História Always - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Katy Perry, Panic! At The Disco
Exibições 8
Palavras 1.001
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Famí­lia, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá mais um pra vocês. Postei logo por que não sei quando sai o outro.

Capítulo 5 - Sorry


Passei a noite em claro, pensando no ocorrido da balada,como pude ser tão ciúmento, sempre me considerei uma pessoa calma e relaxada e agora me transformei em um cara ciúmento e possessivo, a Katy deve está com raiva de mim e o pior nos não somos nada ou somos? Bom se éramos alguma coisa agora não somos nada.
Logo o dia amanhece e eu não consegui dormir nada resolvo me levantar, faço minhas higienes e desço. Vejo minha mãe sentada tomando café logo observo que está sozinha, a Katy deve está no quarto.
- bom dia Brendon. Minha mãe diz ainda concentrada no café.
- bom dia, cadê a Katy? Pergunto sem mais delongas e me servindo de café.
- ela ainda não desceu. Ela diz me olhando.
- Brendon o que aconteceu? Ela entrou chorando aqui.
Eu apenas a olha dando um suspiro longo e dou um gole de café.
- prefiro não falar sobre. Mãe o que aconteceu? Você já resolveu os negócios em Madri? Pergunto logo mudando de assunto.
- não Bden. Só vim pegá uns documentos que são necessários para o divórcio, mas hoje mesmo se for possível vou voltar pra Madri.
     Estou na sala de música, aproveito para compor algo, quando minha mãe bate na porta.
- Brendon tem uma garota atrás de você. Franzo a testa.
- uma garota atrás de mim? Pergunto. Acho estranho já que as únicas garotas que conheço são da faculdade e elas nunca vem aqui, a não ser as que conheço na balada, mas nunca dou meu endereço pra elas,para evitar esse tipo de constrangimento.
- você perguntou quem é? Digo soltando o caderno e o violão.
- hum, acho que é Margot. Ela diz, como essa garota descobriu meu endereço.
- então tá, já estou indo recebe - la.  Digo me levantando.
Elas está tão linda, com os cabelos loiros soltos e usava um short com uma camiseta que estava escrito I AM COOL.
- Olá Margot. Ela apenas sorrir e me abraça. Resolvo levar ela pra sala de música.
- você toca Brendon? Ela pergunta vendo a variedades de estrumentos.
-sim, também canto. Ela me olha surpresa.
- você pode cantar pra mim? dou um sorriso ao ouvir seu pedido.
- vamos fazer assim quando tiver alguma apresentação na faculdade eu te chamo. Margot você faz o que da vida? Pergunto curioso, pois não sei nada da vida da garota.
- faço faculdade de artes cênicas. Quero ser atriz, mas nas horas vagas sou modelo. Ela diz e dá pra notar o orgulho na voz dela.
- a Katy também quer ser modelo, na verdade ela estuda moda. A informação saí automaticamente da minha boca. Margot apenas me olha.
- quem é Katy?
Me surpreendo com a pergunta e suspiro.
- ela é filha do marido da minha mãe. Você quer comer alguma coisa? Pergunto tentando mudar de assunto. Ela assente e logo estamos na cozinha. Me assusto ao ver a Katy sentada comendo um sanduíche e deduzo que seja de frango.
- Olá Katy. Digo e ela apenas me fita e logo se levanta levando seu sanduíche.
- ela deve está chateada por você ter socado a cara do namorado dela.
- Margot, você viu. Pergunto ainda olhando pra escada.
- Brendon todo mundo viu. Você estuda música não é!? - apenas assento.
- então em quer música está trabalhando agora?
- ainda não está pronta, mas ela se chama let's kill tonight.
Ficamos conversando por algumas horas até que temos que nos despedir.
Fico na sala olhando algum filme que não lembro o nome quando vejo Katy sair.
- Katy já está tarde, você não acha que é perigoso sair umas horas dessas?
     Pov's Katy
Escuto o Brendon falar comigo mas eu apenas ignoro e continuo andando.
Precisava sair de casa, respirar ar puro, aquele clima estava me sufocando.
Sinto alguém se aproxima de mim, olho pra trás vejo dois homens atrás de mim. Eles devem ser de alguma fraternidade pois estão usando camisa de times que não conheço. Logo apresso o passo, mas parece que nada é o suficiente,eles se aproximam cada vez mais perto,me desespero ouço um deles falar comigo.
- não corre da gente não gatinha.
Sinto a mão de um deles tocar no meu ombro e logo a afasto com um tapa.
- relaxa.
O outro diz nessa hora eu já estava visívelmente nervosa e com medo.
Eles se aproximam de mim me examinando.
- meu nome é Troy,e esse é o Tyler. O quê se identificou como Troy sorriu para o Tyler.
- você não acha que está muito vestida?! O garoto que se chama Tyler falou se aproximando e tirando meu casaco me deixando apenas de camiseta.
O Troy pega no meu cabelo delicadamente me olhando.
- como é o seu nome querida? Não consigo responder. Ele se enfurece e gritar no meu ouvido.
- COMO É O SEU NOME?
- deixa ela em paz. Alguém se aproxima que logo identifico como Brendon. Ele diz mostrando algo em sua cintura que eu não consigo identificar.
- a gente estava só conversando. O Troy fala correndo com seu parceiro. Apenas fito Brendon e começo a chorar me encolhendo. Ele se abaixa ficamos em silêncio logo ele se levanta e me pega no colo. Ele me leva até em casa, continuo chorando e vejo que a camisa está toda molhada.
     POV'S BRENDON
Entramos dentro de casa, me sento no sofá ainda com ela no meu colo. 
- tudo bem com você? Pergunto preocupado.
Ela me olha e desce do meu colo.
- estou, obrigada Brendon. Ela diz seca indo em direção ao quarto más seguro sua mão antes.
- Katy para de ser infantil, eu estou tentando me desculpar.
- eu infantil? Você que bateu no Andy sem motivos, não é pra mim que você deve desculpas. Ela diz aumentando a voz. - sinceramente você é muito imaturo Brendon Urie. Ela diz e vai em direção ao quarto me deixa lá sozinho



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...