História Always... até depois do sempre. - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Abraxas Malfoy, Alice Longbottom, Alvo Potter, Argo Filch, Augusta Longbottom, Barão Sangrento, Charlus Potter, Dominique Weasley, Draco Malfoy, Duda Dursley, Euphemia Potter, Fineus Nigellus, Fleamont Potter, Franco Longbottom, Gina Weasley, Harry Potter, Hermione Granger, Hugo Weasley, Jorge Weasley, Lílian L. Potter, Louis Weasley, Lucy Weasley, Luna Lovegood, Lysander Scamander, Minerva Mcgonagall, Murta Que Geme, Neville Longbottom, Ronald Weasley, Rose Weasley, Roxanne Weasley, Rúbeo Hagrid, Scorpius Malfoy, Ted Lupin, Tiago S. Potter, Victoire Weasley
Tags Always, Harry Potter, Magia, Sobrenatural
Exibições 32
Palavras 300
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Magia, Mistério, Sobrenatural, Violência
Avisos: Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Escrita por Jaqueline.

Capítulo 4 - Capítulo 2


Fanfic / Fanfiction Always... até depois do sempre. - Capítulo 4 - Capítulo 2

Bom...
Meu nome é Stars Lovegood, filha de Luna Lovegood. Minha mãe é casada com Rolf Scamander. E não, ele não é meu pai, meu pai é trouxa.

Vou explicar...

Uns anos depois de meus irmãos Lysander e Lorcan nasceren, Rolf começou a achar as atividades da minha mãe estranhas e sempre que perguntava ela desconversava.

Até que um dia ele não aguento de curiosidade e a seguiu, e descobriu que ela estava o traindo. Os dois brigaram, e ele resolveu ir embora assim que descobriu que ela estava grávida.

Claro que ela se arrependeu, pois percebeu que não amava de verdade o meu pai. Mas percebeu tarde de mais.

Nem passou um ano e Rolf já a havia perdoado. Ele não gostou da História de me criar, mas depois se acostumou, ele me trata como sua filha, e me dou muito mais bem com meus irmãos, eles me protegem de tudo. E me contam tudo o que acontece na escola deles.

Meu pai assim que souber da minha existência, amou a notícia. Minha mãe contou tudo pra ele, ele não entendeu direito o fato dela ser bruna e eu poder nascer assim também, mas aceitou.

Eu frequento escola normal, passava fins de semana e parte das férias na casa do meu pai e de sua mulher, que careca um filho dele. Mais um irmão, ela é um amor comigo. Me defende das broncas do meu pai.

Este ano tive a melhor surpresa de todas. A carta que eu tanto esperava, chegou. Minhas esperanças de que ela nunca chegaria tia ido embora. Mas depois desse dia. Percebi que nunca tinha ficado tão feliz com um pedaço de papel.

Meus irmãos prometeram me ajudar em tudo, e no fim do mês iremos para Londres para compra meus materiais e meu uniforme.


Notas Finais



Até o próximo capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...