História Always - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer, Bangtan Boys (BTS), Ed Sheeran, One Direction
Personagens Ashton Irwin, Calum Hood, Ed Sheeran, Harry Styles, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Louis Tomlinson, Luke Hemmings, Michael Clifford, Niall Horan, Rap Monster, Suga, V
Tags Cashton, Family, Hopekook, Hopemon, Jihope, Jikook, Larry, Muke, Namjim, Namjin, Namkook, Ned, Sexo, Sugakook, Sugamon, Taegi, Taejin, Vhope, Vimin, Vkook, Yoonjin, Yoonmin, Yoonseok
Exibições 19
Palavras 1.676
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Famí­lia, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 13 - Monster


Fanfic / Fanfiction Always - Capítulo 13 - Monster

Luke's pov

Mike tinha ido buscar Lucy na escola, a manhã passou rápido hoje. O almoço estava pronto e logo a maçaneta da porta da sala é virada, e me deparo com Mike e Lu. Lu vem correndo em minha direção. Pega sua bolsa e tira de lá uma carta.

Papai, esse é um convite das mães da Katherine. Elas querem conhecer vocês. Disse a pequena me entregando o convite. Abri-o e assim estava:

“Olá sr. Hemmings e sr. Clifford. Queremos convidá-los a um jantar, para sabermos melhor quem são os pais da melhor amiga da nossa pequena filha, Katherine. Esperamos que venham. Ah, e usem roupas formais.

Endereço: Rua XXX, Casa XX.

                                                              Att. Sr.ª Makenna e Nerine Dark."

Elas são estranhas. Enfim, não podemos negar. Eu acho que, só querem ter certeza se somos boas pessoas e tals.

Louis's pov

Charlotte ainda está no Hospital. Ela só teve umas coisinhas, mas nada grave. Ainda bem. Visitamos ela bem cedo hoje, mas Steph não pode ir, ela tinha que ir a escola. Ela só irá passar mais uns dias no Hospital e logo volta para casa. Harry foi buscar Stephanie e logo voltou. Enquanto ela tomava banho, jogávamos Just Dance. Dançávamos One Thing, uma música nossa. Lembro-me do tempo em que eu, Harry, Niall, Liam e Zayn, fizemos o videoclipe. Teve até uma época em que Liam e Zayn namoraram, mais depois de uns anos saiu da banda. E agora está namorando a Gigi e Liam também está namorando. Erámos felizes demais. Não que não somos agora, mas é que eu sinto falta de quando cantávamos a nossas Directioners. Bem que as Larrieshippers tinham razão: eu e Harry íamos ficar juntos, ou melhor, #Larryisreal. Harry me tira de meus devaneios pisando em meu pé.

- Ai! Gemi de dor e me sentei no sofá. Harry estava se segurando para não rir. Dei um chute com o outro pé nele.

- Ai! Isso doeu. Desculpa amor, sério, é que foi engraçado. Deixa-me ver. Hm, não teve nada grave, Lou! Vem vamos dançar! Harry disse pulando.

- Estou com fome, Hazza. Bufei.

- Incorporou o Niall agora? Harry perguntou incrédulo. Ri e logo nossa princesinha desce as escadas, dizendo que está com fome. Logo vamos à cozinha e comemos. Fomos para a sala e ficamos olhando para o nada.

- Papai, como você e o papai Louis se conheceram? Steph perguntou para o Harry. Harry riu e fez uma pausa ainda com um sorriso.

- Bem, sabe o X Factor? Eu fui ao banheiro e Louis ficou me olhando pelo espelho, admirando meus cachos *risos*. E o Simon Cowell, ele fez com que formássemos uma banda. E eu me lembro de que aconteceram mais coisas nesse dia. Harry disse e me deu um sorriso. Passamos a tarde relembrando de coisas importantes, rindo...

 

Ed’s pov

- Não baby, disseram que foi um cara, dizendo uma mulher com cara de drogada lá na prisão. Niall falou novamente. Estávamos falando sobre o tal “alguém” que matou Arzaylea, Crystal, Bryana, Nia, Danielle, Kendall, Cherry e Celine. Acredito que não foi só uma pessoa, porque uma pessoa contra 8 garotas né ?Enfim, mandei Niall parar de falar daquilo e que elas já estão no inferno.

- Você precisa se acalmar Nini. Quer que eu cante uma musica para você? Perguntei, na tentativa de acalma-lo. Ele assentiu. Fui até o nosso quarto e peguei meu violão, voltei à sala e logo comecei.

- Loving can hurt
Loving can hurt sometimes
But it's the only thing that I know
And when it gets hard
You know it can get hard sometimes
It is the only thing that makes us feel alive

We keep this love in a photograph
We made these memories for ourselves
Where our eyes are never closing
Hearts were never broken
And time's forever frozen still

So you can keep me inside the pocket
Of your ripped jeans
Holding me close until our eyes meet
You won't ever be alone
Wait for me to come home

Loving can heal
Loving can mend your soul
And it's the only thing that I know
I swear it will get easier
Remember that with every piece of you
And it's the only thing we take with us when we die

We keep this love in a photograph
We made these memories for ourselves
Where our eyes are never closing
Our hearts were never broken
And time's forever frozen still

So you can keep me inside the pocket
Of your ripped jeans
Holding me close until our eyes meet
You won't ever be alone
And if you hurt me that's okay baby
Only words bleed
Inside these pages you just hold me
And I won't ever let you go
Wait for me to come home

Oh you can fit me
Inside the necklace you got
When you were sixteen
Next to your heartbeat where I should be
Keep it deep within your soul

And if you hurt me
Well that's okay baby
Only words bleed
Inside these pages you just hold me
And I won't ever let you go

When I'm away
I will remember how you kissed me
Under the lamppost back on 6th street
Hearing you whisper through the phone
Wait for me to come home.

Quando terminei, Niall estava dormindo. Comecei a rir e ele acordou.

- Amor, dormiu bem? Falei e ele fez uma cara engraçada.

- Dormir? Claro que não Ed, eu não estava dormindo. Só estava descansando os olhos! Aliás, eu estou com fome. Tem alguma coisa legal para comer? Ou melhor, por que não vamos ao Starbucks? Por favor, Ed! Niall falou como uma criança birrenta. Me abraçou como se aquilo fosse algo para fazer com que fossemos.

- Okay, okay. Milly! Veste uma roupa legal, vamos ao Starbucks! Falei alto o suficiente para Emilly me escutar lá de cima. Não sei o que faria se não tivesse o Niall, ele é tão fofo e eu amo ele. Nunca pensei que um dia iria amar Niall Horan. Okay, isso foi meio gay. Lembro-me do dia em que o pedi em casamento. Não sabia se sua expressão era de alegria ou de espanto. Ele tipo que estava quase sem ar por causa de disso e eu estava me segurando para não rir. E logo ele aceitou. Fiquei tipo sem reação e abracei-o

Cal’s pov

. – O que? Como assim? Como assim esqueceu-se de acordar o Tyler para leva-lo para a escola? Ficou maluco? Calum, você vai ver! Ashton falou emburrado e foi para o quarto. Bem, eu me esqueci de acordar Tyler para leva-lo para a escola. Digamos que já é a 2ª vez nesse mês. Fui subir as escadas e encontro um pequeno ser de cabelos claros e olhos castanhos esverdeados. Tyler estava bocejando, coçando os olhos com as costas das mãos. Sorri e peguei-o no colo. Fui para meu quarto e Ash estava deitado na cama, olhando para o teto. Coloquei Ty no colo dele, fazendo-o sorrir.

- Bom dia meu pequeno. Dormiu bem? Ash disse com uma voz suave, e o pequeno Tyler apenas assentiu. Deitou-se encima de Ash, se acomodando e logo voltando a dormir de novo. O cacheado apenas passava a mão nos fios loiros de Tyler, que dormia profundamente. Fiquei sentado encarando a cena a minha frente com um pequeno sorriso no meu rosto. Ashton cuidava muito bem do Tyler e mês que vem vamos voltar aos holofotes. Vamos sentir muita falta do nosso filhote. Cheguei perto de Ash, fazendo com que ele me olhasse, e o mesmo colocou o pequeno na cama no quarto dele e voltou.

Deitou na cama de costas para mim, e puxei-o para perto.

- Ainda está bravo comigo, amor? Perguntei.

- Não. Está tudo bem, Cal. Ash disse e virou para mim e me beijou. Às vezes eu acho que ele é bipolar.

Enfim, ficamos um bom tempo deitados.

 

~ HORAS DEPOIS~

Mike’s pov

Já eram 20h00min. Estávamos arrumados e eu não quis ir tão formal assim. Okay, Luke disse que eu não estava do jeito que eu tinha que estar e tals, mas eu não me importei muito com isso. Chegando lá, li umas 10 vezes o endereço para ver se era o certo. Aquela casa era super assustadora, mas mesmo assim, Luke deu umas duas batidinhas na porta e logo uma das mães da Katty abre a porta. Acho que é a Nerine.

- Olá. Sou a Nerine. Entrem! Entramos e a casa por dentro era diferente do que se pensava que era lá fora. As paredes eram vermelhas, tipo um vermelho sangue, e ficamos na sala de estar. Makenna estava lá e Katherine também.

- Lu! Disse Katherine correndo em direção a Lucy. Elas se abraçaram e logo foram para o quarto de Katherine.

- Então, tudo bem com vocês? Makenna perguntou com um sorriso no rosto. Mesmo sorrindo, ela assustava um pouco. Assentimos e ficamos calados meio sem jeito.

- Estão com medo da gente? Nerine perguntou.

- Não! É que sei lá... Por que moram tão distante da cidade? Perguntei e Makenna olhou para Nerine, tipo como “devemos falar a eles”.

- Bem meninos (Por que ela chamou nós de meninos, somos maiores de idade) eu quero dizer algo a vocês, mas antes, preciso da confiança de vocês. Makenna disse e assentimos. Ela respirou fundo e começou.

- Eu, Nerine e Katherine somos vampiras. Não precisam entrar em pânico. Mas quero que mantenham isso em segredo. Caso queiram falar, falem para pessoas confiantes. Makenna disse e dissemos que não vamos dizer. Fomos jantar e depois fomos embora. Nerine e Makenna têm olhos vermelhos, e isso assusta. Na verdade, quase tudo assusta. Elas são muito próximas da Katty, é muito fofo. Elas disseram que estão longe da cidade porque se sentem ameaçadas. Que pena. Elas são muito legais. Lucy tinha dormido bastante depois do jantar, nem levantava mais, e Nerine disse que ficar em casa de vampiros cansa, mas pareceu uma desculpa, ou sei lá, mas o importa é que ela está respirando. 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...