama e deitei do lado dele, passei a mão lentamente pelo rosto dele e dei o um ultimo beijo antes de voltar para minha cama. 

 

-Você chamou minha mãe de sogra. - Eu disse. - Isso faz de nós namorados? 

 

-Espero que sim. - Ele disse rindo. - Se for me dar um pé na bundo, essa é a hora. 

 

-Eu tenho um namorado tão bobo. - Ri um pouco. - Agora vamos dormir que minha mãe deve estar chegando.

 

           Even dormiu em poucos minutos, me deixando acordado sozinho. Não estava conseguindo dormir pensando a última conversa que eu e Even tivemos a poucos minutos, em algumas horas ele conheceria minha mãe. Minha mãe é uma das pessoas que eu mais confio no mundo e eu queria muito ser sincero com ela e contar sobre Even. 

 

          Senti algo me tocando e levantei no susto, Even estava na minha frente com o mesmo casaco que tinha emprestado para ele na noite passada. 

 

-Sua mãe mandou eu acordar você. - Ele disse sentando na beira da cama. - Já é hora do almoço. 

 

-Você já conheceu ela? - Falei enquanto levantava. - Não era para eu ter apresentado?

 

-A Noora cuidou disso para você. - Ele disse rindo. - Agora vamos almoçar.

 

        Troquei minha roupa e desci junto de Even, minha mãe estava na mesa de fora junto com Eskild, Noora e Neri, os quatro pareciam estar conversando.  A comida da mesa estava intacta, estavam realmente esperando eu chegar para comer. 

 

-Desculpa a demora. - Disse escolhendo um lugar para sentar. - Estava muito cansado. 

 

-Tudo bem filho. - Minha mãe disse sorrindo e aproveitou que estava ao lado dela na mesa para me dar um abraço. - Eu vi o seu quarto quando cheguei de plantão, os dois estavam dormindo. - Ela disse apontando para Even. - E eu aproveitei esse tempo que você dormiu para conhecer mais um pouco de Even e Neri. 

 

-Foi muito bom ter esse tempo. - Neri disse. - Agora eu quero ser adotada por sua mãe. 

 

-E nós conversando muito sobre cirurgia. - Even disse. 

 

-Sim. - Minha mãe disse animada. - E você vai assistir sua primeira cirugia amanhã, eu nunca vou esquecer da primeira cirurgia que assisti. 

 

-Você vai estar la no hospital? - Perguntei. 

 

-Sim, eu e seu tio. - Ela respondeu. 

 

-Falando no meu tio, cade ele? - Noora perguntou.

 

-Ainda está no hospital. - Eskild respondeu. 

 

          Assim que o assunto acabou, todos começaram a comer. O almoço seguiu sem muito assunto, minha mãe se ofereceu para levar todos na escola depois que Neri e Even se ofereceram para lavar a louça. 

 

           Quando acabei, fui até a cozinha e deixei meu prato na pia onde Even estava lavando e Neri secando a louça, sentei em um banco que tinha la e fiquei olhando para eles . 

 

-Gostaram dia minha mãe? - Perguntei para eles. - Ela se esforça para agradar sempre.

 

-Eu adorei ela - Respondeu Neri. 

 

-Eu também. - Even disse depois. - Eu tinha ficado nervoso quanto tivemos a conversa de ontem mas quando ela veio falar comigo, eu adorei ela. 

 

-Ficou nervoso? - Neri questionou sorrindo. - Posso saber a conversa ou é confidencial? 

 

-Isak que julga isso. - Even disse rindo. - Por mim tanto faz. 

 

-É que eu e Even estamos juntos. - Respondei. - E eu estava preocupado por não saber se conto ou não para minha mãe mas eu acho que que não estou pronto para contar para ela. 

 

-O que? espera um pouco, vocês estão juntos? - Ela parou o que estava fazendo. - meu Deus eu já to amando esse casal. 

 

-Neri fala baixou. - Even disse. - Isak está certo, ele tem que estar pronto pra contar. 

 

-Nossa desculpa. Neri disse. - Mas eu já to amando Evak. 

 

-Evak? Gostei do nome. - Eu disse. 

 

-Daqui a pouco Neri ja está publicando nas redes sociais. - Even disse rindo. - Mas eu gostei do nome também. 

 

-A Noora sabe? - Neri perguntou. - Para quem eu posso falar Isak. 

 

-Eu só não quero que minha mãe saiba. - Eu disse. - Não sei o que ela vai achar e não estou pronto para saber agora, mas as outras pessoas pode falar. 

 

-Tudo bem. - Neri disse. - Para você a mesma coisa Even? 

 

-Claro. - Ele disse. 

 

 

            Logo que terminaram de lavar a louça, Neri postou no Twitter “EVAK É O MELHOR CASAL DESSE ANOOO” e Even respondeu o post dela “NÃO MELHOR QUE VOCÊ E HENG”. E eles continuaram a discussão de quem era o melhor casal do ano no Twitter durante a tarde, mesmo estando um ao lado do outro. Eu não quis falar nada do assunto, eu entendia a felicidade de Even e a minha mas Neri estava animada até demais com o assunto. 

 

         Um pouco antes de irmos a escola, todos da casa já sabiam menos minha mãe. Então Noora esperou um momento em que ficamos sozinhos em um quarto para conversar. 

 

-Isak eu estou muito feliz por você. - Ela  me abraçou sorrindo. - Você e Michael terminaram de um jeito amorável e agora você está com uma pessoa que eu sei que você realmente gosta e isso é bom.

 

-Obrigado Noora. - Disse depois do abraço. 

 

-Eu percebi em você que está chateado por algum motivo e eu acho que é pela animação de Neri né? Você nunca gostou de exposição. - Ela disse. 

 

-Eu achei um pouco estranho ela estar tão animada. - Respondi. - Parece estar mais animada do que eu e Even. 

 

-Eu sei o motivo dela estar assim. - Ela disse. - Pensa, ela, Even e Heng são amigos a muito tempo, agora ela e Heng estão namorando e Even ficou um pouco de lado em relação ao trio deles. - Nós sentamos na cama. - E pelo que eles contaram, Even só namorou com Fuck Boys, Neri gosta de você e ela viu nesse casal a solução de ter deixado Even um pouco de lado e a solução para os Fuck Boys da vida dele. 

 

-Sim, você tem razão. - Respondi. - Você sabe que quando a gente chegar na escola hoje todos estarão falando dos irmãos Hill né?

 

-Qual o motivo? - Ela perguntou. 

 

-Meu namoro com o Even e você que destruiu o babaca do Denny na festa. - Respondi rindo. 

 

           Nos ficamos ali na cama, abraçados até que nossa mãe entrou no quarto pedindo para que fossemos nos arrumar para ela levar a gente no colégio.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...