História Always By Your Side - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alix Kubdel, Alya, André Bourgeois, Chloé Bourgeois, Félix, Gabriel Agreste, Jalil Kubdel, Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Mylène Haprèle, Nathalie Sancoeur, Nathanaël, Nino, Plagg, Sabine Cheng, Sabrina, Tikki, Tom Dupain
Tags Adrienette, Alyno, Miraculous Ladybug, Sofrimento
Exibições 191
Palavras 765
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Escolar, Poesias, Romance e Novela
Avisos: Mutilação, Nudez, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Cosplay da imagem : Geheichou e Ayuru (Youtubers).

Boa leitura 😘

Capítulo 6 - Chapter Six


Fanfic / Fanfiction Always By Your Side - Capítulo 6 - Chapter Six

No capítulo anterior

Oque o irmão mais novo dos Agrestes estaria ligando para o modelo mais novo? Será que seria urgente? Atendeu ao celular.

–Alô?

–M-mas Adrien, não se pode trazer uma estranha assim do nada!!

–Não se preocupe, eu já disse, ela está por minha responsabilidade! –Falou o mais novo, Separando a roupa que a mestiça estava usando quando ele a encontrou, já limpa e seca. Separou uma sapatilha vermelha com um laço preto que ele havia comprado para ela.

Marinette boiava nos seus pensamentos. Agarrou a mão do garoto, que ficou um pouco assustado com o ato da mestiça, mas não deixou transparecer.

No capítulo de hoje

Marinette já estava mais tranquila, estava aos poucos sentindo uma espécie de dejavú. Lembrando-se de memórias de quando era pequena, junto a Adrien.

"Será que ele lembra de mim? Da garota do qual conversavamos pouco?" Pensou a garota, eles já haviam isso no shopping, comprado roupas, acessórios e até um celular para a mestiça.

A azulada não sabia do celular, Adrien comprou para ela enquanto ela não olhava.

Seria o segundo dia dela lá, e já estava de noite. Félix havia isso para casa, Alya e Nino foram uns minutos antes deles saírem, deixando-os assistindo televisão sozinhos.

Apenas os dois.

–Adrien? –Chamou ela.

–Sim? –Respondeu o garoto.

Você se lembra de mim? –A garota ainda olhava fixamente para a televisão.

–Ham? –Ele a olhou com dúvida, se perguntando de onde a mestiça havia tirado aquela pergunta.

–Você não lembra de mim, Chat Noir? –Ele paralisou, lembrando da garota falando essa mesma frase quando menores.

Flashback on

O garoto estava no parque, sozinho, sentado em um banco, mexendo suas pernas para frente e para trás, agoniado.

Estava sozinho, sem nada pra fazer, nem com quem brincar.

–Oi, quer brincar comigo? –Uma voz feminina surgiu, ele virou para trás, e viu uma garota de olhos e cabelos azulados, ela estava vestida com uma blusinha branca, caída para dentro do shorts vermelho com preto, e usava um tênis all star vermelho com branco. E continha um casaco fino preto amarrado em sua cintura. Ela tinha o cabelo estava solto, ia até a sua cintura, e tinha uma tiara vermelha com bolinhas pretas na cabeça, ela tinha um colar prata com uma chave de coração no pescoço, com um relógio branco com vermelho no pulso.

"Essa gosta de vermelho, preto e branco." Pensou o garoto.

–Claro! –Ele se levantou, sorrindo para ela. –Qual seu nome?

–Você não lembra de mim, Chat Noir? –A mestiça lhe chamou pelo seu apelido que ela lhe dera quando se conheceram. –Estudei com você quando eramos menores. Estávamos na mesma escola, você estava em uma sala ao lado da minha, conversavamos pouco por lá.

–Ahh, L-Ladybug??? Que saudades! –O garoto lhe abraçou, a chamando pelo apelido no qual o dera. dando um enorme sorriso. Ela era uma boa amiga.

Até um dia que não podiam mais se ver.

Flashback off

–L-Ladybug? –O garoto falou.

–... –A garota não falou nada. Apenas sorriu para o garoto, com lagrimas nos olhos, assentiu para o modelo.

Quando ele a encontrou, Ela começou a sentir dejavú perto dele. Ela sabia que ele lhe era familiar.

–Eu mesma, gatinho.

–My Lady!!! –O garoto gritou e abraçou-a, fazendo a garota quase cair do sofá que estava sentados. Ele estava chorando. Amava muito aquela garota desde que se conheceram na escola. Ele não se lembrava dela por estar de cabelo curto e franja, nunca a viu com o cabelo assim.

Ela também estava feliz, estava nutrindo sentimentos pelo garoto quando menor. Esqueceu do garoto por estar com a aparência de mais amigável e responsável.

Nunca o virá não feliz quanto agora. Nunca a virá tão feliz quanto agora. Nunca viram o quanto os dois estavam felizes.

–My Lady.. Quanto tempo. Eu sabia que você me era familiar! Não lembrava de onde.. –O garoto tropeçava nas palavras, ele gaguejava por conta do choro.

Seu rosto estava vermelho. Mas não era por conta do choro.
E sim por vergonha, era a única pessoa que ele já se abriu a esse ponto.

Nunca chorou na frente de alguém.

–Eu também não te reconheci, você está muito diferente. Por isso me impressionei quanto me falou seu nome naquele dia. Senti um dejavú, senti que já te via em algum lugar. E não era pelas revistas kkk. –Ela deu uma risadinha de leve. Fraca, mas verdadeira.

–Kkkkk –O garoto deu uma risada, ele estava muito feliz.

Aquele dia sim, havia sido melhor para os dois.

Hoje, Unidos, Somos um só coração que transborda de alegria!


Notas Finais


Frase final : Google.

Próximo tento postar essa sexta ou no sábado.

Bijux 😘😘😘😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...