História Always Love - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ariana Grande, Justin Bieber, Ryan Butler
Personagens Ariana Grande, Justin Bieber, Ryan Butler
Tags Ariana Grande, Jariana, Justin Bieber, Rariana, Ryan Butler, Ryana
Exibições 115
Palavras 1.094
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Drogas, Estupro, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi amorecos! Avisando que agora os caps novos serão aos domingos,e quartas. Infelizmente não tenho muito tempo para postar,pois como já disse,nono ano,concursos e blá. Acho que escolhendo dois dias fixos pra postar,ficará mais fácil e com mais frequência. Tô doida pra acabar logo essa loucura de Colégio e concursos,minha mãe tá exigindo muito de mim e o único que me apoia é meu cachorro. Mas enfim,espero que gostem,beijos 💕

Capítulo 19 - Dezenove-You


Fanfic / Fanfiction Always Love - Capítulo 19 - Dezenove-You

Hoje era sexta,e pelo o que eu ouvi,os meninos participam de uma corrida ilegal,por uma parte não frequentada da cidade. Claro que eu e Ash iríamos, para acompanha-los e torcer. Justin e eu estamos em uma relação ótima. Ele tem me ajudado bastante aqui,o que causa ciúmes em Ryan,mas acho totalmente desnecessário. Justin conversa com ele,e diz que não temos mais nada,que apenas possuímos uma relação de irmãos e que querendo ou não ele faz parte da minha vida. Mas não adianta, até de incesto o Ryan fala,o que já está me cansando. Porra,é tão difícil dele entender que eu o amo? Ele sempre pede desculpas o que é legal,mas ele não precisaria pedir se não falasse essas merdas. Isso é tão cansativo.

Horas mais tarde (...)

Ash me disse que levaria uma amiga dela,disse que íamos nos dar super bem. Ela viria com a amiga pra cá se arrumar. Logo logo estariam chegando. Dei um jeito no meu quarto que era o lugar onde ficaríamos. E logo elas chegaram.

Confesso que se eu fosse lesbica pegaria essa amiga da Ash,ela era muito bonita. Tinha cabelos compridos escuros e parecia uma índia.

-Prazer,meu nome é Ariana,mas pode me chamar de Ari.-Ela sorriu simpática.

-Me chamo Shay,pode me chamar de...Shay.-Assenti sorrindo.

-Então,vamos?-Elas assentiram. Subimos as escadas e fomos para o meu quarto.

-Bom,Shay. Aqui é o closet,banheiro,e... só. Fique a vontade. Tem toalhas na parte de cima do closet e escovas de dente nas gavetas no banheiro. Logo já estávamos prontas. Descemos e os olhares foram direcionados para nós,menos Chris,que tinha os olhos vidrados em Shay,ri.

Fomos até eles,dei um selinho em Ryan e acenei para os outros.

-Vamos?-Perguntei e eles assentiram.

Decidi ir no meu carro junto com as meninas e os meninos iriam no de Justin. Demorou um pouco,mas chegamos lá. O local estava lotado de pessoas. Descemos dos carros para ir de encontro com os meninos. Os homens nos olhavam maliciosos,como se fôssemos um pedaço de carne,mas não era pra menos,estávamos lindas. Logo vimos uns garotos vindo em nossa direção,sorrindo,como se fossem conseguir alguma coisa.

-Oi meninas.-Um deles falou. Ele estava no meio,junto com mais quatro garotos,provavelmente eram aquele típico grupinho,que normalmente tinha um líder babaca,com seus seguidores babacas,que bancam de machões,mas na verdade nem criaram pelos pubianos ainda.

Permanecemos em silêncio e ouvi um sussurrar "difíceis" para o amigo ao lado. Revirei os olhos até que o cara continuou.

-Então, estamos sozinhos,e queríamos umas damas para nos acompanhar,vocês são bem bonitas,mas ficariam mais ainda com a gente.-Arqueei a sobrancelha. Admito que ele era muito bonito,mas eu tenho namorado que está dando crises de ciúmes ,além da conta e por falar nele...

-Atrapalho?-Ouvi a voz do Ryan,que estava acompanhado dos meninos.

-Veja,se não é Ryan Butler,acompanhado do astrozinho drogado,e seus dois seguidores.-Riu sarcástico.

-Não fala assim dele.-Falei seca.

-Oh,então a gatinha fala?-Apenas fechei os olhos e quando abri novamente vi o cara cambaleando para trás. Ryan havia acertado seu rosto,e acabou se empolgando distribuindo diversos socos pelo rosto do menino.

-RYAN,PARA!-Gritei e ele me olou vermelho.-Para com isso,vamos embora.-Ele deu mais um chute na barriga do cara e se levantou. Eu ia segurar o braço dele,mas ele saiu andando com raivinha. Abaixei minha cabeça e suspirei forte.

-Vai ficar tudo bem,Ana.-Jus disse e eu apenas assenti.

-Vou levar a fera pra casa.

-Quer que eu vá junto?-Neguei.

-Não precisa, aproveitem a noite.

-Ari,depois disso não vai ter mais noite.-Ele soltou um risinho e eu o acompanhei.

Me despedi do pessoal e fui até ele.

-Até amanhã, Bieber.-Dei um abraço nele.

-Vamos nos ver amanhã? -Sorriu.

-Provavelmente,vocês não saem da minha casa,seus mendigos.-Disse e ele assentiu.

-Tchau,Ana.

Saí andando em direção ao carro de Ryan,que estava lá dentro com a cabeça encostada no volante.

-Ry,não precisava daquilo tudo,a gente nem deu confiança.-Passei a mão em seus cabelos e o mesmo suspirou.

-Eu...Eu sei,me desculpa,eu me descontrolo,eu devo ser doente.

-Não diga isso,Ryan. Vamos pra casa e prometo que quando chegarmos lá,eu faço carinho no seu cabelo.-Ele sorriu fraco,mostrando o quão cansado ele estava.

O caminho estava silencioso, não um silêncio ruim,mas um silêncio preciso,por conta do nosso cansaço.

-Foi legal da sua parte defender o Justin.-Ele sorriu sincero.

-Eu faria isso por todos ali.-Disse retribuindo o sorriso e ele assentiu. Chegamos em casa e subimos direto para o quarto. Eu estava cheia de sono e Ryan també,então apenas tomamos um banho e fomos deitar e assim como prometido,acariciei seus cabelos. Meus olhos rapidamente pesaram e eu dormi.

Uma semana depois...

A semana ocorreu bem,ótima pra falar a verdade,porém,como tudo que é  bom dura pouco, nesse exato momento eu estava aqui, com Jaxon na minha porta.

-O que você quer aqui?

-Bom dia,Aninha.-Revirei os olhos.

-Meu dia tá péssimo, já acordei vendo o demônio. Fala logo o que quer.

-Você tem algo que me pertence... Vejamos,começa com "R" e termina com "N". Talvez Ryan?-Gelei.

-Não está aqui não. Na verdade isso deve ter seu dedo no meio,porque ele sumiu,e nunca mais apareceu.-Disse fingindo tristeza.

-Eu até falaria que ele cansou de você, mas não é o caso, por que eu sei que ele está aqui.

-Quem é,bebê?-Ryan disse descendo as escadas. Fechei meus olhos com força.

-Oh,olá,Ryan,parece que não seguiu nosso combinado.-Riu.-E você sabe o que acontecem com pessoas que me desrespeitam, não sabe?-Ryan permaneceu em silêncio.-Se você não sabe,vou te explicar da maneira mais resumida possível. Elas morrem. E isso é o que vai acontecer com você, mas como sabe que eu sempre tenho duas alternativas,vou facilitar. A primeira opção é você vir comigo e ter uma morte,bem dolorosa.-Foi caminhando de um lado para o outro.-Se eu sentir vontade,arrancarei seus dentes com alicates,ou entre várias outras coisas. A segunda,é você morrer aqui. Na frente de sua amada,apenas com um tiro.-Ryan continuou estático.-Quer mesmo que ela presencie essa cena? O namorado sendo morto em sua frente? Na verdade estou pouco me fodendo,eu vou te matar de qualquer forma.-Deu e ombros.-Tá vendo ali naquela cozinha.-Apontou.-Tem três caras que trabalham pra mim,que a qualquer movimento seu,te pegam. Ao redor dessa casa,dessa casa inteirinha,tem caras trabalhando pra mim,totalizando uns 37 capangas prontos para te matar. Então não adianta fugir.

-O que vai ganhar com isso?-Perguntei.

-O prazer,ah,o prazer de matar aqueles que não seguem minhas ordens. Você não entenderia Ariana,é perfeita demais para isso.-Suspirou.-O que me diz,Ryan?

-Não tem outra condição, qualquer coisa?-Perguntei desesperada.

-Qualquer coisa?-Assenti freneticamente.

-O que você quiser.-Engoli seco por ter acabado de dizer aquelas palavras que eu sei que, teriam consequências nada boas.

-Hum,vejamos Ariana. Eu quero...

-O que?-Perguntei nervosa.

-Você. -Sorriu malicioso.


Notas Finais


Shay Mitchell is queen


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...