História Altertale Uma jornada diferente - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Undertale
Personagens Alphys, Asgore Dreemurr, Asriel Dreemurr, Chara, Flowey, Frisk, Papyrus, Sans, Toriel, Undyne, W. D. Gaster
Tags Soriel, Undertale, Universo Alternativo
Exibições 37
Palavras 1.121
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Ficção, Fluffy, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Linguagem Imprópria, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Primeiramente queria falar que qualquer dúvida quanto a esse AU,é só me perguntar nos comentários que eu posso tentar ajudar.
Segundo:Tá dando bastante trabalho escrever isso e achar imagens então espero que gostem,e se alguém puder me ajudar com a capa da Fic eu agradeceria muito.
Terceiro:Hoje vai ter um capítulo novo de Cada historia(Essa,Earlytale e Alphyne),vou deixar o link das duas outras historias,no final.
Quarto e ultimo aviso:Eu criei uma page no Face,onde eu costumo postar quando vai sair capítulo e etc,o link dela vai estar nas notas finais,agradeceria bastante se vocês curtissem lá,para serem informados de quando vai ter capítulo ou historia nova.

Abraços,espero que gostem.

Capítulo 1 - Capítulo 1 As Flores Negras


Fanfic / Fanfiction Altertale Uma jornada diferente - Capítulo 1 - Capítulo 1 As Flores Negras

  Frisk havia escalado a montanha inteira,e agora se aventurava por entre as  vinhas,porém,ela não contava com o fato de que no caminho havia uma raiz,sem notar a raiz,Frisk tropeçou,para seu azar,logo a sua frente havia um enorme buraco,ela caiu,e caiu e caiu,até cair em cima de uma cama de flores,elas estranhamente tinham uma coloração meio negra.

 

   Ela não sabia o porque,mas tudo aquilo lhe parecia familiar,mas ela sentia que algo havia mudado,mas ela não sabia o que era.Estranhamente,ele não sentia dor,devia ser pelo fato de as flores terem amortecido sua queda,ela não sabia ao certo o que fazer,ela então se sentou em cima da cama de flores e ficou lá por um certo tempo,pensando sobre o que deveria fazer,ela olhou bem para o buraco de onde ela havia caido,não havia nenhuma maneira de ela escalar tudo de novo,ela estava pressa ali em baixo,de alguma forma,o fato de ela estar presa ha kilometros da supérfície não assustava a garota,e ela tinha a sensação de que não estava sozinha ali em baixo.Um cheiro doce invadiu suas narinas,se tratava do cheiro das flores,ela então colheu uma flor e a observou por alguns minutos,na sua cabeça um pensamento passou extremamente rapído.

 

 

“Elas não deveriam ser amarelas?”

 

 

   De qualquer forma,Frisk levantou e decidiu seguir seu caminho,ela precisava achar uma maneira de sair daquele local,assim que ela seguiu por uma espécie de portal que ela havia encontrado,ela se deparou com mais um flor negra.Porém assim que Frisk entrou na sala a flor se virou para ela e falou.

 

  - Howdy,eu sou Flowey.Flowey a flor.Você deve ser nova aqui no subsolo,não se preocupe,o bom e velho eu vou te ensinar como as coisas funcionam aqui.

 

  Frisk não disse nada,ela nem mesmo se assustou  com o fato de a flor ter começado a falar,mas ela de alguma forma sabia que não deveria confiar naquela flor,ela parecia estar escondendo algum tipo de segredo,mas qual?

 

  Enquanto esses pensamentos passavam pela cabeça de Frisk,um pequeno coração vermelho apareceu na sua frente,e então Flowey disse:

 

  - Vê esse coração ? Ele é a sua alma,a culminação de todo o seu poder.No começo,sua alma é fraca,mas ela pode se tornar bem mais forte,para isso é necessário que você ganhe LV.O que é LV ?LV signfica LOVE,é claro.LOVE é compartilhado por essas pequenas balinhas das amizades. – Flowey disse,e após isso conjurou algumas petalas,algo no sorriso de Flowey incomodava Frisk.

 

  Frisk de alguma forma sabia que devia evitar aquelas petalás de qualquer maneira possível.Nesse momento ela ouviu um assóbio que parecia vir de não muito longe,ela olhou em volta,não parecia vir da garota encostada na parede,e afinal quem era aquela garota,ela estava lá desde que Frisk havia chegado,ela não dizia nada,e não parecia estar nem um pouco interessada na conversa entre Frisk e Flowey,a garota não havia feito nada até agora,ela apenas havia olhado para Flowey e balançado a cabeça em reprovasão.Flowey não parecia nem mesmo ter notado a garota.

  - Quando eu jogar as balinhas,se mova e pegue o maxímo que puder. – Flowey disse,a garota no canto deu uma risadinha,e o assóbio pareceu se aproximar mais.

 

  - Pronta ? Agora,se mecha e pegue o maxímo que puder. – Frisk desviou de todas.

 

  A garota no canto fez uma cara de surpresa e olhou para Frisk com um sorriso sarcástico no rosto,ela pareceu sussurar algo para ela mesma.Flowey abriu um sorriso,meio forçado e disse:

 

  - Parece que você não entendeu bem.Vamos tentar de novo. – Flowey disse,e jogou as petalás,mais uma vez.

 

  Frisk desviou novamente,a garota no canto caiu em gargalhadas.A flor pareceu não notar.Agora o assóbio estava bem proxímo,quase na mesma sala.

 

  “Desculpe Flowey,mas parece que meu plano deu certo.” – Frisk pensou.

 

  - Você já sabe o que está acontecendo aqui,não é mesmo ? – Flowey disse,fazendo uma cara de despreso.

 

  Tanto Frisk,quanto a garota do canto ficaram surpresas com a fala da flor,Frisk sentiu o medo percorrer seu corpo,ela ficou paralisada.

 

  - Nesse casso...    MORRA. – Flowey gritou e começou a rir,nesse momento Frisk foi cercada por petalás que vinham em sua direção,causando cada vez mais dano.

 

    A garota no canto da sala veio correndo em sua direção,e no momento em que Frisk já estava com apenas 1 de HP,a garota colocou sua mão no ombro da outra,restaurando totalmente a saúde da outra.Flowey pareceu confuso ao ver que Frisk ainda estava viva,e sua vida estava cheia novamente.Flowey ia falar algo,mas um osso foi lançado em sua direção e ele foi jogado para longe.

 

  Então uma figura alta e usando um manto com capuz e alguns símbolos apareceu logo a frente de Frisk.A garota que havia salvo Frisk ao ver a figura deu um longo suspiro e olhou para baixo e logo após disse.

 

  - Você vai estar segura com ele,apenas tome cuidado.

 

  E após isso ela foi embora.O homem no manto não pareceu notar o que havia ocorrido.Frisk então enchugou as lágrimas,o homem estendeu a mão para ela e disse:

 

  - Não tenha medo minha querida,eu sou Sans,Sans o esqueleto e guardião das ruínas,não se preocupe,eu vou te guiar para fora das catacumbas e te proteger.

 

  Após isso,Frisk agarrou a mão de Sans e se levantou.Ambos foram juntos para a próxima sala.

 

  - As ruinas podem ser perigosas,elas estão cheias de quebra cabeças,uma mistura de enigmas e distrações,mas não se preocupe,eu vou guiar você até um local seguro. – Sans disse,enquanto segurava a mão de Frisk e juntos eles subiam uma escada.

 

  Eles chegaram a uma porta onde havia 5 botões no chão e uma alavanca na parde.Sans então disse:

 

  - Permita-me ressolver esse para você.

 

  Após isso ele andou sobre três botões especifícos e puxou a alavanca,a porta então se abriu.Juntos eles caminharam até a proxíma sala,onde havia o que parecia ser um boneco de treino,Sans então parou proxímo ao boneco de treino e falou:

 

  - Preste muita atenção criança,você como humano,vivendo no subsolo,pode acabar sendo atacado por monstros,quando um monstro te atarcar,você vai ter 4 opções de como proceder,a primeira é atacar ele,e assim iniciar uma luta,a segunda é agir,agindo você pode checar ele para descobrir mais informações de seus inimigos,ou você pode conversar e tentar resolver de maneira pacifica,a terceira é usar um item,pois assim você irá recuperar sua saude,caso esteja ferida,e a quarta e ultíma é a opção de piedade,onde você pode poupar um monstro,pondo fim assim a lutar,ou tentar fugir.Eu particurlamente diria para você tentar resolver tudo de maneira pacífica,e assim evitar problemas.De qualquer modo,por que não treina com esse boneco?

 

 

  Frisk concordou com a cabeça,ela chegou bem perto do boneco e tentou conversar com ele,como era de se esperar,o boneco não respondeu nada.Sans parecia feliz com a garota.Os dois então proseguiram,até chegar a uma sala com um pilar,onde Sans entregou um celular para Frisk e pediu para que a garota o esperasse ali.

  


Notas Finais


Espero que tenham gostado :)


Earlytale:https://spiritfanfics.com/historia/earlytale-6415937
Alphyne:https://spiritfanfics.com/historia/alphyne-i-love-youmy-low-light-6685870
Minha page:https://www.facebook.com/DudsLao/?ref=aymt_homepage_panel
Qualquer dúvida é só comentar aí que eu explico.
Abraços


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...